Scarpine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Scarpine
Personagem da série James Bond
Scarpine.jpg
Organização Max Zorin
Profissão assassino
Categoria capanga do vilão
Status morto
Interpretado(a) por Patrick Bauchau
Filmes 007 Na Mira dos Assassinos (1985)

Scarpine é um personagem fictício do filme 007 Na Mira dos Assassinos (A View to a Kill), décimo-quarto da série cinematográfica de James Bond e último com Roger Moore no papel do espião britânico. Ele é interpretado nas telas pelo ator belga Patrick Bauchau.

Características[editar | editar código-fonte]

Scarpine é o frio chefe da segurança de Max Zorin e o acompanha em praticamente todas as cenas do filme, ao lado da capanga, amante do chefe e assistente May Day. Com poucas falas, morre junto com o patrão na destruição do zeppelin das Indústrias Zorin ao final do filme.[1]

No filme[editar | editar código-fonte]

Ele aparece recebendo Bond no palacete de Zorin para o leilão de cavalos e o introduz na grande área externa do pátio do leilão. Com sua segurança, ele vigia cada quarto do castelo através de uma câmera, observando os hóspedes e Bond – com identidade disfarçada para o leilão – no dele. Acompanhando Zorin silenciosamente por quase todo o filme, ele ajuda o chefe a metralhar e afogar os operários da mina de prata que Zorin alaga no fim do filme e onde foram colocados toneladas de explosivos e uma detonador para provocar um terremoto na Falha de San Andreas, causando a destruição do Vale do Silício. Ele escapa da mina com Zorin e o Dr. Carl Mortner, outro capanga, um ex-cientista nazista e mentor de Zorin, e pilota o dirigível do chefe em fuga mas é confrontado em voo por 007, que se agarra às cordas da aeronave e acaba causando a queda de Zorin da aeronave e sua posterior explosão, que mata Scarpine e o doutor. [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Scarpine (Patrick Bauchau)». jamesbond multimedia. Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  2. «A View to a Kill (1985)». filmsite.org. Consultado em 4 de fevereiro de 2016