Proteu (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Proteu
Satélite Netuno VIII
Proteu
Características orbitais [1]
Semieixo maior 117.647 ± 1 km (0,00079 UA)
Excentricidade 0,00053 ± 0,00009
Período orbital 1,12231 d (0,003073 a)
Velocidade orbital média 7,623 km/s
Inclinação 0,524 °
Características físicas
Diâmetro equatorial 418 km
Área da superfície 2,195 × 1012 km²
Volume 3,4 ± 0,4 × 107 km³
Massa 5,0 × 1019 kg
Densidade média 1,3 g/cm³
Gravidade equatorial 0,006 g
Dia sideral 1 d 2 h 56 m 8 s (rotação síncrona)
Velocidade de escape 0,16 km/s
Albedo 0,096
Temperatura média: 222,2 ºC
Composição da atmosfera
Pressão atmosférica Inexistente

Proteu, também conhecido como Netuno XIII é a segunda maior lua de Netuno. Ele é a maior lua não-esférica do sistema solar[2] . Tomou o nome de Proteu, o deus do mar que mudava de forma na mitologia grega.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Proteu foi descoberto com imagens tiradas pela sonda Voyager 2 durante sua passagem em Netuno em 1989. Proteu recebeu a designação provisória de S/1989 N 1. Stephen P. Synnott e Bradford A. Smith anunciaram sua descoberta em 7 de julho de 1989. O nome foi dado em 16 de setembro de 1991.[3]

Características físicas[editar | editar código-fonte]

Proteu tem mais que 400 quilômetros de diâmetro, maior que Nereida, uma outra lua de Netuno. No entanto, não foi descoberto por telescópios na Terra porque é muito perto do planeta que é perdido no brilho da luz solar refletida.

Proteu circunda Netuno a uma distância de cerca de 92.800 quilômetros, e completa uma órbita em 26 horas e 56 minutos. Os cientistas afirmam que é um satélite quase tão grande quanto possível sem ser forçado para uma forma esférica pela sua própria gravidade. Proteu tem uma forma irregular e não mostra sinais de modificações geológicas.[4] A lua de Saturno Mimas tem uma forma esférica devido a uma menor densidade, apesar de ser menor e menos massiva do que Proteu.

Proteus é um dos objetos mais escuros no sistema solar. Como a lua de Saturno Febe, ele reflete apenas 6% da luz solar que o atinge.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. R.A. Jacobson and W.M. Owen Jr.. (2004). "The orbits of the inner Neptunian satellites from Voyager, Earthbased, and Hubble Space Telescope observations". Astronomical Journal 128: 1412. DOI:10.1086/423037.
  2. super.abril.com.br/ 25 curiosidades sobre as luas do Sistema Solar
  3. IAU Circular No. 5347 (September 16 1991). Página visitada em 2007-04-10.
  4. A Lua de Neptuno Proteu. Solarviews. Página visitada em 2010-01-30.
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Proteu (satélite)