Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2009–10

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2009-10
Evento Liga dos Campeões da UEFA de 2009-10
Data 22 de Maio de 2010
Local Santiago Bernabéu, Espanha Madri

A Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2009-10 foi a 55ª edição da decisão da Liga dos Campeões da UEFA, que teve como adversários o Bayern de Munique, da Alemanha, e a Internazionale, da Itália. Foi jogada no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, na Espanha, em 22 de Maio de 2010, pela quarta vez após 1957, 1969 e 1980.

Foi a primeira final da história disputada num sábado, decisão tomada em novembro de 2007.[1]

A Inter se sagrou campeã após bater o Bayern por 2 a 0, com dois gols de Diego Milito, aos 35' e aos 70' minutos.

Antes da partida[editar | editar código-fonte]

Escolha do estádio[editar | editar código-fonte]

O Santiago Bernabéu foi escolhido para sediar a final da Liga de 2009-10 em 2008 pelo comitê executivo da UEFA. De acordo com este, os critérios principais que levaram o estádio espanhol a ser escolhido foram a segurança, a capacidade e as acomodações, entre outras.[2] Ainda em 2007, havia-se decidido que a partida seria disputa num sábado pela primeira vez na história da competição.[3]

Venda e distribuição de ingressos[editar | editar código-fonte]

Para cada clube, foram disponibilizados 21.000 ingressos, para que este os comercialize entre seus fãs e torcedores. Apenas 11.000 foram postos à venda direta pela UEFA. Boas porcentagens desses ingressos distribuídos entre os clubes e o resto ainda disponível tiveram de ser reservados para jovens.[4]

Desempenhos dos finalistas[editar | editar código-fonte]

O Bayern de Munique teve a pior campanha de todos os quatro semifinalistas, com 5 vitórias, 1 empate e 4 derrotas, tendo conquistado a 2ª colocação no Grupo A da Liga, 6 pontos atrás do Bordeaux. Nas fases finais, conseguiu a classificação pela regra do gol fora de casa por duas oportunidades, contra Fiorentina e Manchester United, ambos vencidos por 2 a 1 no jogo de ida, na Alemanha, e perdidos por 3 a 2 no de volta. Já na semifinal, foram duas vitórias diante do Lyon, por 1 a 0 e 3 a 0.

A Internazionale teve momentos bem distintos na competição. Depois de ter feito a pior campanha dentre os classificados na fase de grupos, passou por Chelsea e CSKA Moscou com quatro vitórias nas oitavas e quartas-de-final. Nas semifinais, contra o favorito Barcelona, conseguiu fazer o resultado em casa, vencendo por 3 a 1, e suportou a pressão catalã no Camp Nou, perdendo "apenas" por 1 a 0.

Detalhes da partida[editar | editar código-fonte]

22 de Maio de 2010 Bayern de Munique Alemanha 0 – 2 Itália Internazionale Santiago Bernabéu, Madri
20:45
Milito Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35', Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Público: 73 170
Árbitro: Inglaterra Howard Webb
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Bayern Munich
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Internazionale
BAYERN MUNICH:
G 22 Alemanha Hans-Jörg Butt
LD 21 Alemanha Philipp Lahm
Z 5 Bélgica Daniel Van Buyten
Z 6 Argentina Martin Demichelis Penalizado com cartão amarelo após 26 minutos 26'
LE 28 Alemanha Holger Badstuber
V 17 Países Baixos Mark van Bommel Penalizado com cartão amarelo após 78 minutos 78'
V 31 Alemanha Bastian Schweinsteiger
M 10 Países Baixos Arjen Robben
M 25 Alemanha Thomas Müller
M 8 Turquia Hamit Altintop Substituído após 63 minutos de jogo 63'
A 11 Croácia Ivica Olić Substituído após 74 minutos de jogo 74'
Reservas:
G 1 Alemanha Michael Rensing
LD 13 Alemanha Andreas Görlitz
LE 26 Alemanha Diego Contento
V 44 Ucrânia Anatoliy Tymoshchuk
M 23 Croácia Danijel Pranjić
A 18 Alemanha Miroslav Klose Entrou em campo após 63 minutos 63'
A 33 Alemanha Mario Gomez Entrou em campo após 74 minutos 74'
Treinador:
Países Baixos Louis van Gaal
INTERNAZIONALE:
G 12 Brasil Júlio César
LD 13 Brasil Maicon
Z 6 Brasil Lúcio
Z 25 Argentina Walter Samuel
LE 26 Romênia Cristian Chivu Penalizado com cartão amarelo após 30 minutos 30' Substituído após 68 minutos de jogo 68'
V 4 Argentina Javier Zanetti
V 19 Argentina Esteban Cambiasso
M 10 Países Baixos Wesley Sneijder
A 9 Camarões Samuel Eto'o
A 22 Argentina Diego Milito Substituído após 90+2 minutos de jogo 90+2'
A 27 MAC Goran Pandev
Reservas:
G 1 Itália Francesco Toldo
Z 2 Colômbia Iván Córdoba
Z 23 Itália Marco Materazzi Entrou em campo após 90+2 minutos 90+2'
V 11 Gana Sulley Muntari
M 5 Sérvia Dejan Stanković Entrou em campo após 68 minutos 68'
M 17 Quénia McDonald Mariga
A 45 Itália Mario Balotelli
Treinador:
Portugal José Mourinho

Homem do jogo (UEFA):

Diego Milito

Homem do jogo (fãs):

Wesley Sneijder

Assistentes:

Inglaterra Mike Mullarkey

Inglaterra Darren Cann

Quarto árbitro:

Inglaterra Martin Atkinson

Árbitro reserva:

Inglaterra Peter Kirkup

Referências

  1. BBC Sport. «Champions League final switched» (em inglês). Consultado em 7 de abril de 2010 
  2. UEFA.com. «Madrid and Hamburg awarded 2010 finals» (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2010 
  3. UEFA.com. «Champions League changes agreed» (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2010 
  4. UEFA.com. «Champions League final tickets» (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2010