Naomi (James Bond)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Naomi
Personagem da série James Bond
Bond-caroline-munro.jpg
Organização Karl Stromberg
Profissão piloto de helicóptero
Categoria bond girl
capanga do vilão
Status morta
Interpretado(a) por Caroline Munro
Filmes 007 O Espião Que Me Amava

Naomi é uma personagem do filme 007 O Espião Que Me Amava, décimo livro sobre James Bond escrito por Ian Fleming, que, entretanto, a pedido do autor, tem apenas o título dele no cinema, sem nenhum dos personagens e elementos constantes na novela original.[1] Nas telas, ela foi interpretada pela atriz britânica Caroline Munro.

Características[editar | editar código-fonte]

Mulher de figura curvilínea, morena de olhos verdes, a piloto de helicóptero Naomi é uma atraente e letal assistente do vilão Karl Stromberg. Em contato com James Bond, ela flerta com ele a caminho da Atlantis, a base submarina de Stromberg, e tem prazer no jogo sádico de gato e rato quando tenta matar Bond e Anya Amasova de seu helicóptero.[2]

No filme[editar | editar código-fonte]

Ela aparece primeiramente no filme, escoltando dois temerosos cientistas para um encontro com Stromberg, em sua base submarina Atlantis. Depois, passa-se um bom tempo sem vê-la na tela, até que ela reaparece quando vai transportar Bond e a major Amasova de lancha até os domínios do vilão. Bond, disfarçado de biólogo marinho acompanhado da mulher, flerta com Naomi, o que deixa Amasova aborrecida.

Sua melhor cena é a perseguição de helicóptero que move aos dois - depois de terem suas identidades descobertas - pelas estradas da costa da Sardenha. Com ordens de Stromberg para matá-los, depois que um moticiclista falha na missão, Naomi lança diversas rajadas de metralhadora no Lotus Esprit de Bond sem contudo conseguir acertá-lo, mas mesmo assim, da cabine do helicóptero, o cumprimenta com um sorriso irônico, para surpresa dele. A perseguição continua até que Bond chega a um pier e mergulha com o carro na água. Naomi, no helicóptero, dá voltas sobre lugar onde o carro afundou, esperando para ver algum sobrevivente. Entretanto, para seu desconhecimento, o Lotus, uma das novas máquinas mortais preparadas por "Q", é insubmersível, transformando-se em submarino no mar e tem foguetes terra-ar acoplados nele. De dentro d'água, guiado por radar, Bond dispara um míssil e explode o helicóptero com Naomi dentro.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Scott, A. O. «Overview of The Spy Who Loved Me». The New York Times. Consultado em 7 de agosto de 2007. 
  2. a b jamesbond multimedia Caroline Munro (Naomi)