João Carlos Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
João Carlos Albuquerque
Nascimento 24 de junho de 1955 (64 anos)
Brotas
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista

João Carlos de Albuquerque Veronese (Brotas, 24 de junho de 1955) é um jornalista e apresentador de televisão brasileiro. É conhecido como João Canalha ou simplesmente Canalha, pelo frequente uso deste adjetivo referindo-se a colegas de trabalho e espectadores. É irmão do ator Rodrigo Veronese.

João Carlos de Albuquerque nasceu no dia 24 de junho de 1955 e começou sua carreira na Rádio Universal, na cidade de Santos, ainda aos 16 anos de idade. Formado em Direito na PUC-SP, “O Canalha” trabalhou em duas grandes rádios da capital paulista: Capital e Gazeta, e, em 1983, começou sua trajetória na televisão, apresentando o “Jornal do Esporte” na TV Gazeta.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira aos 16 anos na Rádio Universal, em Santos. João Carlos cursou Direito na PUC-SP.

Trabalhou na Rádio Capital durante a Copa do Mundo de 1978, na Argentina. Em 1981, foi para a Rádio Gazeta.

Em 1983, começou a trabalhar para a televisão, apresentando o Jornal do Esporte na TV Gazeta. Em 1986, cobriu a Copa do Mundo, no México pela Record (que fez parceria com o SBT). Também chegou a apresentar telejornais como o Jornal da Record e o São Paulo à Tarde.

Em 1988, foi para a Rede Manchete onde apresentou telejornais, como o São Paulo em Manchete, transmitido pela TV Manchete São Paulo, então emissora própria da Rede Manchete, em São Paulo. Voltou para o futebol em 1990 onde cobriu a Copa do Mundo, na Itália pelo SBT e também apresentou esporadicamente telejornais nesta emissora como TJ São Paulo e TJ Brasil. Também trabalhou na TV Cultura.

Em 1995, João Carlos entrou na ESPN no extinto programa Limite, onde abordava o Automobilismo.

Todavia, no ano de 2000, João Carlos Albuquerque sai da ESPN Brasil para um período praticamente sabático, voltando para Brotas.

Em 2005, ele retorna para a ESPN Brasil para apresentar um dos programas de maior sucesso do meio esportivo atual, o Bate-Bola 1ª edição.

Em 2019, João trabalhava apenas na ESPN Brasil, onde apresentava o programa Futebol na Veia, um dos programas de maior sucesso na emissora, e assumindo posteriormente o Bola da Vez, programa de entrevistas.

Em 14 de agosto de 2019, a ESPN comunicou o desligamento do profissional.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências