Ed Killifer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ed Killifer
Personagem da série James Bond
Ed007.jpg
Profissão policial
Categoria capanga do vilão
Status morto
Interpretado(a) por Everett McGill
Filmes 007 - Permissão para Matar (1989)

Ed Killifer é um personagem do filme 007 - Licença para Matar (1989) da franquia cinematográfica de James Bond. Assim como quase todos os outros personagens, ele não existe nos livros de Ian Fleming, já que o filme, o primeiro a não ter um título saído dos livros de Fleming, apenas mistura enredo e personagens existentes em contos diferentes do escritor britânico com uma história completamente nova.

Características[editar | editar código-fonte]

Killifer é um policial da confiança de Felix Leiter, aparentemente honesto, que se corrompe após receber uma oferta de dois milhões de dólares do traficante e vilão Felix Sanchez por sua liberdade, ajudando-o a fugir. Confrontado por Bond ao longo do filme, tenta comprá-lo com os mesmos dólares que recebeu de Sanchez mas acaba sendo morto na piscina de tubarões do capanga do vilão agarrado à sua mala de dinheiro.[1]

Filme[editar | editar código-fonte]

Policial honesto e amigo de Felix Leiter, ele aparece no início do filme levando os cumprimentos ao agente da CIA e à mulher Della Leiter no dia de seu casamento, do qual James Bond é padrinho. Leiter e Bond capturam o traficante Felix Sanchez e este anuncia que dará dois milhões de dólares a quem o ajudar a fugir. Movido pela ambição, Killifer então cria um plano para a fuga de Sanchez, que é bem sucedido, com os dois escapando juntos. Ele nada faz também quando Sanchez captura Leiter e o joga numa piscina de tubarões, onde o agente da CIA tem uma perna devorada, dizendo que não é nada pessoal e que dois milhões é muito dinheiro.[2]

Ele então tem um confronto posterior com Bond nas instalações pesqueiras de outro capanga de Sanchez, Milton Krest, na Flórida, quando o agente britânico investiga o local. Depois de uma luta entre Bond e seu aliado Sharkey, os homens de Krest e Killifer, o policial se vê encurralado por Bond na borda da piscina de tubarões e oferece a 007 metade do dinheiro que carrega consigo. Bond diz que ele o mereceu e o empurra na piscina com dinheiro e tudo e o policial é devorado.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ed Killifer (Everett McGill)». James Bond Multimedia. Consultado em 23 de dezembro de 2014 
  2. a b «Licence to Kill (1989)». filmsite.org. Consultado em 23 de dezembro de 2014