Golden (álbum de Kylie Minogue)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Golden
Álbum de estúdio de Kylie Minogue
Lançamento 6 de abril de 2018 (2018-04-06)
Gravação 2015-17
Gênero(s) Dance, country pop[1]
Duração 40:33
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital, LP, fita cassete
Gravadora(s) BMG, Darenote
Produção Kylie Minogue (exec.), Ash Howes, Richard "Biff" Stannard, Sky Adams, Lindsay Rimes, Jesse Frasure, Jon Green, Alex Smith, Mark Taylor, Eg White, Samuel Dixon, Charlie Russel
Cronologia de Kylie Minogue
Kylie Christmas: Snow Queen Edition
(2016)
Singles de Golden
  1. "Dancing"
    Lançamento: 19 de janeiro de 2018 (2018-01-19)
  2. "Stop Me from Falling"
    Lançamento: 9 de março de 2018 (2018-03-09)
  3. "Golden"
    Lançamento: 29 de maio de 2018 (2018-05-29)
  4. "A Lifetime to Repair"
    Lançamento: 4 de agosto de 2018 (2018-08-04)
  5. "Music's Too Sad Without You"
    Lançamento: 13 de outubro de 2018 (2018-10-13)
  6. "Sincerely Yours"
    Lançamento: 9 de novembro de 2018 (2018-11-09)

Golden é décimo quarto álbum de estúdio da artista musical australiana Kylie Minogue. Foi lançado em 6 de abril de 2018, através da BMG Rights Management.[2] "Dancing" serviu como primeiro single do disco em 19 de janeiro de 2018.[3]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

O décimo segundo álbum de estúdio de Minogue, Kiss Me Once, foi lançado em março de 2014 sob críticas mistas.[4][5] O disco debutou no topo da ARIA Charts e em junho de 2014 registrava 215 mil cópias vendidas mundialmente.[6][7] Antes de o lançar, a artista demitiu com o seu gestor Terry Blamey,[8] assinando um contrato de gerenciamento com a empresa americana Roc Nation, dirigida pelo rapper Jay-Z, em fevereiro de 2013.[9] Em relação a sua gravadora, a cantora rompeu ligações em março de 2015, devido a recepção do disco citado; entretanto, Minogue disse que a equipe da mesma remete a "família".[10] Após isto, a cantora lançou um álbum natalino em novembro de 2015, intitulado Kylie Christmas, que incluia regravações de outras canções populares de natal e material novo. A Idolator citou este lançamento, após o seu anúncio, como um "segmento dos passos festivos de Mariah Carey".[11] O desempenho deste foi fraco, entrando na sétima posição da parada australiana e na 12ª da UK Albums Chart, compliada para o Reino Unido.[12][13] Teve um relançamento em novembro do outro ano, que adicionou participações com outros cantores, incluindo Mika.[14]

“É legal parecer um retorno ao passado, mas também tem que soar moderno, para que a carreira de Kylie evolua. Ela fala sobre esperar alguém falar como ela se sente, e estar tipo: ‘Vamos, vamos sair e parar de enrolar. O que você está esperando?’. Ela deve ter escolhido essa música depois do término, porque ela quer que as pessoas sejam honestas com ela.”

— O disc jockey (DJ) Sigala sobre as faixas que fez com Minogue para o disco.[15]

Além de seus empreendimentos musicais, Minogue também estrelou um pequeno papel no filme San Andreas, o qual foi criticado pelo próprio protagonista Dwayne Johnson em relação a personagem encenada pela artista morrer no meio da metragem,[16] e na série Galavant como a "Rainha da Floresta Encantada", mais especificamente no episódio A New Season, AKA Suck It Cancellation Bear,[17] além de fazer vários singles para trilhas sonoras de filmes e musicais.[18][19] Seu último trabalho, antes do lançamento do disco, foi no filme de comédia Swinging Safari; o mesmo recebeu quatro estrelas por Luke Buckmaster, da The Guardian, que o descreveu como "uma jogada de sexo que simultaneamente celebra e denegre a cultura australiana".[20] Em abril de 2016, a cantora postou uma imagem no Instagram juntamente com Bonnie McKee, além de marcar nesta mesma postagem produtores de longa data como Daniel Davidson, Peter Wallevik e Cutfather.[21] Durante os bastidores de um show natalino, em dezembro de 2016, confirmou que estava planejando um álbum novo para 2017, e ainda pensando sobre uma nova turnê.[22] No começo de fevereiro deste ano citado, a cantora assinou contrato com a BMG Rights Management, o qual tem parceria com a Sony Music Entertainment, prometendo seu "coração e alma" sobre as faixas do álbum; a Billboard descreveu a parceria como o "começo de uma era nova para Kylie".[23] Neste ano, também, a cantora compartilhou várias fotos diversas de vários instrumentos enquanto enquanto em estúdio, incluindo banjo, violão, sintetizador e microfones.[24][25][26] Em dezembro de 2017, foi anunciado que o álbum já estava finalizado, com Minogue reunindo todas pessoas da equipe de sua gravadora em uma festa para ouvirem o CD e o seu futuro primeiro single; foi descrita pelos mesmos como "seu melhor desde 'All the Lovers'".[27] O nome do álbum foi anunciado pela artista no Twitter em 10 de janeiro de 2018,[28] logo após um pôster com uma foto sua em seu calendário de 2017 ser divulgada em Paris.[29]

Composição[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2017, uma fonte comentou ao jornal The Sun que o álbum teria como temas líricos relações sobre a separação da cantora com o ator Joshua Sasse, e também sobre os direitos LGBT;[15] o disc jockey (DJ) Sigala comentou nesta matéria que a música que ele fez com a artista com a previsão de ser tornar o primeiro single do disco é inspirada nos anos 90, em especial em "Spinning Around", primeiro single do álbum Light Years (2000), também de Minogue.[15] Ela ainda disse, em outra entrevista para o Official Charts Company, que estava compondo canções com o trio The Invisible Men para o CD, afirmando: "É realmente bizarro para mim [estar na discografia de Kylie]! Ela era e ainda é um dos maiores nomes do pop. Ainda não a conheci, mas espero que possamos quando terminarmos a música".[30]

Um mês depois, em julho de 2017, foi lançado boatos de que a cantora poderia estar fazendo um álbum com influência do gênero country, logo após postar fotos com os compositores Lindsay Rimes e Phil Barton, que já fizeram canções para Lee Bice e Thomas Rhett, seguindo a mesma linha de artistas como Lady Gaga — que lançou o Joanne (2016), um álbum especialmente derivado do gênero — e Miley Cyrus.[31][32] Ela comentou sobre estar escrevendo novas músicas em vários locais, em uma entrevista de outubro de 2017, dizendo que "Eu fiz muito trabalho para o álbum antes disso, mas Nashville teve um efeito profundo sobre mim".[33] Pouco depois, no réveillon do mesmo ano, a cantora confirmou que seu álbum teria uma fusão "country-dance" em uma matéria do The Guardian do que aconteceria de importante na música e cinema em 2018, e que seria "como se Dolly Parton estivesse em uma pista de dança".[1] Além disso, deu exemplos de singles para se ter base da sonoridade explorada no álbum; alguns deles eram músicas bem sucedidas como "Man! I Feel Like a Woman", de Shania Twain, "Wake Me Up", do disc jockey (DJ) Avicii e "Don't Tell Me" de Madonna.[1] É também o primeiro álbum da cantora a ter a maioria das faixas escritas pela mesma, sendo seu primeiro álbum desde Impossible Princess (1997) que a cantora trabalhou no processo criativo.[34] Ela descreveu o processo de composição em Nashville como uma "terapia".[35] Além disso, afirmou que seu novo álbum serviu como "uma libertação do seu desespero", comentando:[35]

"Fazer esse álbum era uma espécie de salvação. O final de 2016 não foi um bom momento para mim. Então, quando comecei a trabalhar no álbum em 2017, foi, de muitas maneiras, uma ótima fuga".

Promoção[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de fevereiro de 2018, Minogue foi entrevistada por Graham Norton na BBC Radio 2, onde ela discutiu o processo de criação do álbum.[36] No mesmo dia foi ao ar uma performance de seus sucessos e do novo single "Dancing" no Saturday Night Takeaway.[37]

Turnê[editar | editar código-fonte]

Minogue irá realizar uma turnê promocional em março de 2018 na Europa, intitulada Kylie Presents: Golden. As cidades que Kylie passará são Londres, Manchester, Barcelona, Paris e Berlim.[38] Em setembro, começará a turnê oficial de divulgação do álbum, intitulada Golden Tour.[39]

Singles[editar | editar código-fonte]

"Dancing" foi a primeira canção de Golden divulgada como single. O seu lançamento ocorreu oficialmente em 19 de janeiro de 2018,[40] tendo sido antecipado devido à divulgação ilegal da faixa na Internet, que aconteceu cinco dias antes.[41] Tem sido elogiada por críticos, que chamaram a faixa como "nova e fresca" para a artista,[42] bem como disseram que seu refrão é "instantaneamente humilde".[43]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

O alinhamento de faixas de Golden foi divulgado por Minogue em 16 de janeiro de 2018 através de suas redes sociais.[44] Dois dias depois, foi revelada pela loja australiana Sanity e pelo iTunes da Austrália mais quatro faixas da edição deluxe do disco.[45][46]

Edição padrão[47]
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Dancing"  Kylie Minogue, Steve McEwan, Nathan ChapmanSky Adams 2:59
2. "Stop Me from Falling"  Minogue, Adams, McEwan, Danny ShahAdams 3:01
3. "Golden"  Minogue, Lindsay Rimes, Liz Rose, McEwanRimes 3:07
4. "A Lifetime to Repair"  Minogue, Adams, ShahAdams 3:19
5. "Sincerely Yours"  Minogue, Jesse Frasure, Amy WadgeFrasure 3:28
6. "One Last Kiss"  Minogue, Ash Howes, Richard "Biff" StannardHowes, Stannard 3:41
7. "Live a Little"  Minogue, Adams, ShahAdams 3:07
8. "Shelby 68"  Minogue, Howes, StannardHowes, Stannard 3:35
9. "Radio On"  Minogue, Wadge, Jon GreenGreen 3:42
10. "Love"  Minogue, Cutfather, Daniel Davidsen, Peter Wallevik, Wayne Hector, Autumn RoweAdams 2:52
11. "Raining Glitter"  Minogue, Alex Smith, Mark Taylor, Eg WhiteMinogue, Smith, Taylor, White 3:33
12. "Music's Too Sad Without You" (com Jack Savoretti)Minogue, Savoretti, Samuel DixonSamuel Dixon 4:09

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2018) Melhor
posição
 Alemanha (Media Control Charts)[48] 3
 Austrália (ARIA Charts)[49] 1
 Áustria (Ö3 Austria)[50] 5
 Bélgica (Ultratop 50 de Flandres)[51] 4
 Bélgica (Ultratop 40 da Valônia)[52] 12
 Canadá (Billboard)[53] 33
Escócia (The Official Charts Company)[54] 1
 Eslováquia (ČNS IFPI)[55] 63
Flag of Spain.svg Espanha (PROMUSICAE)[56] 8
 Estados Unidos (Billboard 200)[57] 64
 Estados Unidos (Billboard Independent Albums)[58] 4
 Finlândia (Suomen virallinen lista)[59] 47
 França (Syndicat National de l'Édition Phonographique)[60] 8
 Hungria (MAHASZ)[61] 10
 Irlanda (IRMA)[62] 2
 Irlanda (IRMA Independent Albums Chart)[62] 1
 Itália (Federazione Industria Musicale Italiana)[63] 14
 Japão (Oricon)[64] 64
 Japão Hot Albums (Billboard)[65] 49
 Japão Independent Albums Chart (Oricon)[66] 10
 Nova Zelândia (Recording Industry Association of New Zealand)[67] 16
 Países Baixos (MegaCharts)[68] 18
 Polónia (ZPAV)[69] 23
 Reino Unido (UK Albums Chart)[70] 1
 Reino Unido (UK Independent Albums Chart)[71] 1
 República Checa (ČNS IFPI)[72] 6
 Suécia (Sverigetopplistan)[73] 38
Suíça (Schweizer Hitparade)[74] 4

Certificações[editar | editar código-fonte]

País (Empresa) Certificação
 Reino Unido (BPI) Ouro[75]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadora
 Austrália[46][45] 6 de abril de 2018 CD, download digital Darenote, BMG
 Reino Unido[76][77]
 Brasil[78] 18 de abril de 2018 CD Warner Music Group
 México[79] 20 de abril de 2018

Referências

  1. a b c Robinson, Peter (30 de dezembro de 2017). «The A-Z of 2018: from A-listers on the small screen to Zayn Malik's solo career». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  2. «Golden». Sanity (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2018 
  3. «Kylie Minogue to release new single Dancing this Friday». Official Charts UK (em inglês). 15 de janeiro de 2018. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  4. «iTunes - Music - Kiss Me Once by Kylie Minogue» (em inglês). iTunes Store. Apple Inc. 14 de março de 2014. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  5. «Reviews for Kiss Me Once by Kylie Minogue» (em inglês). Metacritic. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  6. «Kylie Minogue - Kiss Me Once (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  7. «Kylie Minogue To Leave Label Following Album Flop?» (em inglês). Popdust. 2 de junho de 2014. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  8. «Kylie Minogue denies plan to quit music» (em inglês). Digital Spy. 13 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  9. O'Mance, Brad-US (6 de fevereiro de 2013). «Kylie (Minogue) has signed a deal with Roc Nation» (em inglês). Popjustice. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  10. «Kylie Minogue reveals how Michael Hutchence became her archangel» (em inglês). Herald Sun. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  11. «REPORT: Kylie Minogue Is Working On A Disco-Influenced Christmas Album» (em inglês). Idolator. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  12. «Kylie Minogue - Kylie Christmas (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  13. «Kylie Minogue - Kylie Christmas (UK Albums Chart)» (em inglês). UK Albums Chart. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  14. «Kylie Minogue divulga tracklist do álbum natalino, "Kylie Christmas: Snow Queen Edition"». Vagalume. 27 de outubro de 2016. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  15. a b c Dan Wootton (2 de junho de 2017). «Kylie Minogue lays into 'cheating' ex Joshua Sasse with her comeback album after heartbreaking split» (em inglês). The Sun. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  16. «SPOILER ALERT: 'I told the director not to kill her!' Dwayne 'The Rock' Johnson reveals Kylie Minogue gets unhappy ending in San Andreas, but he wanted to save her» (em inglês). Daily Mail Online. 28 de maio de 2015. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  17. Clarisse Loughrey (4 de janeiro de 2016). «Galavant officially gives episode 'Suck It Cancellation' title following poor ratings» (em inglês). The Independent. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  18. «Absolutely Anything and Anything At All (From "Absolutely Anything") - Single by Kylie Minogue on Apple Music» (em inglês). iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  19. «Absolutely Fabulous (Original Motion Picture Soundtrack)» (em inglês). iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  20. Buckmaster, Luke (12 de dezembro de 2017). «Swinging Safari review – Kylie Minogue and Guy Pearce in outrageous ode to 70s Australia». The Guardian (em inglês) 
  21. «Kylie Minogue Was In The Studio With Bonnie McKee & Cutfather Over The Weekend» (em inglês). Idolator. 11 de abril de 2016. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  22. «Christmas cheer! Kylie Minogue hints at new album and tour in 2017, after performing her festive concert in London» (em inglês). Daily Mail Online. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  23. «Kylie Minogue Signs With BMG, Promises Her 'Heart and Soul' in New Album» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. 2 de fevereiro de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  24. «These guys» (em inglês). Instagram. 14 de julho de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  25. «Happy weekend» (em inglês). Instagram. 16 de julho de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  26. «Another day at the office» (em inglês). Instagram. 28 de abril de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  27. «Novo álbum de Kylie Minogue está finalizado! - Original Tune». Original Tune. 13 de dezembro de 2017 
  28. «Kylie Minogue Announces Title Of New Album». LOGO News. 10 de janeiro de 2018. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  29. Feed, Musique (10 de janeiro de 2018). «Kylie Minogue: reveals the title of her new album, "Golden"». @musiquefeed (em inglês). Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  30. Rob Copsey (9 de junho de 2017). «Sigala on teaming up with Ella Eyre on new single Came Here For Love, working with Kylie and more: Interview» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  31. Mike Wass (20 de julho de 2017). «Will Kylie Minogue's New Album Have A Little Country Flavor?». Hive Media Group. Idolator. Consultado em 15 de janeiro de 2018  templatestyles stripmarker character in |jornal= at position 1 (ajuda)
  32. Caian Nunes (20 de julho de 2017). «Depois de Lady Gaga e Miley Cyrus, Kylie Minogue também pode apostar no country». Portal POPLine. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  33. «Kylie Minogue Opens Up About Her New Album, Single Due In January». Idolator (em inglês). 16 de outubro de 2017. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  34. «Kylie Minogue - Kylie Minogue 98». Discogs (em inglês). Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  35. a b «Kylie Minogue: Songwriting is like therapy». The List (em inglês). 18 de janeiro de 2018. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  36. «With Kylie Minogue, Tom Burke and Sir Bob Geldof». Manchester Evening News. 18 de fevereiro 2018. Consultado em 18 de fevereiro 2018 
  37. «Kylie to step back in time and sing her greatest hits on Ant & Dec's Saturday Night Takeaway». 20 de fevereiro de 2018. Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  38. «Kylie Minogue announces intimate European tour – including UK shows». NME. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  39. «Kylie Minogue announces UK and Ireland Golden Tour». Dailymail. 23 de fevereiro de 2018. Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  40. Copsey, Rob (15 de janeiro de 2018). «Kylie Minogue to release new single Dancing this Friday». Official UK Charts Company (em inglês). Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  41. «Ouça o novo single de Kylie Minogue, 'Dancing' - Original Tune». Original Tune. 14 de janeiro de 2018. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  42. «Song Review: Kylie Minogue "Dancing" - EST. 1997». EST. 1997 (em inglês). 14 de janeiro de 2018. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  43. «Kylie Minogue Teases Country-Pop Hybrid "Dancing" (Out Friday)». Idolator (em inglês). 15 de janeiro de 2018. Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  44. Wass, Mike (16 de janeiro de 2018). «Kylie Minogue Reveals The Tracklist Of 14th LP 'Golden'». Idolator (em inglês). Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  45. a b «Golden: Deluxe». Sanity (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2018 
  46. a b c Golden (Deluxe Edition) by Kylie Minogue on Apple Music (em inglês), 6 de abril de 2018, consultado em 18 de janeiro de 2018 
  47. Golden by Kylie Minogue on Apple Music (em inglês), 6 de abril de 2018, consultado em 18 de janeiro de 2018 
  48. «Kylie Minogue – Golden (Media Control Charts)» (em inglês). Media Control Charts. Consultado em 14 de abril de 2018 
  49. «Kylie Minogue – Golden (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 14 de abril de 2018 
  50. «Kylie Minogue – Golden (Ö3 Austria)» (em alemão). Ö3 Austria. Consultado em 18 de abril de 2018 
  51. «Kylie Minogue – Golden (Ultratop 50)» (em inglês). Ultratop 50. Consultado em 14 de abril de 2018 
  52. «Kylie Minogue – Golden (Ultratop 40)» (em inglês). Ultratop 40. Consultado em 14 de abril de 2018 
  53. «Kylie Minogue – Golden (Billboard (em inglês). Billboard. Consultado em 17 de abril de 2018 
  54. «Kylie Minogue – Golden (The Official Charts Company)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 14 de abril de 2018 
  55. «Kylie Minogue – Golden (ČNS IFPI)». ČNS IFPI. Consultado em 3 de maio de 2018 
  56. «Kylie Minogue – Golden (PROMUSICAE)» (em espanhol). PROMUSICAE. Consultado em 18 de abril de 2018 
  57. «Kylie Minogue – Golden (Billboard (em inglês). Billboard. Consultado em 17 de abril de 2018 
  58. «Kylie Minogue – Golden (Billboard (em inglês). Billboard. Consultado em 17 de abril de 2018 
  59. «Kylie Minogue – Golden (Suomen virallinen lista)» (em finlandês). Suomen virallinen lista. Consultado em 17 de abril de 2018 
  60. «Kylie Minogue – Golden (SNEP)» (em francês). SNEP. Consultado em 25 de abril de 2018 
  61. «Kylie Minogue – Golden (MAHASZ)» (em húngaro). MAHASZ. Consultado em 20 de abril de 2018 
  62. a b «Kylie Minogue – Golden (Irish Recorded Music Association)» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 14 de abril de 2018 
  63. «Kylie Minogue – Golden (Federazione Industria Musicale Italiana)» (em inglês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 14 de abril de 2018 
  64. «Kylie Minogue – Golden (Oricon)» (em inglês). Oricon. Consultado em 11 de abril de 2018 
  65. «Kylie Minogue – Golden (Billboard (em inglês). Billboard. Consultado em 16 de abril de 2018 
  66. «Kylie Minogue – Golden (Oricon)» (em inglês). Oricon. Consultado em 11 de abril de 2018 
  67. «Kylie Minogue – Golden (Recording Industry Association of New Zealand)» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 14 de abril de 2018 
  68. «Kylie Minogue – Golden (MegaCharts)» (em inglês). MegaCharts. Consultado em 14 de abril de 2018 
  69. «Kylie Minogue – Golden (ZPAV)» (em inglês). ZPAV. Consultado em 19 de abril de 2018 
  70. «Kylie Minogue – Golden (UK Albums Chart)» (em inglês). UK Albums Chart. Consultado em 14 de abril de 2018 
  71. «Kylie Minogue – Golden (UK Independent Albums Chart)» (em inglês). UK Independent Albums Chart. Consultado em 14 de abril de 2018 
  72. «Kylie Minogue – Golden (ČNS IFPI)». ČNS IFPI. Consultado em 17 de abril de 2018 
  73. «Kylie Minogue – Golden (Sverigetopplistan)» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 14 de abril de 2018 
  74. «Kylie Minogue – Golden (Schweizer Hitparade)». Schweizer Hitparade. Consultado em 18 de abril de 2018 
  75. «Certified Awards». BPI. Consultado em 24 de abril de 2018 
  76. «Golden (Deluxe Edition) by Kylie Minogue: Amazon.co.uk: Music». Amazon.co.uk. Consultado em 14 de abril de 2018 
  77. «Golden (Deluxe Edition) by Kylie Minogue: Amazon.co.uk: Music». Amazon.co.uk. Consultado em 14 de abril de 2018 
  78. «Kylie Minogue - Golden - Digipack». Saraiva. Consultado em 14 de abril de 2018 
  79. «GOLDEN - KYLIE MINOGUE». Mixup Music Store. Consultado em 14 de abril de 2018