Grace Lee Boggs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grace Lee Boggs
Boggs em sua casa em Detroit em 2012
Nome completo Grace Chin Lee
Nascimento 27 de junho de 1915
Providence,  Estados Unidos
Morte 5 de outubro de 2015 (100 anos)
Detroit
Nacionalidade norte-americano(a)
Etnia Afro-americano
Progenitores Mãe: Yin Lan Lee (1890-1978)
Pai: Chin Lee (1870-1965)
Cônjuge James Boggs (1953–1993, até sua morte)
Ocupação escritora, filósofa, ativista

Grace Lee Boggs (Providence, 27 de junho de 1915 - Detroit, 5 de outubro de 2015) foi uma escritora, ativista, filósofa e feminista norte-americana. Era conhecida por sua colaboração política com Cyril Lionel Robert James e Raya Dunayevskaya durante as décadas de 1940 e 1950.[1][2]

Na década de 1960 tomou seu próprio caminho político juntamente com seu marido James Boggs. Ajudou a organizar a marcha de 1963 com Martin Luther King Jr. em Detroit.[3] Em 1998, ela escreveu quatro livros, incluindo uma autobiografia. Em 2011, aos 95 anos, escreveu um quinto livro, The Next American Revolution: Sustainable Activism for the Twenty-First Century, com Scott Kurashige e foi publicado pela University of California Press.

Boggs morreu de causas naturais durante o sono, em sua casa em Detroit.[4]

Referências

  1. «Ativista de direitos civis Grace Boggs morre nos EUA aos 100 anos». G1. Consultado em 12 de novembro de 2016 
  2. «Ativista de direitos civis Grace Boggs morre nos EUA aos 100 anos». UOL. Consultado em 12 de novembro de 2016 
  3. «Ativista que participou de marcha com Martin Luther King morre aos 100 anos». O Dia. Consultado em 12 de novembro de 2016 
  4. «Civil rights activist Grace Lee Boggs dies at 100». CNN. Consultado em 12 de novembro de 2016