Nick Nack

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nick Nack
Personagem da série James Bond
NickNack.jpg
Organização Francisco Scaramanga
Categoria capanga do vilão
Status vivo
Interpretado(a) por Hervé Villechaize
Filmes 007 contra o Homem com a Pistola de Ouro (1974)

Nick Nack é um personagem do filme 007 contra o Homem com a Pistola de Ouro, nono filme da franquia cinematográfica de James Bond. Foi interpretado nas telas pelo ator francês Hervé Villechaize.

Características[editar | editar código-fonte]

Com apenas 1,19 m de altura[1], Nick Nack serve como assistente pessoal, cozinheiro, mordomo, garçom e capanga de Francisco Scaramanga, o vilão do filme. Apesar de leal ao patrão, tem como costume contratar matadores para assassinar Scaramanga, de maneira que, por acordo, ele possa herdar sua fortuna e propriedades. Scaramanga sabe mas tolera e concorda, pois usa os matadores contratados para treinar sua habilidade como assassino, matando todos eles.[2]

No filme[editar | editar código-fonte]

Nick Nack aparece logo na abertura do filme, quando serve champagne a Scaramanga e sua amante Andrea Anders na luxuosa 'villa' onde vivem na costa da China. Um dos assassinos contratados por ele para desafiar o patrão é morto por Scaramanga nas cenas seguintes. O pequeno capanga trambém é o responsável por roubar de um cientista o Solex, a aparelho recém-inventado de captação de energia solar e entregá-lo à Scaramanga. Ele tenta matar Bond quando o agente é dominado após invadir a fortaleza de Hai Fat mas é impedido pelo capanga contratante de Scaramanga quando vai enfiar um tridente no peito de espião desacordado.[2]

Nas cenas finais, após Bond explodir todo o complexo do assassino e matar Scaramanga, como vingança por haver perdido as propriedades do patrão, agora destruídas, Nick Nack tenta matar Bond e sua aliada, a agente do MI-6 Mary Goodnight, no junco em que eles deixam a praia, mas facilmente dominado por 007, acaba preso numa pequena gaiola de madeira pendurada no alto do mastro do barco, para ser entregue às autoridades britânicas.[2]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Considerado um dos vilões clássicos da franquia de 007, o personagem serviu de inspiração para a criação de Mini-Me, um anão gênio do mal da paródia cinematográfica Austin Powers, décadas depois.[3] Um dos capangas dos filmes de 007 com mais empatia popular, a fama adquirida fez com que o ator-anão Hervé Villechaize viesse anos depois a se tornar uma estrela mundial, co-estrelando ao lado de Ricardo Montalban a série de televisão A Ilha da Fantasia, como Tatoo, que teve quase uma década de sucesso em todo mundo.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. TVrage/Hervé Villechaize
  2. a b c filmsite The Man With the Golden Gun (1974)
  3. «Virgin Media/Top movie little people». Consultado em 01/04/2011. 
  4. Erickson, Hal. «Fantasy Island». Allmovie. Consultado em 25 February 2016.