Wild Ones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wild Ones
Álbum de estúdio de Flo Rida
Lançamento 9 de junho de 2012
Gravação 2011–12
Gênero(s) Hip hop, eletro hop, electro-pop
Duração 34:34
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, descarga digital
Gravadora(s) Atlantic, Poe Boy
Produção Dr. Luke, Cirkut, soFLY & Nius, DJ Frank E, David Glass, Glass Axwell
Cronologia de Flo Rida
Último
Último
Good Feeling EP
(2012)
Próximo
Próximo
Singles de Wild Ones
  1. "Good Feeling"
    Lançamento: 29 de agosto de 2012
  2. "Wild Ones"
    Lançamento: 19 de dezembro de 2012
  3. "Whistle"
    Lançamento: 24 de abril de 2012
  4. "I Cry"
    Lançamento: 18 de setembro de 2012
  5. "Sweet Spot"
    Lançamento: 12 de março de 2013
  6. "Let It Roll"
    Lançamento: 22 de março de 2013

Wild Ones é o quarto álbum de estúdio do rapper norte-americano Flo Rida, lançado em 9 de junho de 2012 no Reino Unido pela gravadora Atlantic Records.[1] Wild Ones tornou-se o primeiro álbum de Flo Rida a atingir mais de 2 top 5 singles da Billboard Hot 100, quando os singles, "Good Feeling", Wild Ones" e "Whistle" alcançou a terceira posição, a quinta e a primeira respectivamente.

Flo Rida trabalhou com os vários artistas no álbum, como Brianna, Sia, Etta James, Pitbull, T-Pain e LMFAO.[2]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O cantor norte-americano Chris Brown revelou em uma entrevista à revista People que ele estava trabalhando com Flo Rida em várias músicas do álbum. Ele reconheceu que gostava de suas canções e ajudou-o durante a produção.[3]

Inicialmente, Flo Rida havia nomeado seu quarto álbum de Only One Rida (Part 2), cujo nome é uma sequência de seu álbum anterior Only One Flo (Part 1).[4] O rapper também havia confirmado que o seu quarto álbum seria uma continuação do terceiro. Mas depois ele rejeitou a ideia, e nomeou seu álbum para Wild Ones. Em entrevista a revista americana Billboard, o cantor disse que deu novo nome ao seu álbum pois várias de suas músicas eram número um.[5]

Em janeiro de 2012, uma canção intitulada de "Run to You" vazou via DJ Coco. Ele apresentava Redfoo do LMFAO com T-Pain no vocal. A canção foi depois modificada para ser chamada apenas de "Run", sem T-Pain. No entanto, oficialmente foi escrita por T-Pain.

O álbum lida com temas como o terremoto no Japão de 2010, ataques terroristas na Noruega, problemas de relacionamentos, sendo positivo na vida e a luta na indústria da música.

Promoção[editar | editar código-fonte]

Na WrestleMania XXVIII, Flo Rida fez uma aparição cantando "Good Feeling" e "Wild Ones", antes de Dwayne "The Rock" Johnson sair para enfrentar o rival John Cena.

Singles[editar | editar código-fonte]

Em 29 de agosto de 2011, Flo Rida lançou o primeiro single do álbum, intitulado "Good Feeling", realizada através de samples da canção "Something's Got a Hold on Me", da cantora Etta James.[6] [7] A canção é muito semelhante a canção "Levels" do DJ sueco Avicii, que também contém samples de Etta James. "Good Feeling" foi muito bem sucedida mundialmente, atingindo a posição máxima de número três na Billboard Hot 100, sendo certificada como platina duplo, para o envio de cerca de 2 milhões de cópias, somente nos Estados Unidos.[8] [9] O segundo single, "Wild Ones", foi lançado em 19 de dezembro de 2012.[10] A canção apresenta a participação da cantora australiana Sia nos vocais. O terceiro single, "Whistle", foi tocado pela primeira vez em 16 de abril de 2012 no programa Kyle and Jackie na estação de rádio de Sydney, 2Day FM.[11] Foi lançado para download digital em 24 de abril de 2012.[12] O single atingiu o pico no número um na Billboard Hot 100 tornando-se muito bem sucedida em todo o mundo. Um single promocional, intitulado "Hey Jasmin" foi lançado em 6 de junho de 2012, acompanhado de um vídeo musical. "Let It Roll" foi lançado como segundo single promocional em 19 de junho de 2012. O quarto single lançado foi "I Cry" em 18 de setembro de 2012. O quinto single a ser lançado foi "Let It Roll".

Recepção[editar | editar código-fonte]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

O álbum estreou na décima quarta posição na Billboard 200 vendendo 31.000 cópias em sua primeira semana.[13] No Canadá, o álbum estreou na primeira posição na parada Canadian Albums Chart, vendendo 14.300 cópias.[14] A partir de 26 de julho de 2012, o álbum vendeu 27.000 cópias no Canadá.[15]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[16]
Entertainment Weekly C–[17]
The Independent 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[18]
Los Angeles Times 1.5 de 5 estrelas.Star half.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[19]
Rolling Stone 2 de 5 estrelas.Star full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[20]

Após o lançamento, Wild Ones recebeu críticas mistas dos críticos de música.[21] No Metacritic, que atribui uma classificação média de 100 a opiniões dos críticos de mainstream, o álbum recebeu uma pontuação média de 59, com base em dez resenhas, indicando "críticas mistas ou médias".[21] Apesar de ter percebido o âmbito criativo do álbum a ser limitado, David Jeffries do Allmusic chamou Wild Ones de "enigmático, leve e melhor levada em pequenos pedaços, senão uma multidão junta de enfeites-amigáveis e ele fica na festa no começo, sucedendo-se em um e único objetivo".[16] Ele também observou o material do álbum a ser em grande parte "quente, infeccioso equívoco", mas sentiu que o álbum "seria arrastado para baixo por qualquer sentido no senso de propósito, e pensando em Flo Rida como candidato a partes iguais de emoção e romance, é fácil."[16] No entanto, Jody Rosen da Rolling Stone sentiu a produção do álbum muito inconsistente, observando que o álbum "desumanamente formatos prontos... batidas de dança" ou eram "gênios" ou "inspirados", também por escrito, que "[é] conteúdo para entregar no centro do palco aos seus produtores."[20]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD
# Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Whistle"   Tramar Dillard, David Glass, Marcus Killian, Justin Franks, Breyan Isaac, Antonio Mobley DJ Frank E, Glass 3:45
2. "Wild Ones" (com participação de Sia) Dillard, Raphaël Judrin, Pierre-Antoine Melki, Sia Furler, Axel Hedfors, Jacob Luttrell, Marcus Cooper, Benjamin Maddahi soFLY & Nius, Axwell 3:53
3. "Let It Roll"   Dillard, Mike Caren, Hedfors, Isaac, Silas Johnson, Judrin, Melki, Mobley[22] soFLY & Nius, Axwell 3:15
4. "Good Feeling"   Dillard, Lukasz Gottwald, Henry Walter, Isaac, Arash Pournouri, Tim Bergling, Etta James, Leroy Kirkland, Pearl Woods Dr. Luke, Cirkut, Avicii 4:06
5. "In My Mind, Part 2" (com participação de Georgi Kay) Dillard, Georgina Kingsley, Adam Forte, Josh Soon, Hedfors Axwell, Ivan Gough, Feenixpawl 4:30
6. "Sweet Spot" (com participação de Jennifer Lopez) Julie Frost, Dillard, Jennifer Lopez, Issac, Johnson, Judrin, Melki, Mobley soFLY & Nius 3:48
7. "Thinking of You"   Dillard, Richard Buttler Jr. Daniel Morris, James Scheffer Rico Love, Earl & E 3:40
8. "I Cry"   Dillard, Paul Baumer Marrten Hoogstraten Futuristics, soFLY & Nius 3:42
9. "Run" (com participação de Redfoo) (faixa bônus) Dillard, Bryan Adams, Faheem Rasheed Najm, Jim Vallance[23] GoonRock 3:49
Duração total:
34:46
Notas[27]
  • "Let It Roll" contém elementos de "Let the Good Times Roll", realizado por Freddie King e escrito por Earl King.
  • "I Cry" contém elementos de "Cry (Just a Little)", realizado por Bingo Players e escrito por Scott Cutler, Brenda Russell e Jeff Hull.
  • "Good Feeling" contém elementos de "Something's Got a Hold on Me", realizado por Etta James e escrito por Etta James, Leroy Kirkland e Pearl Woods.
  • "Run" contém elementos de "Run to You", relizado por Bryan Adams e escrito por Jim Vallance e Bryan Adams e também contém um pequeno elemento de Party Rock Anthem, realizado pelo grupo de electropop LMFAO.
  • "In My Mind, Part 2" (com participação de Georgi Kay) contém um rap de Flo Rida sobre um remix de Axwell, "In My Mind" por Ivan Gough & Feenixpawl com participação de Georgi Kay.

Posições e certificações[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora Edição
Reino Unido Reino Unido[1] 9 de junho de 2012 Descarga digital Atlantic Records Edição de luxo
Brasil Brasil[41] 22 de junho de 2012 Edição padrão
Estados Unidos Estados Unidos[42]
Reino Unido Reino Unido[43] 25 de junho de 2012 CD

Referências

  1. a b c Wild Ones by Flo Rida (em inglês). Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 3 de julho de 2012.
  2. Mariana Caldas (06 de janeiro de 2012). Flo Rida agradece Etta James por sample. MTV. Página visitada em 07 de abril de 2012.
  3. "Chris Brown interview" People (Time Inc.) 123 (2): 45. ISBN 1345. ISSN 0093-7673. OCLC 5454756. 15 de maio de 2012. Acessado em 8 de maio de 2012
  4. Gary Graff (13-05-2011). Flo Rida Readies 'Only One Flo' Sequel, 'Only One Rida' (em inglês). Billboard. Página visitada em 07-04-2012.
  5. Jason Lipshutz (8 de maio de 2012). Exclusive: Flo Rida Reveals New Album título, Release data (em inglês). Billboard. Página visitada em 11 de maio de 2012.
  6. Good Feeling - Single. Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 07 de abril de 2012.
  7. Markman, Rob (31 de agosto de 2011). Flo Rida Samples Etta James On 'Good Feeling' (em inglês). MTV. Página visitada em 17 de novembro de 2011.
  8. Flo Rida Album & Song Chart History (em inglês). Billboard. Página visitada em 11 de junho de 2012.
  9. Searchable Database (em inglês). RIAA. Página visitada em 11 de junho de 2012.
  10. Wild Ones (feat. Sia) - Single. Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 07 de abril de 2012.
  11. Leonardo Torres (16 de abril de 2012). Flo Rida divulga seu novo single; ouça “Whistle”. UOL. MTV Brasil; POPLine. Página visitada em 20 de abril de 2012.
  12. Whistle - Single by Flo Rida (em inglês). Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 11 de maio de 2012.
  13. Caulfield, Keith (11 de julho de 2012). NChris Brown's 'Fortune' Album Debuts at No. 1 on Billboard 200 (em inglês). Billboard. Página visitada em 11 de julho de 2012.
  14. CANOE - JAM! Music: Chris Brown's latest CD flops (em inglês). JAM! Music (11 de julho de 2012). Página visitada em 16 de julho de 2012.
  15. CANOE - JAM! Music - Artists - FloRida : Flo Rida climbs back to No. 1 (em inglês). JAM! Music (25 de julho de 2012). Página visitada em 25 de março de 2013.
  16. a b c Jeffries, David (3 de julho de 2012). Wild Ones - Flo Rida : Songs, Reviews, Credits, Awards (em inglês). AllMusic. Página visitada em 16 de julho de 2012.
  17. Maerz, Melissa (29 de junho de 2012). Wild Ones Review (em inglês). Entertainment Weekly. Time Inc. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
  18. Gill, Andy (30 de junho de 2012). Album: Flo Rida, Wild Ones (Atlantic) (em inglês). The Independent. Independent Print Limited. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
  19. Brown, August (3 de julho de 2012). Album review: Flo Rida's "Wild Ones" (em inglês). Los Angeles Times. Tribune Company. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
  20. a b Rosen, Jody (30 de julho de 2012). Wild Ones - Flo Rida : Songs, Reviews, Credits, Awards (em inglês). Rolling Stone. Página visitada em 4 de agosto de 2012.
  21. a b Wild Ones Reviews, Ratings, Credits, and More (em inglês). Metacritic. CBS Interactive. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
  22. ACE título Search (em inglês). ASCAP ACE. Página visitada em 11 de junho de 2012.
  23. RUN (Legal título) (em inglês). BMI. Página visitada em 11 de junho de 2012.
  24. 俺たちワイルド・ワンズ(初回限定スペシャル・プライス) [Limited Edition] (em japonês). Amazon.co.jp (25 de julho de 2012). Página visitada em 25 de julho de 2012.
  25. Wild Ones (Holiday Edition inkl. 3 Bonus Tracks): Amazon.de: Musik (em alemão). amazon.de. Página visitada em 25 de março de 2013.
  26. Flo Rida: Wild Ones: Deluxe Edition (2012): CD: hmv.com (em inglês). hmv.com. Página visitada em 25 de março de 2013.
  27. Wild Ones (encarte). Flo Rida. Poe Boy Entertainment, Atlantic Records. 2012. 526672-2.
  28. Flo Rida - Wild Ones. ultratop.be/nl/ Hung Medien..
  29. Flo Rida - Wild Ones. ultratop.be/fr/ Hung Medien..
  30. Canadian Albums (em inglês). Billboard. Página visitada em 29 de julho de 2012.
  31. Music Chart Analysis, Artist Spotlights, Music Insider, Chart Beat & News. Billboard. Página visitada em 16 de julho de 2012.
  32. a b Wild Ones - Flo Rida (em inglês). Billboard. Página visitada em 29 de julho de 2012.
  33. Flo Rida - Wild Ones. dutchcharts.nl/ Hung Medien..
  34. Top 40 album- és válogatáslemez-lista – 2012. 27. hét (em húngaro). MAHASZ. Página visitada em 12 de julho de 2012.
  35. GFK Chart-Track. GfK. Chart Track. Página visitada em 28 de junho de 2012.
  36. R&B Albums Top 40 - 7th July 2012 (em inglês). The Official UK Charts Company. Página visitada em 3 de julho de 2012.
  37. Chart - The Official UK Top 40 Albums Chart (em inglês). The Official UK Charts Company. BBC. Página visitada em 3 de julho de 2012.
  38. Flo Rida - Roots (route Of Overcoming The Struggle) - Music Charts. Acharts.us. Página visitada em 29 de julho de 2012.
  39. Best of 2012: Billboard 200 Albuns (em inglês). Billboard. Página visitada em 4 de janeiro de 2013.
  40. Certified Awards Search. British Phonographic Industry. Página visitada em 4 de janeiro de 2013.
  41. Wild Ones (Deluxe Version) de Flo Rida. Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 3 de julho de 2012.
  42. Wild Ones (Deluxe Version) by Flo Rida (em inglês). Apple Inc.. iTunes. Página visitada em 3 de julho de 2012.
  43. Wild Ones: Flo Rida (em inglês). amazon.co.uk. Página visitada em 3 de julho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]