Carlos Andrade Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlinhos
Carlinhos
Carlinhos no Fluminense em 2014
Informações pessoais
Nome completo Carlos Andrade Souza
Data de nasc. 23 de janeiro de 1987 (32 anos)
Local de nasc. Vitória da Conquista, BA, Brasil
Altura 1,75 m[1]
Ambidestro
Apelido Carlinhos
Informações profissionais
Clube atual CSA
Número 6
Posição Lateral-Esquerdo
Clubes de juventude
2004 Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005–2010
2008–2009
2009–2010
2010
2010–2014
2015–2016
2017
2018
2019–
Santos
Cruzeiro (emp.)
Mirassol (emp.)
Santo André
Fluminense
São Paulo
Internacional
Paysandu
CSA
0045 0000(2)
0010 0000(0)
0003 0000(0)
0030 0000(0)
0216 000(12)
0063 0000(2)
0019 0000(0)
0006 0000(0)
0007 0000(0)
Seleção nacional3
2006–2007
2006-2012
Brasil Sub-20
Brasil
0008 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de maio de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 21 de novembro de 2012.

Disambig grey.svg Nota: "Carlinhos" redireciona para este artigo. Para outros biografados com este nome, veja Carlinhos.

Carlos Andrade Souza, conhecido como Carlinhos (Vitória da Conquista, 23 de janeiro de 1987) é um futebolista brasileiro. Atua como Lateral-esquerdo. Atualmente está no CSA.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Santos[editar | editar código-fonte]

Carlinhos foi revelado no Santos Futebol Clube. Convocado para seleções de base do Brasil, Carlinhos também foi convocado para a seleção principal brasileira para o jogo do dia 15 de novembro de 2006 contra a Suíça, em Basileia.

Teve poucas oportunidades como titular no Santos, devido à presença de Kléber no elenco.

Durante a passagem de Vanderlei Luxemburgo no Santos, Carlinhos apresentou uma queda de rendimento, creditada pelo treinador a um suposto "excesso de estrelismo". Luxemburgo deixou o atleta sem jogar por algumas partidas e recomendou que ele deixasse a "vaidade" de lado.

Cruzeiro e Mirassol[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Carlinhos não teve muitas chances, e foi emprestado até dezembro ao Cruzeiro, que cedeu ao Santos pelo mesmo período o lateral-direito Apodi. No começo de 2009, Carlinhos foi emprestado novamente pelo Santos ao Mirassol para disputar o Campeonato Paulista, acabou por jogar apenas 3 partidas, tendo depois uma séria lesão que o deixou parado pelo restante da temporada.

Santo André[editar | editar código-fonte]

Em 2010 foi um dos principais destaques da campanha do vice campeonato Paulista pelo Santo André. Isso o credenciou para ser disputado por vários times da Série A do Brasileirão.

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Carlinhos foi anunciado como reforço do Fluminense, onde substituiu Júlio Cesar e viveu grande momento, se consagrando Campeão Brasileiro de 2010. Defendendo e apoiando o ataque, fez o cruzamento que resultou no gol do título, marcado por Emerson na última partida contra o Guarani.

Fez seu primeiro gol pelo Fluminense em 2010 contra o Palmeiras, em que ele recebeu a bola fora da área, driblou um zagueiro e colocou no ângulo direito do goleiro.[2]

No dia 14 de março de 2012, Carlinhos renovou com o Fluminense até dezembro de 2014.[3]Fez seu primeiro gol pelo Fluminense em 2012 contra o Arsenal de Sarandí, em que ele recebeu a bola dentro da área, driblou um zagueiro e tocou na canto esquerdo do goleiro.[4][5]Carlinhos fez um gol de pênalti no empate com o Santos por 1 a 1 na Vila Belmiro, em 6 de junho de 2012.[6]

Essa temporada, inclusive, foi referida pelo jogador como a "melhor" de sua carreira, com Carlinhos tendo sido campeão estadual e brasileiro.[7][8][9]Recebeu propostas do clube turco Galatasaray para atuar no clube em 2013.[10]Fez o gol da classificação do Fluminense contra o Emelec em 8 de maio de 2013, indo para ás quartas de final da Libertadores.[11][12]Começou o campeonato nacional marcando um gol contra o Coritiba na derrota por 2 a 1 em 6 de junho de 2013.[13]

Na hora do almoço da delegação no dia 12 de junho de 2013, o lateral-esquerdo Carlinhos recebeu uma camisa comemorativa de 150 jogos pelo Tricolor, que foi entregue pelo vice de futebol Sandro Lima e pelo diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano. Empolgado, afirmou querer dobrar esta marca.

A declaração vem em um momento de bastante especulação sobre uma possível saída dele para o futebol europeu. O camisa 6 está na lista de reforços do Galatasaray.[14]Carlinhos negou ter feito sua despedida do Fluminense no jogo contra a Portuguesa no dia 12 de junho. O jogador manifestou seu desejo em continuar no clube, apesar de ter propostas da Europa. O clube interessado seria o Galatasaray, porém nem Fluminense, nem o lateral parecem ter sido seduzidos pelo interesse do clube turco. Abel Braga, técnico do Fluminense, também afastou a possibilidade de transferência de Carlinhos no momento.[15]

Contra o Atlético Paranaense, Carlinhos completou 200 jogos pelo Fluminense, ocorrido no dia 27 de julho de 2014, onde a partida terminou com a vitória do tricolor por 3 a 0.[16]

Passando por dificuldades financeiras, Carlinhos não teve seu contrato renovado para seguir no Tricolor das Laranjeiras.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Após o término do seu contrato com o Fluminense, assinou, no dia 7 de dezembro de 2014, com o São Paulo por três anos. Afirmou após assinar o contrato.[17]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro de 2017, assinou contrato até o fim de 2017 com o Internacional, com opção de renovação por mais duas temporadas.[18] Apesar de ter tido um bom começo no Inter, sofreu lesões seguidas e viu perder a titularidade pra Uendel. Dessa forma, Carlinhos não teve seu contrato renovado.[19]

Paysandu[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2018, Carlinhos assina contrato com o Paysandu. Em outubro deste mesmo ano, é dispensado pelo clube. [20]

CSA[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2019, Carlinhos assina contrato com o CSA.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Carlinhos debutou em convocações à Seleção Brasileira em 2006, quando foi chamado pelo então técnico Dunga para um amistoso contra a Suíça, em 15 de novembro daquele ano, sem, no entanto, entrar em campo.[21] Apenas seis anos depois, em 2012, ao lado de seus companheiros Thiago Neves e Wellington Nem, Carlinhos voltou a ser lembrado, convocado para o Superclássico das Américas.[22] [23]

Na Primeira partida do Superclássico das Américas, Carlinhos não jogou mas o Brasil venceu de virada a Argentina por 2 a 1 com os gols de Paulinho e Neymar.[24]Jogou sua primeira partida pela seleção contra a Argentina no segundo jogo do Superclássico das Américas, entrou no lugar de Fábio Santos aos 17 minutos do segundo tempo.[25]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 5 de maio de 2019.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Fluminense 2010 27 3 27 3
2011 31 0 3 0 10 1 44 1
2012 32 1 9 1 15 0 56 2
2013 23 3 2 0 10 1 12 0 47 4
2014 26 0 4 0 1 0 11 1 42 1
Total 139 7 6 0 23 0 48 2 216 11
São Paulo 2015 19 2 4 0 1 0 8 0 32 2
2016 11 0 2 0 5 0 13 0 31 0
Total 30 2 6 0 6 0 21 0 63 2
Internacional 2017 8 0 3 0 8 0 19 0
Total 8 0 3 0 8 0 19 0
Paysandu 2018 6 0 6 0
Total 6 0 6 0
CSA 2019 2 0 5 0 7 0
Total 2 0 5 0 7 0
Total na carreira 185 9 15 0 29 2 82 2 311 13

Seleção[editar | editar código-fonte]

Brasil
Ano Jogos Gols
2012 1 0
Total 1 0
Todos os jogos pela seleção

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Santos
Fluminense
Paysandu
CSA
Seleção Brasileira

Categorias de Base[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Carlos Andrade Souza». Consultado em 1 de julho de 2012 
  2. [1]
  3. Carlinhos renova com o Fluminense até o fim de 2014
  4. Arsenal Sarandi X Fluminense - 18 abril 2012
  5. Flu sofre, vence o Arsenal e garante melhor campanha da fase de grupos
  6. Em jogo fraco tecnicamente, Santos e Flu empatam na Vila Belmiro
  7. Duas vezes campeão, Carlinhos afirma: "Melhor ano da minha vida"
  8. «Retrospectiva Fluminense - Setembro a Dezembro». Consultado em 1 de Janeiro de 2013 
  9. «Retrospectiva Fluminense - Janeiro a Abril». Consultado em 31 de Dezembro de 2012 
  10. «Empresário não descarta transferência de Carlinhos». Consultado em 13 de Janeiro de 2013 
  11. «Fred retorna com gol, Flu vence o Emelec e avança às quartas de final». Consultado em 8 de Maio de 2013 
  12. «Retrospectiva Fluminense - Maio a Agosto». Consultado em 29 de Dezembro de 2012 
  13. «CANETA, PASSE E GOL: ALEX COMANDA VITÓRIA DO LÍDER COXA SOBRE O FLU». Consultado em 6 de Junho de 2013 
  14. «Carlinhos recebe camisa pela marca de 150 jogos pelo Flu e diz querer 'dobrar'». Consultado em 12 de Junho de 2013 
  15. «Carlinhos volta a negar saída do Fluminense». Consultado em 13 de Junho de 2013 
  16. «Contra o Atlético-PR, Carlinhos completa marca histórica de 200 jogos pelo Flu». Consultado em 11 de Agosto de 2014 
  17. «Após realizar exames, lateral Carlinhos assina por três anos com o São Paulo». Consultado em 8 de Dezembro de 2014 
  18. «Inter contrata lateral-esquerdo Carlinhos». internacional.com.br. 31 de janeiro de 2017. Consultado em 31 de janeiro de 2017 
  19. «Inter não se movimenta por renovação e encaminha saída de Carlinhos». UOL Esporte. 6 de dezembro de 2017. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  20. Paysandu confirma contratação de Carlinhos, ex-Inter, São Paulo e Flu
  21. Carlinhos comemora volta à seleção após seis anos e espera permanecer desta vez
  22. «Galeria: TN10, Carlinhos e Nem posam com a "amarelinha"». Consultado em 10 de Dezembro de 2012 
  23. «Carlinhos mantém o sonho de ser novamente convocado para a Seleção». Consultado em 5 de Setembro de 2012 
  24. «De virada, Brasil vence a Argentina no Superclássico das Américas». Consultado em 20 de Setembro de 2012 
  25. «Argentina x Brasil - GLOBOESPORTE.com». Consultado em 21 de Novembro de 2012 
  26. http://globoesporte.globo.com/rj/futebol/campeonato-carioca/noticia/2013/05/botafogo-recebe-taca-e-domina-selecao-do-campeonato-carioca.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.