Bróder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bróder
Pôster promocional
 Brasil
2010 •  cor •  93 min 
Direção Jefferson De
Produção Paulo Boccato
Mayra Lucas
Renata Moura
Roteiro Jeferson De
Newton Cannito
Elenco Caio Blat
Jonathan Haagensen
Sílvio Guindane
Cássia Kiss
Ailton Graça
Género drama
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Bróder é um filme brasileiro de 2009, lançado em 2010, do gênero drama, dirigido por Jefferson De.

A direção de fotografia é de Gustavo Hadba, a direção de arte de Alessandra Maestro, o figurino de David Parizotti, a montagem de Quito Ribeiro e o som de João Godoy.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Focada na amizade, a história, passada em 24 horas, traça o reencontro de três amigos que dividiram a infância no Capão Redondo: Jaiminho, um jogador de futebol em ascensão no exterior; Pibe, um sacrificado corretor de imóveis e Macu, o jovem protagonista que se mantém no bairro, flertando com a criminalidade. Desde que nasceu, Macú vive na periferia de São Paulo. No seu aniversário, ele reencontra seus dois grandes amigos de infância. Eles vieram para a festa de Macú, que poderá ser ainda maior se Jaiminho for convocado para defender o Brasil na Copa do Mundo. Os dois amigos tentarão ajudar Macú a resolver seus problemas com a criminalidade local, enquanto se conscientizam que, embora separados pela vida, algo muito maior os une.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde janeiro de 2012).
  • o filme era gravado durante os ataques do PCC e a chacina no final de 2005 a 2006, deixando 80 mortos e mais de 90 feridos em São Paulo, mas o filme foi definido em 2009.
    • Durante as filmagens, o ator Caio Blat mudou-se para Capão Redondo, uma das zonas mais violentas da periferia da cidade, que foi escolhida como locação.
  • A longa metragem contou com os cineastas Cacá Diegues e Daniel Filho como produtores associados.
  • o filme foi filmado em 2009.
  • Seu orçamento gira em torno dos 3 milhões de reais.[1]
  • Em sua première mundial, representou o Brasil na Panorama, uma das mais prestigiadas mostras competitivas do Festival de Berlim.[1]
  • Marca a estréia de Jeferson De como diretor de longa metragem.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Festival de Gramado

  • Ganhou cinco kikitos, nas categorias de Melhor Ator (Caio Blat), Melhor Filme Longa Metragem, Melhor Diretor (Jeferson De), Melhor Trilha Musical e Melhor Montagem.

Festival de Paulínia

  • Ganhou quatro prêmios, nas categorias de Prêmio da Crítica de Melhor Filme, Melhor Som, Melhor Direção de Arte e Melhor Fotografia.


Referências

  1. a b Agencia Estado (17 de fevereiro de 2010). «Filme 'Bróder' leva Capão Redondo ao Festival de Berlim». estadao.com.br. Consultado em 3 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]