Odontoceti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaOdontoceti[1]
Ocorrência: Oligoceno - Recente
Crânio de uma orca

Crânio de uma orca
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Odontoceti
Flower, 1867
Famílias
Ver texto.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Odontoceti

Odontoceti (do grego: ὀδόντο- odonto, "dente" e κῆτος- cetos, "grande animal marinho"), designados popularmente por baleias com dentes, é uma subordem dos cetáceos. Tal como o nome sugere, os seus membros são caracterizados por terem dentes (ao contrário das baleias propriamente ditas, pertencentes à outra subordem dos cetáceos: os Mysticeti). os cetáceos com dentes são caçadores activos e alimentam-se de peixes, lulas e outros cefalópodes, em alguns casos, de mamíferos.

Anatomia[editar | editar código-fonte]

Os cetáceos com dentes têm apenas um espiráculo no topo da cabeça (enquanto que as baleias têm dois). As narinas não são fundidas: uma delas torna-se dominante em relação à outra.

Com a excepção do cachalote, a maior parte dos cetáceos com dentes são menores que as baleias. Os dentes são muito diferentes consoante as espécies. Podem ser numerosos - alguns golfinhos têm mais de uma centena de dentes. No outro extremo, temos o narval, com os seus longos caninos e os quase desdentados Ziphiidae com uma dentição bizarra apenas nos machos.

Nem todas as espécies usam os dentes para se alimentar. Por exemplo, o cachalote parece usá-los para se defender e para chamar a atenção.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Vocalizações[editar | editar código-fonte]

Os sons vocais são de grande importância para os cetáceos com dentes. Mantêm uma larga variedade de chamamentos que lhes permite comunicar com os outros indivíduos da sua espécie, além de usarem ultra-sons para localização de outros animais (ecolocalização).

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mead, J.G.; Brownell Jr., R.L.. In: Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.). Mammal Species of the World. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. Seção Order Cetacea. 723–743 pp. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494.