European Cup

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A European Champion Clubs Cup, ou simplesmente European Cup, é um troféu premiado anualmente pela UEFA ao clube de futebol que vence a Liga dos Campeões da UEFA. O troféu é comumente, embora erroneamente, referido como Champions League Trophy (Troféu da Liga dos Campeões).

Vários troféus já tiveram este nome, pois um clube que vença a competição por três vezes consecutivas ou que obtenha cinco vitórias tem direito a permanecer com a taça original.[1] Portanto, um novo troféu necessita ser feito para as temporadas seguintes. A UEFA Badge of Honour é uma medalha premiada pela UEFA para esses clubes.[2]

O Troféu[editar | editar código-fonte]

Os vencedores da Liga dos Campeões possuem o troféu até um ano depois da sua vitória, depois desse período recebem uma réplica do mesmo tamanho para sempre.

A European Cup original foi doada pelo L'Équipe, um jornal esportivo francês.[3] Este troféu foi atribuído permanentemente ao Real Madrid a Março de 1967.[3] Naquele tempo, o clube era o campeão, e tinha obtido já seis títulos, incluindo as primeiras cinco competições (1956 até 1960).

O troféu substituto, com um design ligeiramente diferente do original, foi encomendado pela UEFA a Jörg Stadelmann, um joalheiro de Berne, na Suíça. Com um custo de 10,000 francos suíços, era prateado e possuía 74 cm de altura e 8 kg. Os troféus seguintes foram todos uma replica deste. Em espanhol, a sua alcuna é La Orejona ("orelhudo") devido ao tamanho dos pegadores. Por esta razão, Luis Omar Tapia, relatador da ESPN por um bom tempo, tornou a alcuna "La Orejona" popular no continente americano..[4][5]

A regra que autoriza um clube a manter um troféu depois de cinco vitórias ou três consecutivas foi introduzida antes da temporada de 1968/69.[3] Nesse momento, o Real Madrid era o único clube a ter uma das qualificações, tendo até as duas. A partir do momento que um clube seja premiado com o troféu, a contagem volta ao zero.[1] Por exemplo, um clube sem títulos que vença seis consecutivos, será premiado com os trófeus quando chegar à terceira e à sexta vitória (um para cada três vitórias consecutivas), e não quando atinja a quinta.

UEFA badge of honour[editar | editar código-fonte]

A UEFA Badge of Honour (Medalha de Honra da UEFA) foi introduzida na competição de 2000/2001.[6] A medalha é gravada na manga esquerda do equipamento durante a Liga dos Campeões e a Taça UEFA. É um desenho oval em azul marinho com um esboço em branco do atual troféu, coberto com partes do logotipo da Liga dos Campeões. Acima do troféu está presente o número de títulos ganhos pelo clube.

Clubes Honorados[editar | editar código-fonte]

Seis clubes possuem o troféu atual, e foram premiados com a badge of honour:

[editar | editar código-fonte]

Uma "title-holder logo" (logotipo de campeão em título) é usado pelos campeões em título nas temporadas seguintes.[2] O logo é introduzido na competição de 2004/05, onde o Porto era o campeão em título.[7][8] A distinção entre a title-holder logo e a badge of honour pode ser comparada à distinção entre o scudetto (escudo) usado pelo campeão em título na Serie A da Itália, e o stella (estrela) usado pelas equipes com mais de 10 títulos da Serie A no total.

Taça UEFA[editar | editar código-fonte]

As regras para a Taça UEFA também dão direito de um clube receber o troféu depois da sua terceira vitória consecutiva ou um total de cinco vitórias.[9] Há também um title-holder logo,[10] mas não uma badge of honour. Contudo, nenhum clube venceu a Taça UEFA mais do que três vezes no total. Dois venceram duas vezes consecutivamente: Real Madrid em 1986, e o Sevilha em 2007. O Real não teve hipóteses de vencer uma terceira vez pois qualificou-se para a Taça dos Campeões Europeus de 1986-87. Semelhantemente, o Sevilha qualificou-se para os 16 finalistas na Liga dos Campeões da UEFA de 2007-08, não podendo defender o seu título.

Vitórias na discontinuada Taça dos Clubes Vencedores de Taças, organizada entre 1960 e 1999, e Taça das Cidades com Feiras, organizada entre 1955-71 (não organizada pela UEFA), não são contadas em qualquer prêmio da UEFA. O Barcelona venceu o trófeu da Taça das Feiras permanentemente num playoff contra os Leeds United depois do último torneio.

Referências

  1. a b Regulations of the UEFA Champions League (PDF) UEFA website; Página 4 "Cup"
  2. a b Regulations of the UEFA Champions League Página 26 "Title-holder logo"
  3. a b c UEFA webiste, "A brand new trophy"
  4. Baier, Nicolás (21 de maio de 2007). «La gloria al alcance de la mano» (em Espanhol). ESPN Deportes. La Orejona, el codiciado trofeo del fútbol europeo 
  5. González, Mark (23 de maio de 2007). «AC Milan se tomó una dulce revancha y dejó a Liverpool sin la Champions» (em Espanhol). Radio Cooperativa. Consultado em 1 de dezembro de 2007. la popular "Orejona", como se le denomina al trofeo 
  6. Ajax rewarded with 'UEFA Badge of Honour' de 23 de Outubro 2000
  7. Regulations of the UEFA Champions League 2003–04
  8. Regulations of the UEFA Champions League 2004–05
  9. Regulations of the UEFA Cup (PDF) UEFA website; Página 4, "Cup"
  10. Regulations of the UEFA Cup Página 26, "Title-holder logo"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]