Ansu Fati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Anssumane Fati)
Ansu Fati
Informações pessoais
Nome completo Anssumane Fati Vieira[1]
Data de nasc. 31 de outubro de 2002 (18 anos)
Local de nasc. Bissau, Guiné-Bissau
Nacionalidade espanhol
guineense
Altura 1,78 m
destro
Apelido Ansu
Informações profissionais
Clube atual Barcelona
Número 22
Posição ponta
Clubes de juventude
2009–2010
2010–2012
2012–2019
Herrera
Sevilla
Barcelona
Clubes profissionais
Anos Clubes
2019– Barcelona
Seleção nacional
2019–
2020–
Espanha Sub-21
Espanha

Anssumane Fati Vieira (Bissau, 31 de outubro de 2002),[1][2] conhecido apenas como Ansu Fati, é um futebolista espanhol nascido em Guiné-Bissau que atua como ponta. Atualmente joga pelo Barcelona e pela Seleção Espanhola.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Bissau, Fati mudou-se para a Espanha (Herrera, Sevilha, Andaluzia) com sua família aos seis anos de idade, quando seu irmão mais velho, Braima, assinou pelo Sevilla.[3] Os irmãos de Fati, Braima e Miguel, também são jogadores de futebol; ambos também estão ligados ao Barcelona. Seu pai Bori também jogou profissionalmente em seu país de origem.[4] Depois de representar o time local CDF Herrera e as equipes juvenis de Sevilha, ele ingressou na academia La Masia, do Barcelona, em 2012, com dez anos, [5] [6] e um ano depois que seu irmão fez a mesma jogada. [7]

Barcelona[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de julho de 2019, Fati assinou seu primeiro contrato profissional com os catalães, concordando com um acordo até 2022. [8] No dia 25 de agosto, antes mesmo de aparecer no Barcelona B, ele estreou pela primeira vez - e na Liga - como substituto do atacante Carles Pérez na vitória por 5 a 2 sobre o Real Betis em casa;[9] com 16 anos e 298 dias, ele se tornou o segundo jogador mais jovem a estrear no clube, apenas 18 dias mais velho que Vicent Martínez em 1941.[10]

No dia 31 de agosto de 2019, aos 16 anos e 304 dias, ele marcou seu primeiro gol profissional, na partida entre Barcelona e Osasuna no Estádio El Sadar (Pamplona), tornando-se o artilheiro mais jovem do Barcelona e o terceiro mais jovem artilheiro da história do Campeonato Espanhol.[11] Já no dia 14 de setembro, Fati foi titular pela primeira vez no time principal do Barcelona, em uma partida válida pelo Campeonato Espanhol contra o Valencia.[12] Ele abriu o placar e deu passe para Frenkie de Jong fazer o segundo, se tornando o jogador mais jovem marcar um gol e dar uma assistência numa mesma partida pela La Liga. Na ocasião, o Barça venceu por 5 a 2.

Entrou para história no dia 10 de dezembro de 2019, ao ser o jogador mais novo a marcar em uma partida da Liga dos Campeões. Com apenas 17 anos e 40 dias, fez o gol da vitória catalã sobre a Internazionale por 2 a 1.[13]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, Fati estava disponível apenas para a Seleção Guineense, mas não os representou em nenhuma categoria. Após sua estreia no Campeonato Espanhol, a Federação Espanhola de Futebol demonstrou interesse nele. O jornal Diario As reportou que o governo tinha o objetivo de lhe conceder a cidadania espanhola, com a intenção de incluí-lo no elenco da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA de 2019.[14] Ele também tinha o direito a um passaporte português, considerando que seus avôs nasceram na Guiné Portuguesa.[14]

Fati se naturalizou espanhol em 20 de setembro de 2019,[15] foi convocado para a Seleção Sub-21 em 11 de outubro de 2019[16] e fez sua estreia contra Montenegro, em 15 de outubro.[17]

Fati foi convocado para a Seleção Espanhola principal pela primeira vez em 20 de agosto de 2020, para os dois primeiros jogos da Liga das Nações da UEFA de 2020–21.[18] Sua estreia foi em 3 de setembro, saindo do banco, em um empate de 1–1 contra a Alemanha.[19] No jogo seguinte, em 6 de setembro de 2020, ele marcou seu primeiro gol, na vitória por 4–0 contra a Ucrânia; com o gol, ele se tornou o jogador mais jovem a marcar com a camisa da La Furia, com 17 anos e 311 dias,[20] batendo o recorde de 95 anos, de Juan Errazquin Tomás, que tinha 18 anos e 344 dias.[21] Ele também se tornou o jogador mais jovem a jogar uma partida pela Liga das Nações, batendo o recorde de 2018, do jogador galês, Ethan Ampadu, que tinha 17 anos e 357 dias.[22]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Ansu Fati». www.sefutbol.com (em espanhol). 11 de outubro de 2019. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  2. Ansu Fati Wiki, Bio, Age, Salary, Nationality, Religion, Barcelona, Highlights, Height, Instagram, Parents and Family. Retrieved August 26, 2019.
  3. «Ansu Fati's father explains Barcelona signing: "Madrid offered us better terms..."» 
  4. «La saga de los hermanos Fati» [The saga of the Fati brothers] (em espanhol) 
  5. «Así juega Ansu Fati, joya de la cantera del Barça» [This is how Ansu Fati, the pearl of Barça's youth setup, plays] (em espanhol) 
  6. «Ansu Fati, el sueño de un guineano criado en Herrera se hace realidad» [Ansu Fati, a dream of a Guinean raised in Herrera becomes true] (em espanhol) 
  7. «El Calahorra va lanzado: Braima Fati cambia La Masía por La Planilla» [Calahorra is boosted: Braima Fati swaps La Masía for La Planilla] (em espanhol) 
  8. «Ansu blaugrana fins al 2022» [Ansu blaugrana until 2022] (em catalão) 
  9. «Griezmann throws a big Barcelona party» 
  10. «Teenager Fati makes Barcelona history in debut La Liga game» 
  11. «Ansu Fati becomes Barcelona's youngest-ever goalscorer with Osasuna strike». Metro 
  12. «Barcelona goleia Valencia e sobe para o quarto lugar na Espanha». MSN Brasil. 14 de setembro de 2019 
  13. «Joia do Barcelona, Ansu Fati é o mais jovem a marcar na história da Champions e aumenta temporada de recordes; veja todos». ESPN. 10 de dezembro de 2019 
  14. a b «Ansu Fati: Spain want to fast-track Barça star into World Cup squad - AS.com». web.archive.org. 29 de outubro de 2019. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  15. Quixano, Jordi (21 de setembro de 2019). «Ansu Fati ya es español». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  16. «OFICIAL | Carles Pérez, baja; Ansu Fati, alta» Verifique valor |url= (ajuda). oficial-carles-perez-baja-ansu-fati-alta (em espanhol). 11 de outubro de 2019. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  17. UEFA.com. «Montenegro-Spain | Under-21». UEFA.com (em inglês). Consultado em 10 de setembro de 2020 
  18. «OFICIAL | Lista de convocados de la Selección española para los partidos de la UEFA Nations League ante Alemania y Ucrania» Verifique valor |url= (ajuda). oficial-lista-convocados-seleccion-espanola-partidos-uefa-nations-league-alemania-y-ucrania (em espanhol). 20 de agosto de 2020. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  19. UEFA.com. «Germany-Spain | UEFA Nations League». UEFA.com (em inglês). Consultado em 10 de setembro de 2020 
  20. «Yet another record for Ansu Fati». www.fcbarcelona.com (em inglês). Consultado em 10 de setembro de 2020 
  21. CNN, Ben Church. «Ansu Fati becomes Spain's youngest ever scorer». CNN. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  22. «Fati breaks records in Spain victory». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de setembro de 2020 
  23. «Next Generation 2019: 60 of the best young talents in world football». The Guardian 
  24. «Haaland vence o prêmio Golden Boy 2020; veja a lista dos melhores jovens do futebol». Lance!. 21 de novembro de 2020. Consultado em 14 de fevereiro de 2021 
  25. «NXGN 2021: As 50 melhores revelações do futebol mundial | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 23 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]