Bert Saxby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bert Saxby
Personagem da série James Bond
Bsaxby.jpg
Organização SPECTRE
Willard Whyte
Categoria capanga do vilão
Status morto
Interpretado(a) por Bruce Cabot
Filmes 007 Os Diamantes São Eternos (1971)

Bert Saxby é uma personagem fictícia do filme 007 Os Diamantes São Eternos, de 1971, sétimo da franquia cinematográfica do espião inglês James Bond, criado por Ian Fleming.

Características[editar | editar código-fonte]

Personagem que não existe no livro, Saxby é um homem inescrupuloso que ao mesmo tempo em que dirige o cassino do milionário Willard Whyte é um capanga de Ernst Stavro Blofeld e da SPECTRE, que sequestrou o megaempresário de quem é empregado e homem de confiança.[1]

No filme[editar | editar código-fonte]

Saxby, como diretor do cassino de Whyte, é quem aprova o crédito de James Bond, que ele acredita ser outra pessoa, um cúmplice do grupo, para jogar na mesa de dados. Depois ele entra em contato com Blofeld pelo telefone sobre as condições de Whyte no cativeiro e recebe ordens de matá-lo. Quando ele se dirige à mansão onde Whyte está confinado, Bond, Felix Leiter, a CIA e a polícia já se encontram no local e depois de tentar matar Bond errando seu tiro, ele é morto a tiros de rifle por 007.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Bert Saxby (Bruce Cabot)». jamesbond multimedia. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  2. «Diamonds Are Forever (1971)». filmsite.org. Consultado em 22 de fevereiro de 2016