Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1965–66

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1965–66
Data 11 de Maio de 1966
Local Heysel Stadium, Bruxelas
Árbitro Rudolf Kreitlein
Público 46,745

Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1965-66 foi uma partida de futebol realizada no Estádio Heysel, em Bruxelas, em 11 de maio de 1966, que viu o Real Madrid da Espanha vencer o Partizan da Iugoslávia por 2-1. [1]

Apesar dos esforços dos principais times do continente, o Real Madrid governou a Europa mais uma vez. A final foi uma partida competitiva. O Partizan assumiu a liderança com um gol de Velibor Vasović aos 55 minutos, mas o Real Madrid logo empatou aos 70 minutos com o espanhol Amancio Amaro. O Real Madrid acabou virando o jogo no minuto 76 com um gol de Fernando Serena e se sagrou campeão da Europa mais uma vez.

Chegando a Final[editar | editar código-fonte]

Espanha Real Madrid Rodada República Socialista Federativa da Iugoslávia Partizan
Oponente Agg. Ida Volta Oponente Agg. Ida Volta
Países Baixos Feyenoord 6–2 1–2 (F) 5–0 (C) Rodada Preliminar França Nantes 4–2 2–0 (C) 2–2 (F)
Escócia Kilmarnock 7–3 2–2 (F) 5–1 (C) Primeira Rodada Alemanha Werder Bremen 3–1 3–0 (C) 0–1 (F)
Bélgica Anderlecht 4–3 0–1 (F) 4–2 (C) Quartas-de-finais Checoslováquia Sparta Praga 6–4 1–4 (F) 5–0 (C)
Itália Inter de Milão 2–1 1–0 (C) 1–1 (F) Semi-finais Inglaterra Manchester United 2–1 2–0 (C) 0–1 (F)

A Final[editar | editar código-fonte]

11 de Maio de 1966 Real Madrid Espanha 2 – 1 República Socialista Federativa da Iugoslávia Partizan Heysel Stadium, Bruxelas

Amancio Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Serena Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76'
Vasović Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55' Público: 46,745
Árbitro: Rudolf Kreitlein Alemanha
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Partizan
GL 1 Espanha José Araquistáin
LE 3 Espanha Manuel Sanchís Martínez
ZC 6 Espanha Ignacio Zoco
ZC 5 Espanha Pedro de Felipe
LD 2 Espanha Pachín
VL 10 Espanha Manuel Velázquez
VL 4 Espanha Pirri
EE 11 Espanha Francisco Gento (c)
ATA 9 Espanha Ramón Grosso
ATA 8 Espanha Amancio Amaro
ED 7 Espanha Fernando Serena
Manager:
Espanha Miguel Muñoz
Real Madrid Partizan 1966-05-11.svg
GL 1 República Socialista Federativa da Iugoslávia Milutin Šoškić (c)
LE 3 República Socialista Federativa da Iugoslávia Ljubomir Mihajlović
ZC 5 República Socialista Federativa da Iugoslávia Velibor Vasović
ZC 6 República Socialista Federativa da Iugoslávia Branko Rašović
LD 2 República Socialista Federativa da Iugoslávia Fahrudin Jusufi
VL 8 República Socialista Federativa da Iugoslávia Vladica Kovačević
VL 4 República Socialista Federativa da Iugoslávia Radoslav Bečejac
EE 11 República Socialista Federativa da Iugoslávia Josip Pirmajer
ATA 9 República Socialista Federativa da Iugoslávia Mustafa Hasanagić
ATA 10 República Socialista Federativa da Iugoslávia Milan Galić
ED 7 República Socialista Federativa da Iugoslávia Mane Bajić
Manager:
República Socialista Federativa da Iugoslávia Abdulah Gegić

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «European Cup & Champions League History 1955-2017». www.europeancuphistory.com. Consultado em 11 de dezembro de 2017