José Antônio Martins Galvão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Galvão
Informações pessoais
Nome completo José Antônio Martins Galvão
Data de nasc. 8 de julho de 1982 (37 anos)
Local de nasc. Lins (SP),  Brasil
Altura 1,87 m
Informações profissionais
Clube atual Brasil Duque de Caxias
Número 11
Posição Atacante
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2001-2002
2003
2004
2004
2005
2006
2006-2007
2008
2008
2009
2009
2010-2011
2011
Brasil União São João
Suíça Servette
Brasil Ituano
Brasil Paraná
Japão Sanfrecce Hiroshima
Brasil Santos
Brasil Atlético (MG)
Brasil São Caetano
Brasil Bahia
Brasil Vila Nova-GO
Flag of Japan.svg Ventforet Kofu
Brasil Boavista-RJ
Brasil Duque de Caxias (emp.)
000? 0000(?)
000? 0000(?)
000? 0000(?)
000? 000(16)
000? 000(13)
000? 0000(?)
0029 0000(7)
0001 0000(0)
0017 0000(7)
000? 0000(?)
0010 0000(1)
0005 0000(1)
0017 0000(2)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 28 de Setembro de 2011.


José Antônio Martins Galvão, mais conhecido como Galvão(Lins, 8 de julho de 1982), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Duque de Caxias.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Galvão iniciou sua carreira profissional no União São João em 2001, em 2002 foi emprestado ao Esporte Clube Pelotas e em seguida rodou por diversos clubes, inclusive internacionais. Dentre os times pelos quais passou encontram-se: Servette, na Suíça, em 2003, Ituano e Paraná Clube em 2004 e Sanfrecce Hiroshima, no Japão, em 2005. Em 2006 é anunciado para jogar no Santos FC, onde conquistou o Campeonato Paulista.

Mas em maio de 2006, Galvão se transferiu para o Atlético Mineiro, onde marcou dois gols em sua estréia pelo clube. Em sua segunda partida, entrou aos 40 minutos do segundo tempo, e marcou o gol de empate do Atlético Mineiro, assim conquistando o coração da massa atleticana. Ele fez parte do elenco Atleticano que conquistou a série b daquele ano. No jogo Atlético Mineiro 4x0 São Raimundo/PA pela Série B de 2006 ele foi o nome do jogo, marcando três dos quatro gols da partida, inclusive o gol que foi eleito o mais bonito da série b daquele ano, em que Rafael Miranda chutou de fora da área, e Galvão pegou o rebote, fez a finta no goleiro, e sem ângulo e sem ver ele tocou de calcanhar para o gol. Mas em julho, Galvão se machucou e ficou sem jogar durante três meses. Após sua recuperação, ele foi jogar no São Caetano. Após uma passagem rápida e sem sucesso pelo São Caetano, o jogador foi contratado pelo Esporte Clube Bahia, onde marcou 07 gols em 17 jogos, se firmando como titular, garantindo a camisa 9, e conquistando a torcida tricolor.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

União São João
Santos
Atlético Mineiro

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.