Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Tracy Does Conan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Tracy Does Conan"
7º episódio da 1ª temporada de 30 Rock
Tracy Jordan (interpretado por Tracy Morgan) dormindo no programa de Conan O'Brien.
Informação geral
Direção Adam Bernstein
Escrito por Tina Fey
História Kay Cannon
Produzido por Jerry Kupfer
Jeff Richmond
Canção "The Devil's Galop", composta por Charles Williams
Direção de fotografia Tom Houghton
Edição Ken Eluto
Código de produção 107
Duração 30 minutos
Exibição original 6 de dezembro de 2006
Convidados
Episódios da 1ª temporada
Cronologia
"Jack Meets Dennis"
"The Break-Up"
30 Rock (1ª temporada)
Lista de episódios

"Tracy Does Conan" é o sétimo episódio da primeira temporada da sitcom norte-americana 30 Rock. Escrito por Tina Fey, criadora e produtora executiva da série, foi dirigido por Adam Bernstein. Exibido originalmente a 7 de Dezembro de 2006 nos Estados Unidos pela National Broadcasting Company (NBC), o episódio teve dentre os actores convidados Katrina Bowden, Kevin Brown, Grizz Chapman, Rachel Dratch, Dave Finkel, Steve Hollander, Johnnie May, Maulik Pancholy, Chris Parnell, Aubrey Plaza, Keith Powell, R. N. Rao e Dean Winters. O apresentador de televisão norte-americano Conan O'Brien apareceu interpretando a si mesmo.[1]

O episódio gira em torno das tentativas de Liz Lemon (interpretada por Tina Fey) e Pete Hornberger (Scott Adsit) em fazer da participação do comediante Tracy Jordan (Tracy Morgan) no talk-show Late Night with Conan O'Brien um sucesso. A situação se complica quando Tracy acaba com as pílulas de um medicamento que precisava consumir, ficando temporariamente louco. Enquanto isso, Jack Donaghy (Alec Baldwin) está se preparando para dar um discurso no Hotel Waldorf-Astoria.

"Tracy Does Conan" foi bem recebido pela crítica em geral. De acordo com o sistema de mediação de audiências Nielsen Ratings foi visto por 6,84 milhões de domicílios em sua transmissão original e recebeu uma quota de 3,2/8 no perfil demográfico de telespectadores entre os 18-49 anos.

Produção[editar | editar código-fonte]

O actor Chris Parnell fez uma participação neste episódio como o médico de Tracy Jordan, Dr. Leo Spaceman.

Rachel Dratch, parceira de longa data e companheira de Fey no humorístico SNL, foi originalmente escolhida para interpretar a personagem Jenna. Dratch interpretou o papel no piloto original do show, mas em Agosto de 2006 Jane Krakowski foi anunciada como a substituta de Dratch, resultando em Dratch interpretando vários personagens diferentes no decorrer da temporada.[2][3] Fey explicou a mudança ao observar que Dratch era mais apta a "interpretar uma variedade de personagens secundários excêntricos" e que o papel de Jenna era para ser actuado em linha recta.[4] Embora Fey passou a dizer que "Rachel e eu estávamos muito animadas com esta nova direcção",[4] Dratch disse que ela não estava feliz com a mídia, falando que a mudança era um rebaixamento. Dratch estava céptica sobre as razões que lhe foram dadas para a mudança, e não estava feliz com a redução do número de episódios em que ela iria aparecer.[5]

Chris Parnell, que interpretou o Dr. Leo Spaceman neste episódio, apareceu no elenco principal do Saturday Night Live.[6] Tina Fey foi a escritora principal do Saturday Night Live desde 1999 até 2006.[7] e vários outros membros do elenco de Saturday Night Live apareceram em 30 Rock. Estes membros incluem: Rachel Dratch, Fred Armisen, Kristen Wiig, Will Forte, Jason Sudeikis e Molly Shannon.[3][8][9][10] Tina Fey e Tracy Morgan também fizeram parte do elenco principal do Saturday Night Live antes de ingressarem em 30 Rock.[7][11] Alec Baldwin, também membro do elenco de 30 Rock, apresentou o Saturday Night Live quatorze vezes - o segundo maior número de episódios de qualquer apresentador da série.[12]

O episódio brevemente apresentou a actriz Aubrey Plaza, que mais tarde apareceu em um outro programa que vai ao ar na NBC, Parks and Recreation, como uma paquete da NBC — o mesmo trabalho que ela realizava naquela época.[13]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Ao fazer uma doação de sangue, Liz revela que pretende romper com seu namorado, Dennis Duffy (Dean Winters). No caminho para o seu escritório, ela encontra e conversa com Jenna Maroney (Jane Krakowski) que está desamparada porque Jack tirou do Late Night with Conan O'Brien, onde apareceria, e decidiu colocar Tracy em seu lugar. Quando Liz não consegue fazer Jack mudar de ideia, Jenna ameaça demitir-se.[14]

À medida que o tempo de gravação se aproxima, Tracy começa a agir estranhamente. Liz e Pete descobrem que ele não tem tomado os seus remédios correctamente. Liz chama o doutor de Tracy, Dr. Leo Spaceman (Chris Parnell), que lhe dá instruções sobre a medicação. Liz dá as instruções para Kenneth Parcell (Jack McBrayer), que tem de visitar várias farmácias idênticas até encontrar a correcta, que terá o medicamento de Tracy. As tentativas de Pete e Liz para fazerem Tracy chegar ao Late Night são ainda mais complicadas por Jack persistentemente chamar Liz ao seu escritório para pedir o seu conselho sobre um discurso que ele vai ler no Hotel Waldorf Astoria. Tracy eventualmente aparece no Late Night e acaba por cair no sono logo após se sentar.[14]

Liz, ao entrar em seu apartamento após o incidente Conan, encontra Dennis sentado em sua cama jogando um jogo de vídeo, Halo. Ele diz a Liz que a arranjou um cheeseburger. Ela morde o sanduíche uma vez e em seguida cai no sono ouvindo-o jogar.[14]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

"Tracy Does Conan" faz uma referência à saga de filmes Star Wars.

Star Wars é frequentemente referenciado em 30 Rock, desde o episódio piloto, onde Tracy é visto gritando "I'm a Jedi".[nota 1][15] Liz admite ser uma grande fã de Star Wars, dizendo ter se vestido como a personagem Princesa Leia durante quatro Halloweens seguidos.[16] Fey, uma fã de Star Wars, disse que incluir uma piada ou referência à Star Wars foi algo que "começou a acontecer organicamente", quando a equipa percebeu que tinham uma referência de Star Wars "em quase todos episódios". Fey disse que a partir de então "se tornou uma coisa que [eles] tentaram manter no programa", e que mesmo que os roteiristas não pudessem incluir uma em cada episódio, eles ainda tinham uma "média muito alta de piadas". Fey atribuíu a maioria das referências ao produtor executivo e escritor Robert Carlock, a quem descreveu como "o especialista residente".[17] Neste episódio, Star Wars é referenciada quando Tracy assume a identidade do personagem Chewbacca.[14]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Tina Fey recebeu uma nomeação ao Primetime Emmy Award para "Melhor Argumento em Série de Comédia" por ter escrito o guião deste episódio.

Audiência[editar | editar código-fonte]

"Tracy Does Conan" obteve cerca de 6.84 milhões de telespectadores nos Estados, conseguindo um média de 3.2/8 na chave demográfica de adultos entre os 18 aos 49 anos de idade, considerada alta nessa categoria.[18] O 3.2 refere-se aos 3.2% de todos os adultos de 18 a 49 anos de idade nos EUA e o 8 refere-se aos 8% de todos os adultos de 18 a 49 anos assistindo televisão no momento em que a série era transmitida nos EUA. No Reino Unido, o episódio atraiu 400.000 espectadores, uma participação de 3% na audiência geral no momento da transmissão.[19]

Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

Matt Webb Mitovich, da revista americana TV Guide, disse que "apesar de 30 Rock nos ter dado ainda um outro riff sobre o cara selvagem e louco que Tracy Jordan é", a série estava realmente a encontrar a sua base. Mitovich apreciou a participação de Dratch e Parnell, rotulando este último como o ponto alto do episódio.[20] Robert Canning do IGN disse em sua resenha que o episódio "não conseguiu entregar o ouro em quadrinhos que esperávamos." Canning tinha esperanças de que a história de Tracy seria uma "trama sutil, bastante simples", em contraste com as paranóias que a série costuma ter, e a achou sem graça. Ele criticou ainda a participação de Dratch e Winters, e sentiu que o potencial de Conan O'Brien não foi explorado satisfatoriamente, avaliando o episódio com 5 de 10 estrelas (5 de 10 estrelas.).[21]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

A escrita de Tina Fey para este episódio lhe valeu uma nomeação para um Primetime Emmy Award para Melhor Roteiro em Série de Comédia.[22] Fey perdeu o prémio para o episódio "Gay Witch Hunt", que foi escrito por Greg Daniels para a série The Office.[23]

Notas

  1. Em língua portuguesa: "Eu sou um Jedi".

Referências

  1. «30 Rock: Episodes» (em inglês). Screenrush (AlloCiné). Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  2. «Ally Cat Krakowski Joins 30 Rock» (em inglês). Zap2it. 17 de Agosto de 2006. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  3. a b Schneider, Michael (14 de Agosto de 2006). «Inside Move: Dratch latched to multiple Rock roles». Variety (em inglês). p. 1. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  4. a b Imprensa Canadiana (9 de Outubro de 2006). «Fey hopeful about success of 30 Rock» (em inglês). CTV Television Network. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  5. Emma, Rosenblum (16 de Outubro de 2006). «Rachel Rolls With It». New York Magazine (em inglês). Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  6. Barrett, Annie (7 de Dezembro de 2006). «What SNL alums besides Chris Parnell should guest on 30 Rock. Entertainment Weekly (em inglês). Pop Watch. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  7. a b «Tina Fey Biography» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  8. Canning, Robert (16 de Novembro de 2007). «30 Rock: "Somebody to Love" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  9. Mitovich, Matt Webb (2 de Fevereiro de 2007). «February 1, 2007: "It Feels Good to Laugh"». TV Guide (em inglês). Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  10. Matheson, Whitney (19 de Abril de 2007). «A chat with ... 30 Rock and SNL star Jason Sudeikis». USA Today (em inglês). Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  11. Fickett, Travis (17 de Outubro de 2006). «IGN Interview: 30 Rocks Tracy Morgan» (em inglês). IGN. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  12. «[[Saturday Night Live|Alec Baldwin/Christina Aguilera]]». Saturday Night Live. Temporada 32. Episódio 5. 11 de novembro de 2006. NBC Universal. NBC 
  13. «The Tonight Show with Jay Leno - Aubrey Plaza - Video». The Tonight Show with Jay Leno (em inglês). National Broadcasting Company. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  14. a b c d Escritor(es): Tina Fey; Director(es): Adam Bernstein (6 de Dezembro de 2006). «Tracy Does Conan». 30 Rock. Temporada 1. Séries 7. Episódio 7. NBC Universal. NBC 
  15. Escritor(es): Tina Fey; Director(es): Adam Bernstein (11 de Outubro de 2006). «Pilot». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 1. NBC Universal. NBC 
  16. Escritor(es): Robert Carlock, Daisy Gardner; Director(es): Don Scardino (1 de Março de 2007). «The Source Awards». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 16. NBC Universal. NBC 
  17. Topel, Fred (16 de Setembro de 2009). «Tina Fey Gets the Gold» (em inglês). Crave Online. Consultado em 1 de Novembro de 2010. Cópia arquivada em 6 de Abril de 2010 
  18. Kissell, Rick (12 de Dezmbro de 2006). «Prime week for NBC, CBS». Variety (em inglês). Consultado em 1 de Novembro de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)
  19. Holmwood, Leigh (30 de Novembro de 2007). «Nearly 7m watch Cerys eviction» (em inglês). Media Guardian. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  20. Mitovich, Matt Webb (8 de Dezembro de 2006). «December 7, 2006: "Rural Juror. TV Guide (em inglês). Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  21. Canning, Robert (8 de Dezembro de 2006). «30 Rock: "Tracy Does Conan" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  22. «The 59th Primetime Emmy Awards and Creative Arts Emmy Awards Nominees are...» (em inglês). Academy of Television Arts & Sciences. Consultado em 1 de Novembro de 2010 
  23. «Academy of Television Arts and Sciences 59th Primetime Emmy Awards» (Nota de imprensa). Academy of Television Arts & Sciences. 16 de Setembro de 2007. Consultado em 1 de Novembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"Jack Meets Dennis"
Episódios da primeira temporada de 30 Rock
Sucedido por
"The Break-Up"