Jean Reno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean Reno
Jean Reno em 2012
Nome completo Juan Moreno y Herrera-Jiménez
Nascimento 30 de julho de 1948 (72 anos)
Casablanca, Protetorado Francês em Marrocos
Nacionalidade francês
Ocupação ator
Cônjuge Geneviève Reno (1977-1995)
Nathalie Dyszkiewicz (1996-2001)
Zofia Borucka (2006-presente)
Outros prêmios
Prémios do Cinema Europeu
Prémio de mérito europeu no Cinema Mundial

2000 - Wasabi

Festival de Giffoni
Prêmio François Truffaut

2012

Jean Reno, nome artístico de Juan Moreno y Herrera-Jiménez, (Casablanca, 30 de julho de 1948) é um ator francês, nascido no Marrocos.

Descoberto por Luc Besson, que lhe permitiu alcançar a fama, oferecendo-lhe papéis principais em Le Grand Bleu, Nikita e Léon, também obteve grande popularidade graças à comédia de Jean-Marie Poiré, Les Visiteurs e suas suítes. É um dos raros atores franceses a ter uma importante carreira nos Estados Unidos, destacando-se em French Kiss com o conjunto Meg Ryan/Kevin Kline, Missão impossível com Tom Cruise, Godzilla com Matthew Broderick, Ronin com Robert De Niro, A Pantera Cor-de-Rosa com Steve Martin ou o Código Da Vinci com Tom Hanks.

Foi nomeado três vezes para o César de melhor ator.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juan Moreno e Herrera-Jiménez (sobrenomes de seu pai e mãe, de acordo com o uso espanhol) nasceu em 30 de julho de 1948 em Casablanca, Marrocos, sob o protetorado francês, de pais espanhóis originários da Andaluzia (seu pai era de Sanlúcar de Barrameda, sua mãe de Jerez de la Frontera) e que fugiram do regime de Franco.

A família mudou-se para a França continental em 1970. Naturalizado francês, continuou a sentir-se acima de tudo espanhol, porque “suas raízes são sobretudo espanholas e andaluzas”.[1] Decidiu iniciar uma carreira como ator e, uma vez de volta do serviço militar na Alemanha, estabeleceu uma companhia teatral com Didier Flamand.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É pai de Sandra (nascida em 1978) e de Mickael (nascido em 1980), fruto do seu casamento com Geneviève. Também é pai, com Nathalie Dyszkiewicz, de Tom (nascido em 1996) e de Serena (nascida em 1998). Atualmente Jean é casado com Zofia Borucka.

No dia 21 de agosto de 2008 foi divulgado que o ator sofreu um grave infarto, sendo internado em um hospital na ilha caribenha de Martinica, onde passava férias.[2]

Porém, o site da revista People informou em 21 de agosto de 2008 que o anúncio sobre o ataque cardíaco que o ator francês teria sofrido no Caribe era falso. A publicação divulgou também que Reno fora internado em um hospital local depois de receber os primeiros socorros.

Segundo a People, a assessoria do ator confirmou que ele procurou um centro médico devido a uma indisposição e informou que Jean Reno passava bem e continuaria sua viagem de férias pelo Caribe com sua esposa Zofia.

Reno é um dos atores franceses mais famosos do cinema mundial. Ele trabalhou em O profissional ao lado de Natalie Portman, em O Código Da Vinci, Missão Impossível, Pantera Cor-de-Rosa, entre outros filmes.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prémios, indicações e condecorações[editar | editar código-fonte]

Prémios[editar | editar código-fonte]

União Europeia Prémios do Cinema Europeu

  • 2000: Prémio de mérito europeu no Cinema Mundial [3]
  • 2001: Melhor actor - escolha do público [4]

Itália Festival de Giffoni

  • Prémio François Truffaut: 2012[5]

Indicações[editar | editar código-fonte]

França César

Condecorações[editar | editar código-fonte]

França

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Jean Reno
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jean Reno