Tahrir al-Sham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Frente al-Nusra)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hay'at Tahrir al-Sham
Organização pela Libertação do Levante
Participante na Guerra Civil Síria
Flag of Hayat Tahrir al-Sham.svg
Datas 28 de janeiro de 2017 - presente
Ideologia Islamismo sunita
Salafismo
Jihadismo
Wahhabismo
Objetivos Derrube do governo de Bashar al-Assad
Transformar a Síria num emirado, liderado pela Al-Qaeda
Organização
Parte de Flag of Jihad.svg Al-Qaeda
Líder Abu Jaber Shaykh (líder)
Abu Mohammad al-Julani (líder militar)
Orientação
religiosa
Sunismo
Sede Idlib, Síria
Área de
operações
 Síria
Líbano
Efetivos 31,000 a 50,000
(20,000 combatentes da Al-Nusra)
Antecessor(es)
anterior
Jabhat al-Nusra
Frente Ansar al-Din
Movimento Nour al-Din al-Zenki
Liwa al-Haqq
Jaysh al-Sunna
Relação com outros grupos
Aliados Partido Islâmico do Turquistão
Facções do Ansar al-Islam
Batalhão Mártires Karm al-Jabal
Ajnad al-Kavkaz
Emirado do Cáucaso
Junud al-Makhdi
Batalhão Imam Shamil
Al-Qaeda na Península Arábica
Legião al-Rahman
Logo of the Southern Front.png Frente do Sul (em Daara)
Flag of Syria (1932-1958; 1961-1963).svg Exército Livre da Síria (ocasionalmente)
Flag of Syria (1932-1958; 1961-1963).svg Turquia Exército Livre da Síria (Pró-Turquia) (ocasionalmente)
Inimigos Síria República Árabe Síria
 Irão
 Rússia
Líbano
 Estados Unidos
 Reino Unido
Jordânia
Flag of Syrian Democratic Forces.svg Forças Democráticas Sírias
InfoboxHez.PNG Hezbollah
Logo of Ahrar al-Sham.svg Ahrar al-Sham
AQMI Flag asymmetric.svg Estado Islâmico do Iraque e da Síria
Flag of Syria (1932-1958; 1961-1963).svg Exército Livre da Síria (ocasionalmente)
Flag of Syria (1932-1958; 1961-1963).svg Turquia Exército Livre da Síria (Pró-Turquia) (ocasionalmente)
Conflitos
Guerra Civil Síria

Hay'at Tahrir al-Sham[1] (árabe: هيئة تحرير الشام, Hayʼat Taḥrīr al-Shām; português: Organização pela Libertação do Levante ou Comité de Libertação do Levante)[2], simplesmente conhecido por Tahrir al-Sham e tendo como abreviatura de HTS, ou, também conhecido como Al-Qaeda na Síria[3][4], é um grupo militante salafista jihadista envolvido na Guerra Civil Síria.

História[editar | editar código-fonte]

O grupo foi formado a 28 de janeiro de 2017 após um acordo de fusão entre Jabhat Fateh al-Sham (ex-Jabhat al-Nusra), Frente Ansar al-Din, Jaysh al-Sunna, Liwa al-Haqq e Movimento Nour al-Din al-Zenki[5]. Após a criação, diversos outros grupos e pessoas se juntaram ao grupo. Esta nova organização é liderada, essencialmente, por membros da Jabhat Fateh al-Sham e antigos membros do Ahrar al-Sham[6][7]. Diversos membros do Ahrar al-Sham juntaram-se a este grupo, guiados pelos seus valores mais salafistas e conservadores. Apesar da fusão, muitos analistas continuam a referir-se a este grupo pelo nome Jabhat al-Nusra ou Jabhat Fateh al-Sham, o grupo mais poderoso desta fusão[8].

Mesmo com a fusão, Tahrir al-Sham é considerado como o braço armado da Al-Qaeda na Síria[9], com diversos combatentes e líderes do grupo a seguirem as ordens da Al-Qaeda, e, que apesar desta fusão, muitos dos seus líderes respondem perante aos líderes da Al-Qaeda, bem como, muitos dos seus membros se guiam pelos mais valores mais extremistas e radicais defendidos pela Al-Qaeda[10].

Tahrir al-Sham continua a defender a ideologia da Al-Nusra, em transformar a Síria num emirado islâmico salafista, liderado pela Al-Qaeda[11].

Actualmente, é o grupo de oposição ao governo de Bashar al-Assad mais poderoso e com mais membros, após a fusão de Jaysh al-Farouq (ex-membro do Exército Livre da Síria), eclipsando, assim, o Ahrar al-Sham[12].

Referências

  1. Monitoring, B. B. C. (28 de fevereiro de 2017). «Tahrir al-Sham: Al-Qaeda's latest incarnation in Syria». BBC News (em inglês) 
  2. Society, People’s Printing Press (1487116980). «Syria: Factions jockey for position ahead of new peace talks» (em inglês)  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Ahmed, Akbar Shahid (4 de março de 2017). «Syria Rebels Want Trump To Know They're The Ones Fighting ISIS». Huffington Post (em inglês) 
  4. «Analysis: 'Al-Qaeda Reshapes the Insurgency in Northern Syria'». Henry Jackson Society. 6 de fevereiro de 2017. Consultado em 10 de junho de 2017. 
  5. «Al Qaeda and allies announce 'new entity' in Syria | FDD's Long War Journal». FDD's Long War Journal (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2017. 
  6. «Syria Islamist factions, including former al Qaeda branch, join forces: statement». Reuters. Sat Jan 28 16:27:00 UTC 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. «Al-Qaeda merges with former US supplied rebel forces in Syria». AMN - Al-Masdar News | المصدر نيوز (em inglês). 28 de janeiro de 2017 
  8. i24NEWS. «Ex-Qaida affiliate Jabhat Fateh al-Sham claims Homs attacks which killed dozens». i24NEWS (em inglês) 
  9. Reports, CATF. «Al-Qaeda's Grand Plan for Syria Passes Through Hayat Tahrir al-Sham» (em inglês) 
  10. Reports, CATF. «Al-Qaeda's Grand Plan for Syria Passes Through Hayat Tahrir al-Sham» (em inglês) 
  11. Salim, Nilgun (22 de fevereiro de 2017). «A new terrorist organization might replace ISIS». Stock News USA. Consultado em 10 de junho de 2017. 
  12. «FSA-affiliated group joins Al-Qaeda coalition; making it the largest militant group in Syria». AMN - Al-Masdar News | المصدر نيوز (em inglês). 21 de março de 2017