Campeonato Capixaba de Futebol de 2016 - Série B

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Capixaba de 2016 - Série B
Capixabão 2016 - Série B
Espírito Santo (estado)
Dados
Participantes 8
Organização FES
Anfitrião  Espírito Santo
Período 2 de abril26 de junho
Gol(o)s 119
Partidas 49
Média 2,43 gol(o)s por partida
Campeão Vitória Vitória-ES
Vice-campeão Vila Velha Tupy
Promovido(s) Vila Velha Tupy
Vitória Vitória-ES
Melhor marcador Lambiru (Tupy) - 8 gols
Maior goleada
(diferença)
Castelo Bandeira de Castelo (Espírito Santo).jpg 7 – 0 Bandeira-colatina.png ESSE
Estádio Emílio NemerCastelo
9 de abril
Público 7 679
Média 156,7 pessoas por partida
◄◄ 2015 Soccerball.svg 2017 ►►

A Série B do Campeonato Capixaba de Futebol de 2016, é uma competição de futebol realizada no Espírito Santo, equivalente à segunda divisão. Com início em 2 de abril e término em 26 de junho.[1][2] O Vitória-ES tornou-se campeão pela segunda vez e o Tupy o vice-campeão. Ambos clubes retornam à Série A em 2017.[3]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Na Fase Preliminar as equipes jogam entre si em dois turnos e os quatro melhores se classificam para as Semifinais, que serão disputadas em partidas de ida e volta (1º x 4º e 2º x 3º). Os vencedores garantem o acesso para a Série A de 2017 e decidem o título em jogo único.[4]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem para cada fase:

Fase Preliminar
  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Confronto direto
  5. Menor número de cartões vermelhos
  6. Menor número de cartões amarelos
  7. Sorteio
Semifinais
  1. Maior saldo de gols nos dois jogos
  2. Melhor classificação na Fase Preliminar
Final
  1. Cobrança de pênaltis

Participantes[editar | editar código-fonte]

Localização dos times do Capixabão 2016 - Série B.
Clube Cidade Temporada 2015 Estádio Capacidade[5] Títulos (último)
Castelo Bandeira de Castelo (Espírito Santo).jpg Castelo 9º da Série A Emílio Nemer 2 000 1 (1988)
ESSE Colatina Colatina 5º da Série B José Olímpio da Rocha[a] 2 600 1 (2002)
Grêmio Laranjeiras Serra. Serra 4º da Série B Salvador Costa[b] 3 000 0 (não possui)
Rio Branco-VN Venda Nova do Imigrante Venda Nova do Imigrante Não disputou Olímpio Perim 3 000 1 (1993)
Serra Serra. Serra Não disputou Robertão 1 040 1 (1997)
Tupy Vila Velha Vila Velha 3º da Série B Gil Bernardes 1 000 1 (2001)
Vilavelhense Vila Velha Vila Velha 6º da Série B Gil Bernardes 1 000 1 (2003)
Vitória-ES Vitória Vitória 10º da Série A Salvador Costa 3 000 1 (2009)

Obs.:

Estádios[5][editar | editar código-fonte]

Águia Branca Castelo Serra
José Olímpio da Rocha Estádio Emílio Nemer Estádio Robertão
Capacidade: 3 200 Capacidade: 2 000 Capacidade: 1 040
Estádio José Olímpio da Rocha.JPG Substitua esta imagem.svg Estadio Robertão.jpg
Venda Nova do Imigrante Vila Velha Vitória
Estádio Olímpio Perim Estádio Gil Bernardes Estádio Salvador Costa
Capacidade: 3 000 Capacidade: 1 000 Capacidade: 3 000
Substitua esta imagem.svg Estádio Gil Bernardes - Campo.JPG Salvador Costa1.jpg

Fase Preliminar[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados da Fase Preliminar
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação
1 Bandeira de Venda Nova do Imigrante (Espírito Santo).png Rio Branco-VN 32 14 10 2 2 26 10 16 76,2 Estável Classificado às Semifinais
2 Vitória Vitória-ES 29 14 8 5 1 24 6 18 69,0 Estável
3 Bandeira de Castelo (Espírito Santo).jpg Castelo 27 14 8 3 3 25 11 14 64,3 Estável
4 Vila Velha Tupy 21 14 6 3 5 19 11 8 50,0 Estável
5 Bandeiradaserra.JPG Grêmio Laranjeiras 20 14 6 2 6 12 17 -5 47,6 Estável
6 Bandeiradaserra.JPG Serra 16 14 4 4 6 20 18 2 38,1 Estável
7 Vila Velha Vilavelhense 13 14 4 1 9 16 23 -7 31,0 Estável
8 Bandeira-colatina.png ESSE[ESS] 0 14 0 0 14 0 46 -46 0,0 Estável

Nota:

  • ESS^ O ESSE desistiu da competição na quinta rodada e será suspenso por três anos. Assim foi decretada como vencedora a equipe adversária nos jogos que seriam contra o ESSE, pelo placar de 3 a 0 (W.O.) e os gols computados na tabela. O presidente do clube, o ex-jogador Edmílson Gonçalves Pimenta, o Ratinho, alegou problemas pessoais.[6]

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
Domingo, 12 de junho Tupy Vila Velha 4 – 3 Bandeira de Venda Nova do Imigrante (Espírito Santo).png Rio Branco-VN Estádio Gil Bernardes, Vila Velha
15:00
Bruno Paixão Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33'
Jailson Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Lambiru Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
Caio Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8' Raone
Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Joilson
Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71' Jefferson
Público: 380
Renda: R$ 4.420,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Felipe Varejão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Tupy
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Rio Branco-VN

Domingo, 12 de junho Castelo Bandeira de Castelo (Espírito Santo).jpg 0 – 0 Vitória Vitória-ES Estádio Emílio Nemer, Castelo
15:00
Relatório Público: 239
Renda: R$ 4.070,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Geanderson Godoi
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Castelo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Vitória-ES
Jogos de volta
Sábado, 18 de junho Rio Branco-VN Bandeira de Venda Nova do Imigrante (Espírito Santo).png 0 – 3 Vila Velha Tupy Estádio Olímpio Perim, Venda Nova do Imigrante
15:00
Relatório Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Giovanni Pedrini
Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Lambiru
Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Tácio
Público: 615
Renda: R$ 9.780,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Elvis da Almeida
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Rio Branco-VN
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Tupy

Sábado, 18 de junho Vitória-ES Vitória 2 – 1 Bandeira de Castelo (Espírito Santo).jpg Castelo Estádio Salvador Costa, Vitória
15:00
Flávio Santos Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Marco Antônio Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' (pen)
Relatório Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33' Anderson Público: 381
Renda: R$ 5.460,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Felipe Varejão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Vitória-ES
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Castelo

Final[editar | editar código-fonte]

Domingo, 26 de junho Vitória-ES Vitória 0 – 0 Vila Velha Tupy Estádio Salvador Costa, Vitória
10:15
Relatório Público: 703
Renda: R$ 9.840,00
Árbitro: Espírito Santo (estado)ES Geanderson Godoi
    Penalidades  
Marco Antônio Convertido
Juninho Carioca Convertido
Hércules Convertido
3 – 1 Erro (defesa) Giovanni Pedrini
Convertido Lucas Porto
Erro (defesa) Jorge Luis
Erro (defesa) Vanílson
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Vitória-ES
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Tupy

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Capixaba de 2016 - Série B
Vitória
Vitória-ES
Campeão
(2º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
8 Brasil Lambiru Tupy
7 Brasil Rodolfo Vilavelhense
6 Brasil Canário Rio Branco-VN
Brasil Fabiano Serra
Brasil Wagner Castelo
5 Brasil Hércules Vitória
4 Brasil Juninho Carioca Vitória
3 Brasil Anderson Castelo
Brasil Giovanni Pedrini Tupy
Brasil Jefferson Rio Branco-VN
Brasil Juninho Rio Branco-VN
Brasil Kevin Serra
Brasil Lucas Porto Tupy
Brasil Tiquim Rio Branco-VN
Brasil Wesley Carioka Castelo

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Federação de Futebol (FES) divulga tabela da Série B do Capixabão 2016». globoesporte.com. 3 de fevereiro de 2016. Consultado em 15 de fevereiro de 2016 
  2. «Guia da Série B do Capixabão: torneio tem o retorno da tradição, em 2016». globoesporte.com. 2 de abril de 2016. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  3. «Vitória-ES vence o Tupy-ES nos pênaltis e conquista a Série B 2016». globoesporte.com. 26 de junho de 2016. Consultado em 26 de junho de 2016 
  4. «Regulamento do Estadual Série B 2016». FES. Consultado em 15 de fevereiro de 2016 
  5. a b «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol - Revisão 6 (CNEF)» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Consultado em 19 de fevereiro de 2016 
  6. «ESSE desiste da Série B do Capixabão 2016 e será suspenso por três anos». globoesporte.com. 23 de abril de 2016. Consultado em 25 de abril de 2016 
  7. «Lambiru, do Tupy-ES, termina como artilheiro da Série B do Capixabão». globoesporte.com. 27 de junho de 2016. Consultado em 27 de junho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]