Edward White

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Edward White
Nome completo Edward Higgins White II
Nascimento 14 de novembro de 1930
San Antonio, Estados Unidos
Morte 27 de janeiro de 1967 (36 anos)
Cabo Kennedy, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Progenitores Mãe: Mary Rosina Haller
Pai: Edward White Sr.
Cônjuge Patricia Finegan (1956–1967)
Filho(s)
  • Edward
  • Bonnie
Alma mater Academia Militar dos Estados Unidos em West Point
Universidade de Michigan
Ocupação
Serviço militar
Serviço Força Aérea dos Estados Unidos
Anos de serviço 1952–1967
Patente Tenente-coronel
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço 4d 01h 56min
Seleção Grupo 2 da NASA 1962
Tempo de AEV 36 min
Missões
Insígnia da missão Gemini Four patch.jpg Apollo 1 patch.png
Prêmios Medalha de Honra
Espacial do Congresso

Medalha de Serviço
Distinto da NASA

Edward Higgins White II (San Antonio, 14 de novembro de 1930Cabo Kennedy, 27 de janeiro de 1967) foi um piloto, piloto de teste, engenheiro aeroespacial e astronauta norte-americano. Ele serviu na Força Aérea dos Estados Unidos a partir de 1952 e foi selecionado dez anos depois no Grupo 2 de Astronautas da NASA. White voou para o espaço em 1965 na Gemini IV, tornando-se o primeiro norte-americano a realizar uma atividade extraveicular. Ele morreu em 1967 em um incêndio dentro da capsula espacial da Apollo 1 junto com os astronautas Gus Grissom e Roger Chaffee.

História[editar | editar código-fonte]

Piloto de caça da Força Aérea dos Estados Unidos, formado pela Academia Militar dos Estados Unidos em West Point em 1952, e engenheiro eletricista pela Universidade de Michigan, em 1959, White alcançou a patente de tenente-coronel da Força Aéreacomo piloto de jatos F-86 Sabre e F-100. Com seu trabalho de piloto de testes de aeronaves experimentais, acumulou um total de três mil horas de voo em diversas aeronaves.

Ed White em seu pioneiro "passeio no espaço" durante a missão Gemini IV

Ele entrou para a NASA em 1962, no segundo grupo de candidatos a astronauta selecionados pela agência espacial e subiu ao espaço pela primeira e única vez em junho de 1965 a bordo da Gemini IV, junto com o astronauta James McDivitt, realizando a primeira caminhada espacial de um norte-americano fora da nave – e a segunda depois do soviético Aleksei Leonov – ligado a ela por um cordão umbilical de borracha, aço e nylon.

Depois deste voo, White foi piloto reserva da missão Gemini VII e qualificado como astronauta especialista em sistemas de controle de voo do módulo de serviço da Apollo. Pelo método usual de rodízio de astronautas da NASA, Ed deveria ser o piloto da missão Gemini X, em julho de 1966 - o que o tornaria o primeiro de sua classe de astronautas a ir ao espaço duas vezes — mas ao invés disso, por seu conhecimentos dos sistemas da Apollo, o programa lunar que então se achava em preparações e testes, foi promovido a piloto do módulo de comando da Apollo 1, o primeiro vôo deste programa.

Entretanto, em 27 de janeiro de 1967, durante treinamento no protótipo de testes da cabine de comando da Apollo 1, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, um curto circuito causou um incêndio sem controle na cabine lacrada, que o matou junto aos outros dois astronautas da futura tripulação, o comandante Gus Grisson e Roger Chaffee.

Após sua trágica morte, White foi enterrado com honras militares no Cemitério de West Point e condecorado postumamente com a Medalha de Honra Espacial do Congresso, a mais alta condecoração militar dos Estados Unidos em tempo de paz.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Edward White