Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

É a décima primeira edição do Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, organizado pela Academia Brasileira de Cinema, homenageando os melhores filmes em diversas categorias. A edição ocorreu no dia 15 de outubro de 2012 sediada no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

O cineasta brasileiro Carlos Diegues foi o homenageado da edição. [1]

O filme O Palhaço ganhou o maior número de prêmios do evento com 12 dos 14 que disputou, além dele, Bruna Surfistinha também foi destacado vencendo 3 dos 10 prêmios que disputou.

Indicações e Vencedores[2][editar | editar código-fonte]

Os vencedores estão escritos em negritos.

Melhor Longa-Metragem de Ficção[editar | editar código-fonte]

  • Bróder, de Jefferson De. Produção: Paulo Boccato e Mayra Lucas. (Glaz Entretimento Ltda.)
  • Bruna Surfistinha, de Marcus Baldini. Produção: Roberto Berliner e Rodrigo Letier. (TvZero)


Melhor Direção[editar | editar código-fonte]

Melhor Atriz[editar | editar código-fonte]

Melhor Ator[editar | editar código-fonte]

Melhor Atriz Coadjuvante[editar | editar código-fonte]

Melhor Ator Coadjuvante[editar | editar código-fonte]

Melhor Direção de Fotografia[editar | editar código-fonte]

  • Lope - Ricardo Della Rosa

Melhor Direção de Arte[editar | editar código-fonte]

  • Lope - Carlos Bodelón, César Macarrón e Lilly Kilvert

Melhor Figurino[editar | editar código-fonte]

  • Lope - Tatiana Hernandéz

Melhor Maquiagem[editar | editar código-fonte]

  • O Palhaço - Marlene Moura e Rubens Libório - Vencedores

Melhor Efeito Visual[editar | editar código-fonte]

  • Lope - Cláudio Peralta e Marcelo Siqueira

Melhor Roteiro Original[editar | editar código-fonte]

Melhor Roteiro Adaptado[editar | editar código-fonte]

Melhor Montagem de Ficção[editar | editar código-fonte]

  • Bróder - Jefferson De e Quito Ribeiro

Melhor Longa-Metragem Documentário[editar | editar código-fonte]

  • Diário de uma Busca, de Flávia Castro. Produção: Flávio Ramos Tambellini, Estelle Fialon e Flávia Castro.

Melhor Longa Infantil[editar | editar código-fonte]

  • Palavra Cantada 3D, de Carlos Garcia Guimarães e Marcelo Siqueira. Produção: Jerome Merle, Marcelo Siqueira, Patrick Siaretta, Paulo Tatit e Sandra Peres.


Melhor Montagem Documentário[editar | editar código-fonte]

  • Mamonas para sempre - Anna Penteado, Bruna Callegari, Diana Zatz, Felipe Igarashi e Rafael Buosi

Melhor Som[editar | editar código-fonte]

  • O Homem do Futuro - Jorge Saldanha, Miriam Biderman, Ricardo Reis e Rodrigo Noronha - Vencedores
  • O Palhaço - George Saldanha, Luiz Adelmo e Paulo Gama
  • VIPs - Alessandro Laroca, Armando Torres Jr. e Romeu Quinto

Melhor Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Melhor Trilha Sonora Original[editar | editar código-fonte]

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro[editar | editar código-fonte]

Voto Popular - Vencedores[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. http://academiabrasileiradecinema.com.br/gp2012/br/homenageado
  2. [hhttp://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1169609-com-12-trofeus-o-palhaco-e-campeao-do-grande-premio-do-cinema-brasileiro.shtml «Com 12 troféus, "O Palhaço" é campeão do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro»]. Folha de S.Paulo.com. 16 de outubro de 2012. Consultado em 16 de outubro de 2012