Jack the Writer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Jack the Writer"
4.º episódio da 1.ª temporada de 30 Rock
Liz Lemon (Tina Fey; esquerda) a falar com Jack Donaghy (Alec Baldwin; centro) e um outro executivo da NBC.
Informação geral
Direção Gail Mancuso
Enredo por Robert Carlock
Produzido por Jerry Kupfer · Jeff Richmond
Canção "There's No Business like Show Business", por Jack McBrayer;
"Who's That Lady", por The Isley Brothers
Direção de fotografia Tom Houghton
Código de produção 104
Transmissão original 1 de Novembro de 2006
Convidados
Episódios da 1.ª temporada
Lista de episódios
30 Rock (1.ª temporada)

"Jack the Writer" é o quarto episódio da primeira temporada da série de televisão de comédia de situação norte-americana 30 Rock. A sua transmissão original decorreu na noite de 1 de Novembro de 2006 através da rede de televisão National Broadcasting Company (NBC) nos EUA, e a 1 de Novembro do ano seguinte no Reino Unido.

Teve o seu enredo escrito por Robert Carlock e foi realizado por Gail Mancuso, com a produção ficando a cargo de Jerry Kupfer e Jeff Richmond, enquanto Irene Burns, Matt Hubbard, e Margo A. Myers tratavam da co-produção. Por entre as estrelas convidadas para este episódio estão inclusas Katrina Bowden, Keith Powell, Maulik Pancholy, Tom Broecker, John Lutz, James Anderson e Sharon Wilkins. James Anderson fez uma participação a interpretar uma versão ficcional de si mesmo.

O episódio centra-se na relação entre Liz Lemon (interpretada por Tina Fey), a argumentista-chefe do TGS with Tracy Jordan e Jack Donaghy (Alec Baldwin), o executivo da NBC, e também nas distrações que os outros guionistas do TGS enfrentam ao escrever esquetes. Isso torna-se evidente quando a assistente de Liz, Cerie Xerox (Bowden), começa a usar roupas sexualmente reveladoras e quando Jack decide juntar-se aos argumentistas para observar-lhes. Entretanto, o estagiário Kenneth Parcell (Jack McBrayer) descobre que trabalhar para Tracy Jordan (Tracy Morgan), a estrela principal do TGS, é um trabalho mais pesado do que ele esperava.

Em geral, o episódio foi recebido com opiniões positivas pela crítica especialista em televisão do horário nobre, com um elogio sendo feito ao desempenho da personagem Tracy Jordan. Segundo as estatísticas publicadas pelo serviço de mediação de audiências Nielsen Ratings, "Jack the Writer" foi assistido em uma média de quatro milhões e oitocentos mil domicílios durante a sua transmissão original, e recebeu a classificação de 1,7 e de share no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 e 49 anos de idade.

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Embora creditada, Jane Krakowski, intérprete de Jenna Maroney, não participou de "Jack the Writer".

"Jack the Writer" teve o seu enredo escrito por Robert Carlock, co-produtor executivo da temporada, e foi realizado por Gail Mancuso, marcando assim a estreia de ambos em um episódio de 30 Rock. Carlock viria a receber mais três créditos de guionista nesta temporada ("Jack-Tor", "The Source Awards" e "Cleveland") enquanto Mancuso voltaria a realizar apenas mais um episódio, "The Head and the Hair".[1][2] A produção de "Jack the Writer" ficou a cargo de Jerry Kupfer e Jeff Richmond, enquanto Irene Burns, Matt Hubbard, e Margo A. Myers tratavam da co-produção.[3] Richmond é o criador dos temas musicais de 30 Rock e é casado com Tina Fey, a criadora, produtora executiva e actriz principal do seriado.[4] Hubbard viria mais tarde a escrever guiões para dois episódios da temporada: "The Rural Juror" e "Hard Ball".[5]

O guionista de comédia e actor James Anderson, membro da equipa de argumentistas do programa de televisão humorístico Saturday Night Live (SNL),[6] fez uma participação em "Jack the Writer" a interpretar uma versão ficcional de si mesmo.[3] Vários membros do elenco do SNL já fizeram uma aparição em 30 Rock, incluindo Rachel Dratch,[7][8] Andy Samberg,[9] Chris Parnell,[6] Fred Armisen,[10] Kristen Wiig,[10] Will Forte,[11] Jason Sudeikis,[12] Molly Shannon,[13] Horatio Sanz,[14] e Jan Hooks.[15] Ambos Tina Fey e Tracy Morgan fizeram parte do elenco principal do SNL,[16] sendo que Fey foi a argumentista-chefe do programa entre 1999 e 2006, tendo conhecido McCarthy-Miller, a directora deste episódio, enquanto ainda trabalhava no programa.[17] O actor Alec Baldwin também apresentou o Saturday Night Live por dezassete vezes, o maior número de episódios por qualquer apresentador da série.[18]

O actor e comediante Judah Friedlander, que interpreta a personagem Frank Rossitano em 30 Rock, é conhecido pelos seus bonés de camioneiro de marca registada que ele usa dentro e fora da personagem Frank. Os chapéus normalmente apresentam pequenas palavras ou frases estampadas. Friedlander afirmou que ele próprio é quem faz os chapéus. Revelou também que "alguns deles são piadas interiores, e alguns são simplesmente piadas".[19] A ideia veio da persona de Friedlander nas suas apresentações de comédia stand-up, nas quais os chapéus estão todos impressos com a escrita "campeão mundial" em diferentes línguas e diferentes aparências.[20] Neste episódio, Frank usa bonés que leem "Ninja Expert", "Arcade Champ", e "Bigfoot Expert".[21]

Embora creditada na sequência de abertura, a actriz Jane Krakowski, intérprete da personagem regular Jenna Maroney, não participou de "Jack the Writer".[21] Este episódio marcou a estreia da personagem Angie Jordan, esposa do astro de cinema Tracy Jordan. Embora interpretada pela actriz Sharon Wilkins neste episódio, a personagem viria a ser interpretada pela comediante Sherri Shepherd em episódios futuros.[22] Duas canções foram inclusas em "Jack the Writer": "There's No Business Like Show Business", um tema composto pelo letrista Irving Berlin e interpretado pela personagem Kenneth Parcell; e "Who's That Lady" composto e interpretado pelo grupo The Isley Brothers. A primeira canção foi popularizada após ser inclusa no filme Annie Get Your Gun (1950).[23][21]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Liz está com os seus colegas argumentistas no escritório deles quando elabora uma esquete sobre Donald Trump; contudo, os seus colegas estão todos distraídos a apreciarem o corpo da assistente Cerie, então Liz pede discretamente para que ela saia da sala. Mais tarde, após esboçarem mais esquetes para o TGS with Tracy Jordan, os argumentistas fazem uma pausa e põem-se a dançar, momento no qual Jack chega e anuncia ter passado por uma actividade organizada pela General Electric (GE) chamada Six Sigma, que incentiva os patrões a interagirem com os seus funcionários. Ele revela aos guionistas que irá passar mais tempo sentado na sala dos guionistas como um observador. Enquanto os dias passam, Jack começa a interferir com o trabalho dos funcionários e, em vez de ser apenas um observador, ele dá ideias regularmente para os argumentistas escreverem as esquetes. Isto provoca uma grande frustração para a equipa, fazendo com que Liz informe-lhe que ela e os seus colegas não estão agradados com o seu envolvimento. Jack diz que embora tenha gostado de se juntar aos guionistas diariamente, aceita a decisão tomada.[21]

"A tua ignorância foi óbvia quando caminhaste até mim com a tua boca de lábios finos cheia de comida gordurosa de plebeia, e dirigiste-te a mim pelo meu nome cristão à frente de cavalheiros de Condado de Fairfield. Falo de Fairfield em Connecticut, Lemon — sede da GE. Mas como é que tu saberias isso com os teus quarenta anos de educação pública e televisão matutina!? Se você alguma vez voltar a ter uma atitude Bush como essa, far-te-ei escrever promos para futebol de arena tão rápido que a tua cabeça inexplicavelmente pequena irá girar."

— A reprimenda de Jack a Liz.[21]

Em seguida, o assistente de Jack, Jonathan (Maulik Pancholy), diz a Liz que Jack quer um pedido de desculpas, mas ela tem que fingir que a ideia é de sua autoria. Liz vai ao escritório de Jack e pede desculpas, e ambos perdoam-se. Enquanto a equipa do TGS come o seu almoço, Jack apresenta dois convidados trazidos por si. Os colegas de Liz dizem a ela que, ao invés de almoçar na sala, gostariam de sair para comer no tecto usado pelo pessoal do The Today Show. Liz responde poder fazer isso acontecer, agora que é amiga de Jack. Todavia, após fazer o pedido, ele nega. Ele diz a ela que os seus dois convidados foram seus chefes na GE, e depois critica-a e a sua equipa. Mais tarde ele pede desculpas, mas ela diz que a amizade terminou. Tendo resolvido a situação com Jack, Liz tenta conversar com Cerie sobre os seus trajes reveladores que distraem os argumentistas masculinos. Liz tenta convencê-la a vestir algo conservador mas, em contrapartida, Cerie diz à sua chefe que ela ficaria perfeita em algo mais sensual. Mais tarde, Liz é vista a andar pelos corredores dos estúdios do TGS com um vestido com as escritas "Dirty Diva".[21]

Não obstante, Kenneth, que agora trabalha para Tracy, aprende que servir a ele é mais pesado do que esperava. Tracy dá a Kenneth várias tarefas para completar, incluindo ir ao Estádio Yankee para comprar nachos e pegar um pacote importante nos correios, que acaba por se revelar ser um peixe adquirido ilegalmente que Tracy deseja colocar no seu aquário. Tracy, então, diz a Kenneth para comprar algo para a sua esposa Angie Jordan (Sharon Wilkins) e levá-la a um restaurante chique, onde ele entrega o presente do seu chefe.[21]

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Uma "disputa" entre Tina Fey e Aaron Sorkin (imagem) foi referenciada em "Jack the Writer".

30 Rock e Studio 60 on the Sunset Strip, duas séries que estrearam na programação de 2006-07 da NBC, giravam em torno dos acontecimentos nos bastidores de uma série de televisão de comédia. Semelhanças entre as duas levaram à especulação de que apenas uma delas teria uma primeira temporada completa de 22 episódios. Provas do assunto entre os seriados, bem como o conflito entre eles, surgiram quando Aaron Sorkin, o criador de Studio 60 on the Sunset Strip, pediu a Lorne Michaels, produtor executivo de 30 Rock e de Saturday Night Live (SNL), que lhe permitisse observar o programa SNL por uma semana, um pedido negado por Michaels.[24] Apesar disso, Sorkin enviou flores a Fey após a NBC anunciar que iria produzir ambas séries, e desejou-lhe boa sorte com 30 Rock.[25] No final de contas, Fey conseguiu suceder-se bem onde Sorkin não conseguiu, sendo que Studio 60 foi cancelada após uma temporada e 30 Rock renovada para uma segunda. Apesar das audiências da primeira temporada de 30 Rock serem baixas quando comparadas as de Studio 60, esta última era mais cara de produzir.[26][27][28] Pelo menos cinco episódios de 30 Rock brevemente parodiaram Studio 60. "Jack the Writer" contém uma auto-referência de uma sequência de andar e falar — tais sequências eram usadas em Studio 60 e eram recorrentes em outras séries de Sorkin.[29][21][30]

Tracy pergunta a Kenneth, "What's the frequency, Ken?" (em português: "Qual é a frequência, Ken?"), como uma saudação. "What's the frequency, Kenneth?" é uma questão frequente feita por Dan Rather, jornalista do CBS News. Em 1986, Rather foi atacado por trás exigia saber "qual era a frequência?", enquanto um segundo atacante o perseguia e batia-lhe. O primeiro atacante continuava a fazer a pergunta enquanto o chutava e esmurrava. Este evento foi muito comentado na época e inspirou "What's the Frequency, Kenneth?" (1994), canção gravada pela banda R.E.M.. Mais tarde, ao dar um conselho a Kenneth, Tracy recomenda-lhe a viver cada semana como se fosse "semana dos tubarões" (em inglês: "Shark Week"). Shark Week é um programa de televisão transmitido pelo Discovery Channel nos Estados Unidos. Quando Kenneth fica preso no topo da cerca metálica enquanto tentava entrar no Yankee Stadium, ele chama um rato grande e diz "Vai buscar ajuda, miúda!" Esta é uma alusão às missões de salvação da personagem-título da série de televisão Lassie. Jack pergunta a Frank se ele está familiarizado com o Six Sigma, ao que este responde "é um tipo especial de G.I. Joe," confundindo a colecção de brinquedos Sigma 6 da franquia G.I. Joe com práticas empresariais da Motorola.[21]

"Jack the Writer" fez menção a um evento conhecido como "What's the frequency, Kenneth?" que envolveu o jornalista Dan Rather.

A saga de filmes Star Wars é frequentemente referenciada em 30 Rock, começando com o episódio piloto (2006), no qual Tracy é visto a gritar que é um Jedi, que é um cavaleiro especial dos filmes.[31] Liz admite ser uma grande fã da saga, revelando que a havia assistido muitas vezes com o seu amigo Pete,[32] e se vestido como a personagem Princesa Leia durante quatro Dia das bruxas consecutivos,[33] e ao tentar sair do serviço do júri em Chicago e Nova Iorque.[34][35] Ela sempre usa o vestido em todas as selecções e é quase nunca escolhida, à excepção de quando a sua assistente Cerie alterou o seu endereço de residência na função eleitoral para Nova Iorque, ao invés de Chicago.[36][37] Star Wars é também referenciado quando Tracy assume a identidade do personagem Chewbacca em "Tracy Does Conan".[38] Liz tem muitas vezes usado metáforas de Star Wars para descrever a sua vida, admitindo que precisa de mais DVDs da saga. Em contraste, ela não é fã do filme Ataque dos Clones (2002), que ela firma ser o seu menos favorito.[39] A actriz Carrie Fisher, que estrelou nos três filmes originais da saga como a Princesa Leia, fez uma participação em 30 Rock como a personagem Rosemary Howard na segunda temporada, no qual fez uma paródia de uma das frases dos filmes.[40] Neste episódio, Liz repetidamente usa analogias de Star Wars para descrever a sua situação com Jack quando se apercebe que "precisa de novos DVDs."[21][41][42] Fey, que também é fã de Star Wars, disse que a piada ou referência à saga "começou a acontecer organicamente", quando a equipa apercebeu-se que havia referências a Star Wars "em quase todos episódios". Fey disse que a partir de então "se tornou uma coisa que [eles] tentaram manter no programa", e que mesmo que não pudessem incluir uma em cada episódio, ainda tinham uma "média muito alta de piadas". Fey atribuíu a maioria das referências ao produtor executivo e argumentista Robert Carlock, a quem descreveu como "o especialista residente".[43]

Transmissão e repercussão[editar | editar código-fonte]

O desempenho de Tracy Morgan foi elogiado por um crítico de televisão.

Nos Estados Unidos, "Jack the Writer" foi transmitido pela primeira vez na noite de 1 de Novembro de 2006 através da NBC. De acordo com as estatísticas publicadas pelo serviço de mediação de audiências Nielsen Ratings, foi assistido por cerca de quatro milhões e oitocentos mil telespectadores norte-americanos, o que lhe garantiu a octogésima primeira posição na lista dos seriados mais visto daquela semana.[44][45] O episódio recebeu a classificação de 1,7 e 5 de share no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade. Isso significa que ele foi visto por 1,7 por cento de todas as pessoas de 18 a 49 anos de idade, e por 5 por cento de todas as pessoas de 18 a 49 anos de idade dentre as que estavam a assistir à televisão no momento da transmissão. Assim, 30 Rock atingiu a menor audiência desde a sua estreia três noites anteriores, com "Jack the Writer" sendo assistido por mais de um milhão de telespectadores a menos em relação ao episódio da semana anterior, "Blind Date". No Reino Unido, onde foi transmitido na noite de 1 de Novembro de 2007, "Jack the Writer" atraiu quinhentos mil telespectadores e recebeu uma quota de quatro por cento da audiência no momento da transmissão.[46][47]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Alan Sepinwall (positiva)[48]
The A.V. Club (positiva)[49]
TV Guide (positiva)[29]
IGN (mista)[50]

Em geral, o episódio foi recebido com opiniões positivas pela crítica especialista em televisão do horário nobre. Embora tenha sentido que foi "ainda uma divertida meia hora" na sua análise para o portal IGN, Robert Canning achou que "não houve nada nele que fosse incrivelmente memorável." Não obstante, opinou que "Tracy Jordan está rapidamente a se tornar num dos aspectos mais agradáveis ​​do seriado."[50] Matt Webb Mitovich, para a revista electrónica TV Guide, achou que "este episódio ficou um pouco fraco para [ele]," escrevendo que "o melhor momento nesta semana, de longe, teve de ser o pestanejo grande e gordo ao Studio 60 on the Sunset Strip de Aaron Sorkin (e West Wing e Sports Night...), no qual Liz e Pete, ao aperceberem-se que tinham andado em volta de um pequeno círculo enquanto trocavam ideias, encolheram os ombros e disseram: Nice walk-and-talk (em português: 'Bom andar e falar'), e então bateram os punhos. Agradável!"[29]

O crítico de televisão Alan Sepinwall elogiou a frase "I just got back from Ann Coulter's 60th birthday party" (em português: "Acabei de voltar da festa do sexagésimo aniversário de Ann Coulter") dita por Jack, opinando que o episódio foi mais consistentemente engraçado em relação aos episódios anteriores da temporada, escrevendo que o seriado estava a se revelar uma boa comédia.[48] Erik Adams, para o jornal de entretenimento The A.V. Club, achou que o episódio deu "prioridade a trabalhar nos relacionamentos entre os colegas de 30 Rock," concluindo que "Jack the Writer" "serve para descrever um pedaço da trama do episódio: a montagem evidenciando o senso de humor não-desenvolvido de Jack. Como uma amostra do comportamento de executivos no meio dos seus inferiores, é brilhante; como um enredo para todo o episódio, pode tornar-se tão aborrecido quanto qualquer coisa que Jack inventou no escritório dos argumentistas."[49]

Notas de rodapé

  1. «Gail Mancuso List of Movies and TV Shows». TV Guide (em inglês). CBS Interactive, Inc. Consultado em 8 de Março de 2020 
  2. «Robert Carlock List of Movies and TV Shows». TV Guide (em inglês). CBS Interactive, Inc. Consultado em 8 de Março de 2020 
  3. a b «30 Rock: Episodes» (em inglês). Reino Unido: Screenrush (AlloCiné). Consultado em 27 de Abril de 2010. Arquivado do original em 10 de Setembro de 2012 
  4. «Jeff Richmond List of Movies and TV Shows». TV Guide (em inglês). CBS Interactive, Inc. Consultado em 8 de Março de 2020 
  5. «Matt Hubbard List of Movies and TV Shows». TV Guide (em inglês). CBS Interactive, Inc. Consultado em 8 de Março de 2020 
  6. a b BARRETT, Annie (7 de Dezembro de 2006). «What 'SNL' alums besides Chris Parnell should guest on '30 Rock'?». Entertainment Weekly (em inglês). Time, Inc. Consultado em 13 de Julho de 2012. Cópia arquivada em 8 de Junho de 2012 
  7. «'Ally' Cat Krakowski Joins '30 Rock'». Zap2it (em inglês). Tribune Media Entertainment. 17 de Agosto de 2006. Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Cópia arquivada em 29 de Junho de 2012 
  8. TRAISTER, Rebecca (14 de Abril de 2010). «The Tina Fey backlash» (em inglês). Salon.com. Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2012 
  9. «'30 Rock': Emma Stone, Andy Samberg, Nick Cannon To Guest Star». The Huffington Post (em inglês). Oath, Inc. 10 de Janeiro de 2012. Consultado em 1 de Outubro de 2018. Stone has hosted “Saturday Night Live” on two occasions, Samberg is a regular on the show and Cannon appeared on Nickelodeon’s “Up All Night.” 
  10. a b CANNING, Robert (15 de Abril de 2011). «'30 Rock': "Somebody to Love" Review» (em inglês). IGN. Ziff Davis, LLC. Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Cópia arquivada em 5 de Dezembro de 2012 
  11. MITOVICH, Matt Webb (2 de Fevereiro de 2007). «It Feels Good to Laugh». TV Guide (em inglês). NTVB Media. CBS Interactive, Inc. (CBS Corporation). Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Arquivado do original em 14 de Setembro de 2012 
  12. MATHESON, Whitney (19 de Abril de 2007). «A chat with ... '30 Rock' and 'SNL' star Jason Sudeikis». USA Today (em inglês). McLean: Gannett Satellite Information Network, LLC. Consultado em 18 de Dezembro de 2009 
  13. CANNING, Robert (9 de Março de 2007). «30 Rock: "The Fighting Irish" Review» (em inglês). IGN. Ziff Davis, LLC. Consultado em 1 de Outubro de 2018. Cópia arquivada em 3 de Janeiro de 2013 
  14. THOMSON, Katherine (25 de Dezembro de 2008). «SNL Alum Horatio Sanz Drops 100 Lbs». The Huffington Post (em inglês). Oath, Inc. Consultado em 1 de Outubro de 2018 
  15. SEPINWALL, Alan (4 de Fevereiro de 2010). «30 Rock, 'Verna': Jan Hooks guest-stars». The Star-Ledger (em inglês). Advance Local Media, LLC. Consultado em 18 de Dezembro de 2009 
  16. FICKETT, Travis (17 de Outubro de 2006). «IGN Interview: 30 Rock's Tracy Morgan» (em inglês). IGN. Ziff Davis, LLC. Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Cópia arquivada em 20 de Julho de 2012 
  17. GOODWIN, Christopher (11 de Maio de 2008). «And funny with it». The Guardian (em inglês). Guardian News and Media. Consultado em 18 de Dezembro de 2009. Cópia arquivada em 31 de Julho de 2013 
  18. WILLIS, Jackie (23 de Janeiro de 2017). «Alec Baldwin Will Host 'Saturday Night Live' for the 17th Time». Entertainment Tonight (em inglês). CBS Television Distribution (CBS Studios, Inc.). Consultado em 1 de Outubro de 2018 
  19. RICHMOND, Alexandra (entrevistadora) (12 de Maio de 2008). «Judah Friedlander: World Champion - The CC Insider Interview». The Comedy Central Insider (em inglês). Comedy Central (MTV Networks Entertainment Group). Consultado em 12 de Julho de 2012. Arquivado do original em 26 de Julho de 2008 
  20. ALEKSANDER, Irina (24 de Abril de 2008). «Five Questions for Judah Friedlander». Observer (em inglês). Nova Iorque: The New York Observer, LLC. Consultado em 12 de Julho de 2012. Arquivado do original em 11 de Setembro de 2012 
  21. a b c d e f g h i j CARLOCK, Robert (argumentista); MANCUSO, Gail (realizador) (1 de Novembro de 2006). «Jack the Writer». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 4. NBC Universal. NBC 
  22. «Sharon Wilkins: American actress» (em inglês). People Pill. Consultado em 8 de Março de 2020 
  23. GREEN, Kay (1996). Broadway Musicals, Show by Show (em inglês) 1 ed. [S.l.]: H. Leonard Publishing Corporation. p. 130. ISBN 978-0-7935-7750-7 
  24. FRIEND, Tad (24 de Abril de 2006). «Who's on First Dept: Shows about Shows». The New Yorker (em inglês). Condé Nast. Consultado em 11 de Dezembro de 2011 
  25. McFARLAND, Melanie (22 de Julho de 2006). «Tina Fey's Weekend Update: Aaron Sorkin calls her out!». Seattle Post-Intelligencer (em inglês). Seattle: Hearst Seattle Media, LLC. Consultado em 11 de Dezembro de 2011 
  26. SASSONE, Bob (5 de Abril de 2007). «Here's why 30 Rock was renewed and Studio 60 won't be». TV Squad (em inglês). Aol. (Verizon Media). Consultado em 11 de Dezembro de 2011 
  27. STARR, Michael (1 de Maio de 2007). «'Studio' Sinks, Not '30 Rock'». New York Post (em inglês). NYP Holdings, Inc. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. Arquivado do original em 20 de Outubro de 2012 
  28. FRIEDMAN, Roger (11 de Maio de 2007). «Lights Go Out on 'Studio 60'» (em inglês). FOX News Network, LLC. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. Arquivado do original em 4 de Setembro de 2012 
  29. a b c WEBB, Matt Mitovich (2 de Novembro de 2006). «November 1, 2006: "Nuts to You, McGullicuty!"». TV Guide (em inglês). CBS Interactive, Inc. Consultado em 9 de Agosto de 2008. Arquivado do original em 3 de Novembro de 2008 
  30. OSTROW, Joanne (14 de Outubro de 2006). «Memo to Sorkin: Lighten up». The Denver Post (em inglês). MediaNews Group, Inc. Consultado em 6 de Agosto de 2008 
  31. FEY, Tina (argumentista); BERNSTEIN, Adam (realizador) (11 de Outubro de 2006). «Pilot». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 1. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  32. FINKEL, Dave (argumentista); BAER, Brett (argumentista); McCARTHY-MILLER, Beth (realizadora) (5 de Abril de 2007). «Fireworks». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 18. Nova Iorque. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  33. CARLOCK, Robert (argumentista); GARDNER, Daisy (argumentista); SCARDINO, Don (realizador) (1 de Março de 2007). «The Source Awards». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 16. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  34. SEPINWALL, Alan (6 de Novembro de 2008). «30 Rock, "Believe in the Stars": Help me, Oprah Winfrey. You're my only hope.». The Star-Ledger (em inglês). Advance Publications. Consultado em 15 de Maio de 2012 
  35. CANNING, Robert (13 de Março de 2009). «30 Rock: "The Funcooker" Review» (em inglês). IGN Entertainment, Inc. (Ziff Davis, LLC.). Consultado em 15 de Maio de 2012. Cópia arquivada em 10 de Dezembro de 2013 
  36. GLOVER, Donald (argumentista); CERAULO, Tom (argumentista); WHITTINGHAM, Ken (realizador) (12 de Março de 2009). «The Funcooker». 30 Rock. Temporada 3. Episódio 14. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  37. CARLOCK, Robert (argumentista); SCARDINO, Don (realizador) (6 de Novembro de 2008). «Believe in the Stars». 30 Rock. Temporada 3. Episódio 2. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  38. FEY, Tina (argumentista); BERNSTEIN, Adam (realizador) (6 de Dezembro de 2006). «Tracy Does Conan». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 7. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  39. RIGGI, John (argumentista); SCARDINO, Don (realizador) (12 de Abril de 2007). «Corporate Crush». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 19. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  40. BURDITT, Jack (argumentista); ENGLER, Michael (realizador) (25 de Outubro de 2007). «Rosemary's Baby». 30 Rock. Temporada 2. Episódio 4. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  41. CANNING, Robert (19 de Março de 2010). «30 Rock: "Don Geiss, America and Hope» (em inglês). IGN. Ziff Davis, LLC. Consultado em 15 de Maio de 2012 
  42. GUZMAN, René A. (21 de Maio de 2010). «30 years of 'Empire'». Hearst Corporation. San Antonio Express-News (em inglês): 01F. Han Solo was frozen in carbonite in 'Empire Strikes Back' partly because it was uncertain Harrison Ford would be back for a third 'Star Wars' film 
  43. TOPEL, Fred (16 de Setembro de 2009). «Tina Fey Gets the Gold». CraveOnline (em inglês). AtomicMedia. Consultado em 20 de Junho de 2012. Cópia arquivada em 6 de Abril de 2010 
  44. KISSELL, Rick (7 de Novembro de 2006). «Football drives NBC win». Variety (em inglês). Variety Media, LLC (Penske Business Media, LLC.). Consultado em 24 de Fevereiro de 2008 
  45. «Weekly Program Rankings» (em inglês). ABC Medianet (American Broadcasting Companies, Inc.). 7 de Novembro de 2006. Consultado em 9 de Agosto de 2008. Arquivado do original em 17 de Fevereiro de 2012 
  46. PICKARD, Anna (1 de Novembro de 2007). «Watch This». The Guardian (em inglês). Guardian News & Media Limited. Consultado em 9 de Agosto de 2008 
  47. TRYHORN, Chris (2 de Novembro de 2007). «Wedded bliss for EastEnders». The Guardian (em inglês). Guardian News & Media Limited. Consultado em 9 de Agosto de 2008 
  48. a b SEPINWALL, Alan (1 de Novembro de 2006). «30 Rock: I just got back from Ann Coulter's 60th birthday party». What's Alan Watching (em inglês). Consultado em 8 de Março de 2020 
  49. a b ADAMS, Erik (26 de Agosto de 2014). «30 Rock: "Jack The Writer"/"Jack-Tor"». The A.V. Club (em inglês). G/O Media, Inc. Consultado em 8 de Março de 2020 
  50. a b CANNING, Robert (2 de Novembro de 2006). «30 Rock: "Jack the Writer" Review». IGN Entertainment, Inc. (Ziff Davis, LLC.). Consultado em 1 de Agosto de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal.svg A Wikipédia possui o
Portal 30 Rock