Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira é entregue anualmente desde 2000, quando a cerimônia de premiação foi instituída. O prêmio é entregue para os artistas — solo, duplas ou performances em grupo. Com quatro prêmios, Caetano Veloso é o maior vencedor da categoria, também Maria Rita com três prêmios conquistados.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Artista Obra Indicados Referência
2016 Elza Soares A Mulher do Fim do Mundo [1][2]
2015 Ivan Lins América, Brasil [3]
2014 Marisa Monte Verdade, Uma Ilusão
2013 Maria Rita Redescobrir - Ao Vivo
  • Gilberto Gil - Concerto de Cordas & Máquinas de Ritmo
  • Edu Lobo - Edu Lobo & Metropole Orkest
  • Vários Artistas - Herivelto Martins - 100 Anos
  • Jorge Vercillo - Luar De Sol - Ao Vivo No Ceará
2012 Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo Ivete, Gil e Caetano
2011 Djavan Ária
2010 Gilberto Gil Banda Dois
2009 Ivan Lins e The Metropole Orchestra Regência: Vince Mendoza
2008 Seu Jorge América Brasil: O Disco
2007 Leny Andrade e César Camargo Mariano Ao Vivo
2006 Maria Rita Segundo
2005 Ivan Lins Cantando Histórias
2004 Maria Rita Maria Rita
2003 Caetano Veloso e Jorge Mautner Eu Não Peço Desculpa
2002 Chico Buarque e Edu Lobo Cambaio
2001 Caetano Veloso Noites do Norte
2000 Caetano Veloso Livro
  1. «Djavan encabeça lista do Grammy Latino com quatro indicações». O Globo. 21 de setembro de 2016. Consultado em 21 de setembro de 2016. 
  2. «Scalene, Paula Fernandes, Djavan, Elza Soares, Martinho da Vila e mais brasileiros ganham Grammy Latino de 2016». Gshow. G1. 17 de novembro de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2016. 
  3. «Brasileiros indicados na categoria artista revelação do Grammy Latino». www.em.com.br. 23 de setembro de 2015. Consultado em 23 de setembro de 2015.