Armanda Passos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Armanda Passos
Nascimento 1944 (75 anos)
Cidadania Portugal
Alma mater Universidade do Porto
Ocupação pintora

Armanda Passos ComM (Peso da Régua, 1944) é uma pintora portuguesa[1] em cujos trabalhos estão majoritariamente presentes figuras de mulheres, animais e cores vivas[2]. A artista se licenciou em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas Artes do Porto e desde 1976 expõe seus trabalhos.[1] Vive e trabalha no Porto, onde realizou sua primeira exposição individual, Pintura e Desenho, em 1981.[3]

Armanda foi professora de Tecnologia da Serigrafia no Centro de Reabilitação Vocacional da Granja, monitora de Tecnologia da Gravura na ESBAP durante os anos de 1977 e 1979 e fez parte do grupo Série Aristas Impressores. Sua obra aproxima-se da arte neofigurativa, porém marcada por representações da figura feminina que incluem o grotesco e o onírico.[4].

Em 2011, foi homenageada pela Universidade do Porto com duas retrospectivas (Reservas e Obra Gráfica), além da publicação do livro Armanda Passos Centenário U.P. – Uma Retrospetiva, de José-Augusto França, Manuel Sobrinho Simões e Luís de Moura Sobral.[5][6] A 8 de junho de 2012, Maria Armanda Pinheiro da Silva Passos foi feita Comendadora da Ordem do Mérito.[7] A artista também recebeu outros prêmios ao longo da carreira, como o 2º Prémio do Ministério da Cultura na Exposição Homenagem dos artistas portugueses a Almada Negreiros em 1984, Lisboa, menção honrosa no VIII Salão de Outono - Paisagem portuguesa em 1987, na Galeria do Casino de Estoril, no III Prémio Dibujo Artístico J. Pérez Villaamil em 1990, no Museu Municipal Bello Piñeiro e o Prix Octogne em 1997, em Charleville, França.[8]

Suas serigrafias foram expostas em diversas mostras individuais e coletivas, inclusive representando Portugal em outros países.[1] Foi o caso na V Biennal of European Graphic Art em 1988, na Polônia, na Exposition Internationale de la Gravure – Intergrafia 91 em 1992, também na Polônia, e no Centre de la Gravure et de l’Image Imprimée , também em 1992, na Bélgica.[8]

Representada em importantes coleções públicas, tais como: Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, Lisboa; Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Fundação Museu do Oriente, Lisboa; Fundação Champalimaud, Lisboa; Museu Coleção Berardo, Lisboa; Procuradoria Geral da República, Lisboa; Museu de Serralves, Porto; Palácio da Justiça, Porto; Tesouro da Sé Catedral do Porto; Fundação Casa de Mateus, Vila Real; Fundação D. Luís, Cascais; Museu Amadeo de Souza-Cardoso, Amarante; Museu Nogueira da Silva, Braga; Tesouro-Museu da Sé de Braga; Palácio de Belém.[9]

Exposições individuais[9][10][editar | editar código-fonte]

Ano da exposição Obras Local
1981 "Pinturas e Desenhos" Cooperativa Árvore, Porto (texto de Júlio Resende)
1981 "Pinturas e Desenhos" Galeria Módulo, Porto (texto de Fernando Pernes)
1982 "Pinturas e Desenhos" Galeria Módulo, Lisboa (texto de Fernando Pernes)
1983 "Pinturas e Desenhos" Galeria Módulo, Porto (texto de Jaime Milheiro)
1984 "Pinturas e Desenhos" Galeria Módulo, Porto
1986 "Óleos" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Júlio Resende)
1988 "Gouache" Galeria Gilde, Guimarães (texto de Júlia Formosinho)
1989 "Paintings and Drawings" Arts Centre Exhibitions, Londres (texto de Joaquim Matos Chaves)
1989 "Os Perscrutadores do Milénio" Centro de Arte SOCTIP, Lisboa (texto de Mário Cláudio)
1990 "Desenhos, Guaches e 3 telas" Galeria Arcada, Estoril (texto de José Saramago)
1990 "Pinturas" Galeria Universidade do Minho, Museu Nogueira da Silva, Braga (texto de César Valença)
1991 "Árvore 81/Árvore 91" Cooperativa Árvore, Porto (texto de Marta Cristina Araújo)
1991/1992 "Pinturas Recentes" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de David Mourão-Ferreira)
1992 "Guaches e Óleos" Degrau Arte, Porto (texto de Armando Silva Carvalho)
1992 "Antologia Mínima" Museu Amadeu de Souza-Cardoso, Amarante (texto de José Carlos de Vasconcelos)
1993 "Ibériques" Galeria du CYGNE, Genebra (texto de José Augusto Seabra)
1992 "Guaches e Óleos" Degrau Arte, Porto (texto de Jorge Listopad)
1993/1994  "Óleos de Pequeno Formato" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Jorge Listopad)
1994 "Óleos" Galeria da Universidade do Minho, Museu Nogueira da Silva, Braga (texto de Francisco Carvalho Guerra)
1994/1995  "Óleos de Pequeno Formato" Galeria Cordeiros, Porto (texto de Fernando Guimarães)
1995 "Óleos" Galeria Mário Sequeira, Tibães, Braga (texto de Arnaldo Saraiva)
1995/1996 "Óleos" Degrau Arte, Porto (texto de Luísa Dacosta)
1996 "Memórias" Galeria Cordeiros, Porto (texto de César Príncipe)
1998 "Guaches recentes" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de António Alçada Baptista)
1999 "Óleos" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Urbano Tavares Rodrigues)
2000 "Dialectos" Rui Alberto Espaço de Arte, Vila Real (texto de Aníbal Belo)
2000 "Anunciação" Museu Nogueira da Silva, Universidade do Minho, Braga (texto de Gomes Fernandes)
2001 "Armanda Passos - Pintura" Cooperativa Árvore, Porto (texto de Vasco Graça Moura)
2002  "Óleos e Aguadas" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Laurinda Alves)
2002 "Armanda Passos - instalação e lançamento de livro pela Bial" Convento de S. Bento da Vitória, Porto (textos Vasco Graça Moura, Mário Cláudio, Luis Valente de Oliveira, Miguel Cadilhe; Apresentação de Mário Cláudio, Carlos Magno e Luís Osório), na Culturgest, Lisboa.
2004 “Óleos e Guaches” Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Eduardo Prado Coelho)
2004 "Armanda Passos Sessenta anos" Fundação Júlio Resende, Gondomar (cartas de Júlio Resende, Luís Portela, José Saramago, Pilar del Rio, Fernando Peres, Jorge Listopad, Arnaldo Saraiva entre outros).
2006 "Armanda Passos" Casa Armanda Passos, Porto (texto de Álvaro Siza)
2006 "O Sagrado" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de João César das Neves e Fabíola Valença)
2008 "Eva na Terra das Maravilhas" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de António José Teixeira)
2010 "Extinção"  Antigos Paços do Concelho, Câmara Municipal Viana Castelo (texto de Lídia Jorge)
2011 "Reservas" Casa Andresen, Centenário da Universidade do Porto

(texto de José-Augusto França, Luís de Moura Sobral, Manuel Sobrinho Simões e Fabíola Valença; apresentação - José Marques dos Santos (reitor da U. Porto), António Marques (vice-reitor da U.Porto) e Luís Valente de Oliveira (presidente da Comissão de Comemorações do Centenário) com apresentação ao público por Raquel Henriques da Silva).

2011 "Obra Gráfica" Edifício da Reitoria, Centenário da Universidade do Porto

(texto de Fabíola Valença; apresentação - José Marques dos Santos (reitor da U. Porto) e Luís Valente de Oliveira (presidente da Comissão de Comemorações do Centenário)).

2012 "Extinção II" Museu Municipal de Coimbra/Edifício Chiado, Câmara Municipal de Coimbra (texto de António Pedro Pita)
2012 "Armanda Passos" Galeria dos Paços do Concelho do Núcleo de Arte Contemporânea, Câmara Municipal de Tomar (texto de José-Augusto França)
2012 "Arca de Noé" Tribunal da Relação do Porto (Átrio da Sala de Audiências), (textos do Presidente do Tribunal da Relação do Porto e do Bispo do Porto, D. Manuel Clemente)
2013 "Obra Gráfica" Museu do Douro (texto de Maria Leonor Barbosa Soares)
2013 “Óleos de pequeno formato” Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de Sylvie Deswarte-Rosa)
2013 "Obra Gráfica" Galeria Municipal de Arte de Barcelos (texto de Mia Couto)
2014 "Guache e Tinta da China" Galeria São Mamede, Lisboa (texto de Laura Castro)
2014 "Obra Gráfica" Museu Nogueira da Silva, Braga (texto de Rosa Alice Branco)
2015 "Extinção III" Museu do Douro (texto António Barreto)
2015 "Bloco de desenhos ESBAP" Galeria dos Leões, Reitoria da U.P. (texto Álvaro Siza e Fabíola Valença)
2016 "Armanda Passos - sobre papel" Galeria 117, Porto (texto de Adília Lopes)
2017 "Bloco de guaches ATELIER" Casa Armanda Passos (texto Isabel Pires de Lima e Miguel Cadilhe)
2017 "Retrato" Galeria São Mamede, Lisboa (texto Pedro Flor)
2018 "Obra Gráfica 1980-91" Casa-Museu Teixeira Lopes, Vila Nova de Gaia (texto de Maria João Reynaud)
2019 "Os Outros" Galeria S. Mamede, Lisboa (texto de José Luís Peixoto)

Referências

  1. a b c Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto: Armanda Passos. Universidade do Porto 100 Anos
  2. «Obras da pintora Armanda Passos dos anos 80 e 90 voltam a ser expostas - MoveNotícias». MoveNotícias. 14 de novembro de 2016 
  3. Amanda Passos Arquivado em 9 de maio de 2010, no Wayback Machine.. Cor Espontânea galeria de arte
  4. José Eduardo de Almeida; José Carlos Palma (edit.) (9 de junho de 2009). «Armanda Passos». Sítio "Enciclopédia". Arquivado do original em 5 de julho de 2011 
  5. O Centenário à descoberta de Armanda Passos Arquivado em 5 de outubro de 2011, no Wayback Machine.. Universidade do Porto 100 Anos, 12 de setembro de 2011
  6. Exposição "Obras Gráfica" - Armanda Passos Arquivado em 22 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine.. Universia
  7. «Cidadãos Portugueses Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Armanda Passos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 20 de março de 2017 
  8. a b Porto, Universidade do. «U. Porto - Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto: Armanda Passos». sigarra.up.pt. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  9. a b «São Mamede - Galeria de Arte». www.saomamede.com. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  10. «U. Porto - Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto - Armanda Passos: Homenagens/Distinções/Exposições». sigarra.up.pt. Consultado em 22 de fevereiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]