Rodrigo Caetano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodrigo Caetano
Informações pessoais
Nome completo Rodrigo Vilaverde Caetano
Data de nasc. 18 de fevereiro de 1970 (47 anos)
Local de nasc. Santo Antônio da Patrulha (RS),  Brasil
Altura 1,70 m
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Clube de Regatas do Flamengo (gerente de futebol)
Posição Dirigente esportivo
(ex-Meia-esquerda)
Clubes de juventude
Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1989–1991
1992–1993
1994–1995
1996
1996




1999
2001


Brasil Grêmio
Brasil Mogi Mirim
Brasil Brasil de Farroupilha
Brasil Juventude
Espanha Compostela
Brasil Náutico
Brasil América de Natal
Brasil Sport
Brasil Passo Fundo
Brasil Brasil de Farroupilha
Brasil Guarani-VA
Brasil Caxias
Venezuela Deportivo Táchira
Brasil São José-RS
Times/Equipas que treinou
2003–2004
2005–2009
2009–2011
2012–2013
2013–2014
2015–
Brasil RS Futebol (superintendente de futebol)
Brasil Grêmio (gerente de futebol)
Brasil Vasco da Gama (gerente de futebol)
Brasil Fluminense (gerente de futebol)
Brasil Vasco da Gama (gerente de futebol)
Brasil Flamengo (gerente de futebol)

Rodrigo Vilaverde Caetano[1][2] (Santo Antônio da Patrulha, 18 de fevereiro de 1970) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meia-esquerda. Segundo o site Goal.com, suas características, apontadas por alguns de seus ex-companheiros, era de que ele era "canhoto, de bom arremate, organizado e “cheio de não me toque”".[3]

Atualmente trabalha como gerente de futebol do Flamengo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Rodrigo Caetano começou a jogar futebol nas categorias de base do Grêmio, treinado por Evaristo de Macedo. Canhoto, teve sua estreia na equipe principal em 1989, atuando como meia-esquerda, mas não emplacou e foi negociado com o Mogi Mirim.[4]

Nesta equipe, fez parte do plantel que tinha como destaques Rivaldo, Leto e Valber. Ao sair do Mogi Mirim, passou a defender clubes de menor expressão, passando por Brasil de Farroupilha-RS, Náutico, América-RN, Sport, Juventude, Caxias-RS, Deportivo Táchira-VEN e São José-RS.[4]

Foi vestindo a camisa do Juventude, em 1996, que Caetano teve seu melhor momento, chegando inclusive a assinar um pré-contrato com o Compostela, que, à época, disputava a primeira divisão do futebol espanhol. Uma lesão em um confronto contra o Internacional, no entanto, o afastou dos gramados por quase um ano e o negócio foi cancelado.[4]

Em 2003 recebeu o convite de Paulo César Carpegiani para dirigir o RS Futebol, do Rio Grande do Sul, e decidiu então encerrar a carreira de boleiro.[4]

Como dirigente esportivo[editar | editar código-fonte]

Entretanto, Rodrigo se destacou mesmo como diretor e gerente executivo de futebol[5], onde começou no Grêmio e despontou no Vasco da Gama. Ficou no clube carioca de 2009 a 2011, saindo após uma reunião no dia 15 de dezembro de 2011[6].

No início de 2012, Rodrigo acertou sua transferência para o Fluminense[7], onde continuou exercendo sua função como dirigente até o fim de 2013, quando foi demitido pelo então presidente, Peter Siemsen, pela má campanha no Campeonato Brasileiro desse mesmo ano[8].

Ainda no fim de 2013 após sondagens de clubes como o Internacional, Rodrigo Caetano acertou seu retorno ao Vasco da Gama[9].

No fim de 2014 assinou como o novo diretor-executivo do futebol Flamengo.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como diretor executivo e gerente de futebol[editar | editar código-fonte]

RS Futebol
Grêmio
Vasco da Gama
  • Brasil Campeonato Brasileiro - Série B: 2009
  • Rio de Janeiro Torneio Otávio Pinto Guimarães de Juniores (Sub-20): 2009
  • Espírito Santo (estado) Taça Cidade do Verde Juvenil (Sub-17): 2009
  • Brasil ESCUP Mirim (Sub-13): 2009
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca Mirim (Sub-13): 2009
  • Rio de Janeiro Taça Guanabara Mirim (Sub-13): 2009
  • Rio de Janeiro Taça Rio Mirim (Sub-13): 2009
  • Brasil Copa Light Pré-Mirim (Sub-11): 2009
  • Rio de Janeiro Copa Unimed Pré-Mirim (Sub-11): 2009
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca Fraldinha (Sub-09): 2009
  • Rio de Janeiro Taça Rio Fraldinha (Sub-09): 2009
  • Rio de Janeiro Copa Zico Verão Fraldinha (Sub-09): 2009
  • Santa Catarina Copa da Hora: 2010
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca de Juniores (Sub-20): 2010
  • Rio de Janeiro Taça Rio de Juniores (Sub-20): 2010
  • Rio de Janeiro Super Copa Cidade de Valença Juvenil (Sub-17): 2010
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca Infantil (Sub-15): 2010
  • Brasil Copa Cidade Verde Mirim (Sub-13): 2010
  • Espírito Santo (estado) Copa Vila Velha Guri Mirim (Sub-13): 2010
  • Brasil Copa Light Pré-Mirim (Sub-11): 2010
  • Rio de Janeiro Copa Mangaratiba Pré-Mirim (Sub-11): 2010
  • Brasil Torneio Início JS de Dente-de-Leite (Sub-07): 2010
  • Brasil Copa do Brasil: 2011
  • Rio de Janeiro Taça Guanabara Juvenil (Sub-17): 2011
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca Infantil (Sub-15): 2011
  • Rio de Janeiro Taça Guanabara Infantil (Sub-15): 2011
  • Terra.png Mundialito Lisboa Cup Mirim (Sub-13): 2011
  • Rio de Janeiro Copa Rio Pré-Mirim (Sub-11): 2011
  • Rio de Janeiro Copa Unimed Pré-Mirim (Sub-11): 2011
Fluminense
Flamengo

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Como diretor executivo e gerente de futebol[editar | editar código-fonte]

Grêmio
Vasco da Gama
Flamengo

Referências

  1. NHOQUE, Danielle. «Que Fim Levou? Rodrigo Caetano». TerceiroTempo.com. Consultado em 17 de dezembro de 2013 
  2. «Rodrigo Caetano». oGol.com. Consultado em 17 de dezembro de 2013 
  3. goal.com/ Desconhecido como jogador, Rodrigo Caetano se destaca como dirigente
  4. a b c d terceirotempo.bol.uol.com.br/ Que Fim Levou? Rodrigo Caetano
  5. MARINHO, Bruno Marinho & CIANTAR, Rodrigo (27 de outubro de 2010). «Desconhecido como jogador, Rodrigo Caetano se destaca como dirigente». Lance!.net 
  6. CAVALIERI, Rafael (15 de dezembro de 2011). «Rodrigo Caetano deixa o Vasco». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  7. DE SÁ, Edgard Maciel (5 de janeiro de 2012). «Rodrigo Caetano assina com o Flu, e apresentação será na segunda-feira». GloboEsporte.com. Consultado em 6 de janeiro de 2012 
  8. NADDEO, André (10 de dezembro de 2013). «Siemsen anuncia saída de Rodrigo Caetano; Dorival fica na corda bamba». Terra.com. Consultado em 17 de dezembro de 2013 
  9. ZARKO, Raphael (25 de dezembro de 2013). «Dirigente confirma volta de Caetano e segundo reforço estrangeiro no Vasco». GloboEsporte.com. Consultado em 27 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dirigente do Grêmio
2005–2009
Sucedido por
Precedido por
Carlos Alberto Lancetta
Ricardo Gomes
Dirigente do Vasco da Gama
2009–2011
2013–
Sucedido por
Daniel Freitas
Precedido por
Dirigente do Fluminense
2012–2013
Sucedido por
Felipe Ximenes