Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Jack the Writer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Jack the Writer"
4.º episódio da 1.ª temporada de 30 Rock
Liz falando com Jack ao lado dos executivos da rede.
Informação geral
Direção Gail Mancuso
Escrito por Robert Carlock
Código de produção 104
Transmissão original 1 de Novembro de 2006
Convidados
Episódios da 1.ª temporada
Cronologia
"Blind Date"
"Jack-Tor"
Lista de episódios
30 Rock (1.ª temporada)

Jack the Writer é o quarto episódio da primeira temporada da série de televisão de comédia 30 Rock. Foi ao ar em 1 de Novembro de 2006 na National Broadcasting Company (NBC) nos Estados Unidos, e em 1 de Novembro de 2007 no Reino Unido.[1] O episódio foi escrito por Robert Carlock e foi dirigido por Gail Mancuso.[2] Estrelas convidadas neste episódio incluem Katrina Bowden, Keith Powell, Maulik Pancholy, Tom Broecker, John Lutz, James Anderson e Sharon Wilkins.

O episódio centra-se na relação entre Liz Lemon (Tina Fey), a escritora chefe do TGS with Tracy Jordan e Jack Donaghy (Alec Baldwin), seu chefe, e também nas distrações que os escritores do TGS enfrentam ao escrever esboços. Isso se torna evidente quando a assistente de Liz, Cerie Xerox (Bowden), usa roupas sexualmente reveladoras, e quando Jack decide juntar-se aos escritores para observar-lhes. Kenneth Parcell (Jack McBrayer) descobre que trabalhar para Tracy Jordan (Tracy Morgan), a principal estrela do TGS, é mais pesado do que ele esperava.

Produção e referências culturais[editar | editar código-fonte]

Aaron Sorkin (imagem) e Tina Fey tiveram uma "disputa" devido aos seus programas.

Duas séries que estrearam na programação da NBC de 2006-07, 30 Rock e Studio 60 on the Sunset Strip, giravam em torno dos acontecimentos nos bastidores de uma série de comédia. Semelhanças entre as duas levou à especulação de que apenas uma delas teria uma temporada completa de 22 episódios. Provas do assunto entre os shows, bem como o conflito entre eles, surgiram quando Aaron Sorkin, o criador de Studio 60 on the Sunset Strip, pediu a Lorne Michaels que lhe permitisse observar o programa Saturday Night Live por uma semana, um pedido negado por Michaels.[3] Apesar disso, Sorkin enviou flores a Fey após a NBC anunciar que iria exibir ambas as séries, e desejou-lhe boa sorte com 30 Rock.[4]

Fey e 30 Rock acabariam "ganhando" de Sorkin quando Studio 60 foi cancelado após uma temporada e 30 Rock renovado para uma segunda, apesar das audiências da primeira temporada de 30 Rock serem inferiores, uma vez que a produção dos episódios de Studio 60 era mais cara.[5][6][7] Pelo menos cinco episódios de 30 Rock brevemente parodiaram Studio 60. "Jack the Writer" contém uma auto-referência de uma sequência de andar e falar - tais sequências eram usadas em Studio 60 e eram recorrentes em outras séries de Sorkin.[8][9][10]

Star Wars é frequentemente referenciada em 30 Rock, começando com o episódio piloto, onde Tracy Jordan é visto gritando que "é um Jedi".[11] Liz Lemon admite ser uma grande fã de Star Wars, dizendo que ela já tinha assistido os filmes muitas vezes com Pete Hornberger (Scott Adsit), além de ter se vestido como a personagem Princesa Leia por vários Halloweens.[12][13] Fey, uma fã de Star Wars, disse que as piadas e referências à Star Wars "começaram a acontecer organicamente", quando a equipa percebeu que tinham uma referência de Star Wars em quase todos episódios. Fey disse que a partir de então "se tornou uma coisa que [eles] tentaram manter no programa", e que mesmo que eles não pudessem incluir uma em cada episódio, ainda tinham uma "média muito alta de piadas". Fey atribuíu a maioria das referências ao produtor executivo e escritor Robert Carlock, a quem descreveu como "o especialista residente".[14] Neste episódio, Liz repetidamente usa analogias de Star Wars para descrever a situação dela com Jack, quando ela percebe que "precisa de novos DVDs".[9]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Os funcionários estão se preparando para escrever esboços para o TGS with Tracy Jordan quando Jack chega e anuncia que ele passou por um programa na General Electric (GE) chamado Six Sigma, que incentiva os chefes a interagirem com seus funcionários. Ele diz a Liz e aos escritores que ele vai estar sentado na sala dos escritores todos os dias como um observador. Enquanto os dias passam, Jack começa a interferir com o trabalho dos escritores e, em vez de ser apenas um observador, ele regularmente dá ideias para os escritores escreverem os programas. Isto provoca uma grande frustração para a equipa, então Liz diz a Jack que eles não gostam de seu envolvimento. Jack diz que embora ele gostava de se juntar aos escritores todos os dias, ele diz a Liz que ele aceita a sua decisão.[9]

Em seguida, o secretário de Jack, Jonathan (Maulik Pancholy), diz a Liz que Jack quer um pedido de desculpas, mas ela tem que fingir que a ideia era dela. Liz vai ao escritório de Jack e pede desculpas, e ambos perdoam-se. Enquanto o pessoal come o seu almoço, Jack apresenta os seus dois convidados ao pessoal. Os escritores dizem a Liz que gostariam de ir comer fora, no tecto que é usado para o The Today Show, e Liz diz a eles que ela pode fazer isso acontecer agora que ela e Jack são amigos. Liz pede a Jack, mas ele nega o pedido. Ele diz a ela que os seus dois convidados foram seus chefes da GE, e depois critica Liz e a sua equipa. Ele se desculpa com Liz, mas ela diz que a amizade deles acabou. Tendo resolvido a situação com Jack, Liz tenta falar com a sua assistente sobre o seu vestuário que distrai a escritores. Liz tenta convencê-la a vestir algo conservador, mas Cerie diz a Liz que ela ficaria óptima em algo sexy, e mais tarde, Liz é vista andando pelo corredor com um vestido onde estão escritas as palavras "Dirty Diva" (em português: "Diva Safada" ).[9]

Kenneth, que agora está trabalhando para Tracy, aprende que trabalhar para ele é mais do que ele esperava. Tracy ordena Kenneth a completar várias tarefas, incluindo ir ao Estádio Yankee para comprara nachos, e pegar um pacote importante nos correios, que acaba por ser um peixe ilegal que Tracy quer colocar em seu aquário. Tracy, então, diz a Kenneth para comprar algo para sua esposa, Angie Jordan (Sharon Wilkins), e levá-la a um restaurante chique, onde ele dá o presente do Tracy.[9]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

De acordo com as Nielsen Ratings, "Jack the Writer" foi assistido por cerca de 4.61 milhões de telespectadores americanos, se colocando em octagésimo primeiro lugar nas paradas semanais.[15] O episódio recebeu uma classificação de 1.7/5 na chave demográfica de adultos entre 18 a 49 anos de idade. O 1.7 refere-se a 1,7% de todas as pessoas de 18 a 49 anos de idade, e os 5 refere-se a 5% de todos as pessoas de 18 a 49 anos de idade assistindo televisão no momento da transmissão. No Reino Unido, o episódio atraiu 500 mil espectadores e uma quota de 4% da audiência no momento da transmissão.[16]

Robert Canning da IGN, enquanto sentia que o episódio foi "ainda uma divertida meia hora, não havia nada a ele que fosse incrivelmente memorável". Ele disse que "Tracy Jordan foi rapidamente se tornando um dos aspectos mais agradáveis ​​do show".[17] Matt Webb Mitovich da TV Guide sentiu que "este episódio ficou um pouco fraco para [ele]". Ele pensou que "o melhor momento nesta semana, de longe, tinha que ser o grande e gordo wink ao Studio 60 on the Sunset Strip de Aaron Sorkin (e West Wing e Sports Night...), onde Liz e Pete, ao aperceberem-se que tinham viajado em um pequeno círculo ao longo de uma troca de ideias, encolheu os ombros e disse: 'Nice walk-talk' (em português: 'Bom andar e falar' ), e então cruzei os punhos. agradável."[8]

Notas de rodapé

  1. Pickard, Anna (1 de Novembro de 2007). «Watch This». Media Guardian. Consultado em 9 de Agosto de 2008 
  2. «30 Rock: Episodes». Screenrush (AlloCiné). Consultado em 27 de Abril de 2010 
  3. Friend, Tad (24 de Abril de 2006). «Who's on First Dept: Shows about Shows». The New Yorker. Consultado em 1 de Agosto de 2008 
  4. McFarland, Melanie (22 de Julho de 2006). «Tina Fey's Weekend Update: Aaron Sorkin calls her out!». Seattle Post-Intelligencer. Consultado em 31 de Julho de 2008 
  5. «2006–07 primetime wrap». The Hollywood Reporter. 25 de Maio de 2007. Consultado em 14 de Outubro de 2007 
  6. Sassone, Bob (5 de Abril de 2007). «Here's why 30 Rock was renewed and Studio 60 won't be». TV Guide. TV Squad. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  7. Starr, Michael (1 de Maio de 2007). «Studio Sinks, Not 30 Rock». New York Post. Consultado em 4 de Agosto de 2008. Arquivado do original em 3 de Maio de 2007 
  8. a b Webb Mitovich, Matt (2 de Novembro de 2006). «November 1, 2006: "Nuts to You, McGullicuty!"». TV Guide. Consultado em 9 de Agosto de 2008. Arquivado do original em 3 de Novembro de 2008 
  9. a b c d e Escritor: Robert Carlock; Director: Gail Mancuso (1 de novembro de 2006). «Jack the Writer». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 4. NBC Universal. NBC 
  10. Ostrow, Joanne (14 de Outubro de 2006). «Memo to Sorkin: Lighten up». The Denver Post. Consultado em 6 de Agosto de 2008 
  11. Escritor(es): Tina Fey; Director(es): Adam Bernstein (11 de Outubro de 2006). «Pilot». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 1. NBC Universal. NBC 
  12. Escritor(es): Dave Finkel, Brett Baer; Director(es): Beth McCarthy (5 de Abril de 2007). «Fireworks». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 18. NBC Universal. NBC 
  13. Escritor(es): Robert Carlock, Daisy Gardner; Director(es): Don Scardino (1 de Março de 2007). «The Source Awards». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 16. NBC Universal. NBC 
  14. Topel, Fred (16 de Setembro de 2009). «Tina Fey Gets the Gold». Crave Online. Consultado em 14 de Abril de 2010. Cópia arquivada em 6 de Abril de 2010 
  15. «Weekly Program Rankings». ABC Medianet. 7 de Novembro de 2006. Consultado em 9 de Agosto de 2008 
  16. Tryhorn, Chris (2 de Novembro de 2007). «Wedded Bliss for EastEnders». Media Guardian. Consultado em 9 de Agosto de 2008 
  17. Canning, Robert (2 de Novembro de 2006). «30 Rock: "Jack the Writer" Review». IGN. Consultado em 1 de Agosto de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal.svg A Wikipédia possui o
Portal 30 Rock