Qaumī Tarāna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Qaumī Tarāna (em urdu قومى ترانہ) é o hino nacional do Paquistão. A música do hino foi composta por Ahmed Ghulamali Chagla, com letras escritas por Abu-Al-Asar Hafeez Jullundhri. As três estrofes da composição foram oficialmente adoptadas em 1954 para substituir um antigo hino de Jagannath Azad. No entanto, a música para o hino tinha sido composta em 1950 e tinham sido utilizado em várias ocasiões antes da aprovação oficial. A letra faz alusão a uma "terra santa", referindo-se no Paquistão, e a uma "bandeira do crescente e da estrela", referindo-se à bandeira nacional. Oficialmente, o hino é muitas vezes chamado pela sua primeira linha, "pāk sarzamīn shād bād" ("bendito seja o solo sagrado"). O hino nacional é tocado durante todas as ocasiões envolvendo o hastear da Bandeira, por exemplo o Dia do Paquistão (23 de Março) e o Dia da Independência (14 de Agosto).

A música composta por Chagla reflete os seus antecedentes em ambas as regiões orientais e ocidentais da música. A letra é escrita em Urdu, mesmo usando gramática persa. Cada palavra em todo o hino é de origem árabe ou persa, com a única excepção de "ka" (کا ", de") tendo puramente origens hindus. O hino dura um minuto e vinte segundos, e utiliza 21 instrumentos musicais e 38 tons diferentes.

Rítmo[editar | editar código-fonte]

Qaumi Tarana

Letra[editar | editar código-fonte]

Urdu
Transliteração
Português
پاک سرزمین شاد باد
كشور حسين شاد باد
تو نشان عزم عالیشان
! ارض پاکستان
مرکز یقین شاد باد
Pāk sdie together arzamīn shād bād
Kishwar-e-hasīn shād bād
Tū nishān-e-`azm-e-`alīshān
Arz-e-Pākistān!
Markaz-e-yaqīn shād bād
Bendito seja o solo sagrado
Feliz é o domínio liberal
Símbolo de alta resolução
Terra do Paquistão!
Bendita sejas tu, cidadela da fé
پاک سرزمین کا نظام
قوت اخوت عوام
قوم ، ملک ، سلطنت
! پائندہ تابندہ باد
شاد باد منزل مراد
Pāk sarzamīn kā nizām
Qūwat-e-ukhūwat-e-`awām
Qaum, mulk, sultanat
Pā-inda tābinda bād!
Shād bād manzil-e-murād
O fim desta terra sagrada
É o poder morte da fraternidade do povo
Poderosa a nação, o país, e o estado
Brilhante na glória eterna!
Bendito seja o objectivo da nossa ambição
پرچم ستارہ و ہلال
رہبر ترقی و کمال
ترجمان ماضی شان حال
! جان استقبال
سایۂ خدائے ذوالجلال
Parcham-e-sitāra-o-hilāl
Rahbar-e-tarraqqī-o-kamāl
Tarjumān-e-māzī, shān-e-hāl
Jān-e-istiqbāl!
Sāyah-e-Khudā-e-Zū-l-Jalāl
Esta bandeira do crescente e da estrela
Leva-nos para o caminho do progresso e da perfeição
Interpretar do nosso passado, do nosso presente glorioso
Inspiração do nosso futuro!
Símbolo do Poder da protecção