TV Nativa (Pelotas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
TV Nativa
Sistema Nativa de Comunicações Ltda.
Estúdio do Jornal da Nativa
TV Nativa
R. 15 de Novembro, 607, 10º andar
Cidade de concessão Pelotas, RS
Outros canais Pelotas - Canal 18 UHF Net 10 e Via Cabo 19
Bagé - Canal 21 UHF NET 07
Rio Grande - Canal 22 UHF
São Lourenço do Sul - Canal 09 VHF
Canguçu - Canal 31 UHF
Camaquã - Canal 19 UHF
Jaguarão - Canal 07 VHF
Pedro Osório - Canal 36 UHF
Cerrito - Canal 36 UHF
Pinheiro Machado - Canal 19 UHF
Piratini - Canal 26 UHF
Candiota - Canal 10 e 12 VHF
Pedras Altas - Canal 13 VHF
Cassino - Canal 05 VHF
São José do Norte - Canal 22 UHF
Herval - Canal 09 VHF
Capão do Leão - Canal 18 UHF
Morro Redondo - Canal 08 VHF
Arroio Grande - Canal 15 UHF
Slogan A emissora da integração regional
Rede Top TV
Proprietário Cláudio Omar Haubmann
Fundação 9 de novembro de 2004 (10 anos)
Prefixo ZYB 636
Cobertura Região Sul do Rio Grande do Sul
Redes anteriores SBT
Record News
Rede Record
Potência 1 kW

A TV Nativa é uma emissora de televisão brasileira com sede em Pelotas, RS. Retransmite a programação da Top TV para a região sul do estado do Rio Grande do Sul, além de gerar programas locais. Opera no canal 18 UHF de Pelotas.

História[editar | editar código-fonte]

Estúdio do Nativa Esportes

A TV Nativa de Pelotas entrou no ar em 9 de novembro de 2004 como afiliada ao SBT[1] , retransmitindo o sinal do SBT Porto Alegre, que contava com o telejornal local SBT Rio Grande. Em 7 de março de 2005, a emissora estreou seu primeiro programa local: o Nativa Esportes[2] .

Mudança temporária para a Record News[editar | editar código-fonte]

À 0h do dia 1º de junho de 2008 a TV Nativa desfiliou-se do SBT e passou a transmitir temporariamente o sinal da Record News para a sua área de abrangência[3] .

Afiliação com a Rede Record[editar | editar código-fonte]

Depois de uma divergência entre os diretores da Rede Pampa e os executivos do Grupo Record, causada pelo uso de retransmissoras sem autorização e por irregularidades nas cláusulas do contrato que mudavam o nome da TV Pampa para TV Record, as emissoras gaúchas voltaram a utilizar a nomenclatura original. Com isso, no dia 14 de julho de 2008, a TV Nativa tornou-se afiliada à Rede Record, após o encerramento do contrato com a TV Pampa Sul[4] .

Outro motivo para a mudança é que a TV Nativa possui mais retransmissoras que a TV Pampa Sul. Enquanto esta possui apenas quatro retransmissoras, a TV Nativa possui quatorze[4] .

No fim de 2010 lançou o Jornal da Campanha aos domingos, mostrando exclusivamente notícias sobre Bagé e região.

No dia 2 de maio de 2011 o Nativa Esportes e o Jornal da Nativa deixaram de ser exibidos. No lugar de tais programas, foi lançado o Nativa 12 Horas, seguido, às 12h45min pelo Jornal da Campanha, para rivalizar com o Jornal do Almoço, da concorrente RBS TV Pelotas.

Afiliação com a Top TV[editar | editar código-fonte]

Em 6 de maio de 2013 a emissora teria pedido a sua desfiliação da Rede Record na qual é afiliada desde 2008. Com isso, a emissora mais cotada para tomar o seu lugar seria a Mix TV, pois essa daria toda a liberdade para a Nativa realizar suas produções locais além da retransmissão da programação do canal jovem.[5] Na verdade, desde que surgiu a informação de que a TV Nativa iria se desfiliar da Rede Record, não faltaram emissoras dispostas a ocupar espaço na grade da emissora. Em 28 de junho de 2013, a TV Nativa fechou acordo com a Top TV, emissora da Rede Mundial de Comunicações, de São Paulo, que exibe clipes musicais e tem sinal aberto em alguns lugares do Brasil. A parceria da emissora pelotense com o canal de Edir Macedo se encerraria às 00:00 do dia 30 de junho,[6] mas, como ela deixou terminar a programação de sua antiga retransmissora, mais precisamente a troca de sinal ocorreu às 01:10 do dia 1 de julho.

Desativação do jornalismo em Pelotas[editar | editar código-fonte]

Em 12 de fevereiro de 2014, foi ao ar a última edição do Nativa 12 horas, e assim o departamento de telejornalismo da TV Nativa em Pelotas foi desativado. O programete Nativa Notícias, que era veiculado de hora em hora também saiu do ar. Segundo o diretor da emissora pelotense, Cláudio Omar Haubmann, tal decisão teve que ser tomada devido a falta de apoio por parte do empresariado local e do poder público. Após a desfiliação do canal de Edir Macedo, em 1º de julho de 2013, a emissora havia anunciado um pacote de novidades, porém o projeto não teve continuidade.

Mesmo com uma programação essencialmente musical, já que a Top TV exibe somente clipes musicais e programetes jornalísticos, a grade da TV Nativa ainda conta com atrações locais. O diário Jornal da Campanha, produzido diretamente de Bagé, continua no ar. Os programas semanais Boa Companhia, Conexão, Saber Mais e Terra Sul também continuam sendo veiculados.[7]

Programação local[editar | editar código-fonte]

  • Jornal da Campanha
  • Conexão
  • Nativa Entrevistas
  • Terra Sul
  • Zona Sul
  • Saber +
  • Boa Companhia

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre TV Nativa (Pelotas)