Satélites de Saturno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mapa do sistema das luas e do anel de Saturno.

Saturno é o planeta do sistema solar com o segundo maior número de luas ou satélites naturais, sendo Titã a única lua do sistema solar com uma atmosfera importante.

Os satélites maiores, conhecidos antes do começo da exploração espacial são: Mimas, Encélado, Tétis, Dione, Reia, Titã, Hiperião, Jápeto e Febe. Encélado e Titã são mundos especialmente interessantes para os cientistas planetários, primeiramente pela existência de água líquida a pouca profundidade de sua superfície, com a emissão de vapor de água através de geysers. Em segundo porque possui uma atmosfera rica em metano, bem similar a da terra primitiva.

Outras 30 luas de Saturno possuem nome, mas o número exato de satélites ainda é incerto, pois existe uma grande quantidade de objetos que orbitam este planeta. No ano 2000, foram detectados 12 satélites novos, cujas órbitas sugerem ser fragmentos de objetos maiores capturados por Saturno. A missão Cassini-Huygens também encontrou novas luas.

Eis todas as 61 luas conhecidas de Saturno até o momento:

  1. Dafne
  2. Atlas
  3. Prometeu
  4. Pandora
  5. Epimeteu
  6. Jano
  7. Aegaeon
  8. Mimas
  9. Methone
  10. Anthe
  11. Palene
  12. Encélado
  13. Tétis
  14. Telesto
  15. Calipso
  16. Dione
  17. Helene
  18. Polideuces
  19. Reia
  20. Titã
  21. Hipérion
  22. Jápeto
  23. Kiviuq
  24. Ijiraq
  25. Febe
  26. Paaliaq
  27. Skathi
  28. Albiorix
  29. Bebhionn
  30. Erriapo
  31. Skoll
  32. Siarnaq
  33. Tarqeq
  34. Greip
  35. Hyrrokkin
  36. Jarnsaxa
  37. Tarvos
  38. Mundilfari
  39. Bergelmir
  40. Narvi
  41. Suttungr
  42. Hati
  43. Farbauti
  44. Thrymr
  45. Aegir
  46. Bestla
  47. Fenrir
  48. Surtur
  49. Kari
  50. Ymir
  51. Loge
  52. Fornjot
  53. S/2004 S07
  54. S/2004 S12
  55. S/2004 S13
  56. S/2004 S17
  57. S/2006 S1
  58. S/2006 S3
  59. S/2007 S2
  60. Daman

Descoberta dos satélites de Saturno[editar | editar código-fonte]

De Saturno, o primeiro satélite a ser descoberto foi Titã, em 1655. Os outros descobertos antes de 1970, foram através de telescópios e observatórios. A Voyager descobriu outros satélites de Saturno após 1970. A Cassini descobriu muitos outros. O último satélite de Saturno a ser descoberto foi o satélite Daman. Daman foi descoberto pela Cassini.

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.