Sargento Getúlio (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sargento Getúlio
Cartaz do filme
 Brasil
1983 •  cor •  85 min 
Direção Hermano Penna
Roteiro Hermano Penna / Flávio Porto / João Ubaldo Ribeiro
Elenco Lima Duarte
Orlando Vieira
Fernando Bezerra
Flávio Porto
Género drama
Idioma português

Sargento Getúlio é um filme brasileiro de 1983, do gênero drama, dirigido por Hermano Penna.

O roteiro é baseado no livro homônimo de João Ubaldo Ribeiro e foi escrito pelo próprio Hermano Penna, por Flávio Porto e pelo autor João Ubaldo Ribeiro.[carece de fontes?]

Em novembro de 2015 o filme entrou na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme conta a história de Getúlio, um rude sargento que tem a missão de levar um prisioneiro, que é inimigo político de seu chefe de Paulo Afonso a Aracaju. No meio do caminho, em virtude de uma mudança no panorama político, o sargento recebe a ordem para soltar o prisioneiro, mas devido a seu temperamento avesso às mudanças, ele decide terminar a missão que lhe foi confiada, mesmo que tenha de matar para completá-la.

Elenco[2][editar | editar código-fonte]

  • Lima Duarte .... Getúlio
  • Orlando Vieira .... Amaro
  • Fernando Bezerra.... Prisioneiro
  • Flávio Porto.... Padre
  • Antônio Leite.... Tenente
  • Ignês Maciel Santos... Luzinete
  • Amaral Cavalcanti... Elevaldo
  • Otávio Sales Fillho... Nestor
  • Marieta Fontes... Ozonira
  • Márcia de Lima... Filha de Nestor
  • Etel Muniz... Emissário
  • Carlos Rocha... Emissário

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi rodado em 1978 em 16 mm, e só em 1982 o diretor conseguiu apoio da Embrafilme para ampliá-lo para 35 mm e melhorar seu acabamento. O orçamento foi de 85 mil dólares.[carece de fontes?]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Gramado 1983

  • Recebeu os prêmios de melhor ator (Lima Duarte), melhor ator coadjuvante (Orlando Vieira), melhor som direto, melhor filme, Grande Prêmio da Crítica, Grande Prêmio da Imprensa e o Prêmio do Júri Oficial.

Festival de Havana 1983 (Cuba)

  • Venceu na categoria de melhor ator (Lima Duarte).

Festival de Moscou 1983 (Rússia)

  • Indicado na categoria de melhor filme.

Troféu APCA 1984

  • Venceu nas categorias de melhor filme e melhor ator (Lima Duarte)[carece de fontes?]


Referências

  1. André Dib (27 de novembro de 2015). «Abraccine organiza ranking dos 100 melhores filmes brasileiros». Abraccine. abraccine.org. Consultado em 26 de outubro de 2016. 
  2. Ruffinelli, Jorge. (em castelhano) América Latina en 130 películas: 58 - Sargento Getúlio ". Santiago: UQBAR, 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]