Rodrigo Batista da Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rodriguinho
Informações pessoais
Nome completo Rodrigo Batista da Cruz
Data de nasc. 2 de fevereiro de 1983 (35 anos)
Local de nasc. Santos, São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 74 m
Destro
Apelido Rodriguinho
Informações profissionais
Período em atividade 2005presente (11 anos)
Clube atual Brasil Portuguesa Santista
Posição Atacante
Clubes de juventude
2003
20042005
Brasil Santos
Brasil Portuguesa Santista
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005
20052006
2006
2006
2007
20072008
2009
20092010
20102013
2011
2012
2013
2013
2014
2014
2015
2016
2016
2016
2017
2017
2018
Brasil Portuguesa Santista
Brasil Sport
Brasil São Caetano
Brasil Ituano
Brasil Rio Branco
Brasil SEV Hortolândia
Brasil Rio Branco
Brasil Santo André
Brasil Fluminense
Brasil Atlético Paranaense (emp.)
Brasil Portuguesa (emp.)
Brasil Avaí (emp.)
Coreia do Sul Jeju United
Brasil Linense
Brasil Santo André
Brasil Oeste
Brasil São Bento
Brasil Osasco Audax
Brasil River-PI
Brasil Tricordiano
Brasil Desportivo Brasil
Brasil Portuguesa Santista


0002 0000(0)




0031 000(15)
0061 000(22)
0009 0000(0)
0031 0000(3)
0014 0000(4)
0003 0000(0)
0006 0000(0)
0002 0000(1)
0020 0000(3)
0005 0000(0)
0002 0000(0)
0006 0000(0)
0010 0000(1)
0013 0000(0)
0004 0000(0)

Rodrigo Batista da Cruz, mais conhecido como Rodriguinho (Santos, 2 de fevereiro de 1983), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Portuguesa Santista.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a jogar bola no time mirim do Santos, e pouco antes de se tornar profissional atuou em outro time da baixada santista, a Portuguesa Santista.

Se tornou profissional em 2005 jogando pela Briosa, onde disputou o Campeonato Paulista. No mesmo ano se transferiu para o Sport, onde jogou Campeonato Brasileiro Série B, e saiu do time em Julho de 2006 por que estava insatisfeito com a reserva.

Santo André[editar | editar código-fonte]

Em 2009 chegou ao Santo André, como um desconhecido, e na reta final do Campeonato Brasileiro foi titular absoluto da equipe, mas não conseguiu evitar a queda do Ramalhão para a segunda divisão. Em 2010 brilhou na campanha do Santo André no Campeonato Paulista de 2010 que se classificou em 2° lugar na fase de classificação, e se tornou artilheiro com 15 gols com várias atuações decisivas, ajudando o time a chegar as finais do Campeonato, onde acabou sendo vice campeão.

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Devido as boas atuações pelo Ramalhão, acabou contratado pelo Fluminense logo após o término do Campeonato Paulista. Fez sua estréia no dia 15 de maio de 2010, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, onde o Fluminense ganhou de 1-0 a equipe do Atlético Goianiense. Chegou com status de titular, mas devido a queda de produção foi para reserva. Após marcar apenas um gol em mais de 10 jogos, no Fla-Flu da 4ª Rodada, ganhou nova chance com a contusão de Emerson e voltou a marcar gols após meses, destacando a partida contra o Flamengo no empate em 3x3, pela 22ª Rodada, na qual fez dois gols, sendo um deles um golaço. Após passe de Diogo, Rodriguinho deu uma arrancada, um drible seco no zagueiro do Flamengo David Braz e mandou para o gol sem chance para Marcelo Lomba, mostrando a sorte que tem nos clássicos contra o Flamengo. Rodriguinho ainda fez outros gols importantes na campanha do Fluminense, como contra o Vitória e Grêmio Prudente, além de sofrer penaltis contra o rubro-negro baiano e no empate com o Goiás no Engenhão. Rodriguinho terminou a competição com 26 jogos e 5 gols, fazendo parte do time do Fluminense Campeão Brasileiro de 2010.

Atlético-PR[editar | editar código-fonte]

Em 24 de Julho de 2011, acerta sua transferência por empréstimo para o Atlético-PR. Lá, fez parte do elenco que acabou rebaixado no Brasileirão 2011.

Portuguesa[editar | editar código-fonte]

No início de 2012, com o término de seu empréstimo ao Atlético-PR, foi novamente emprestado pelo Fluminense pois não estava nos planos do técnico Abel Braga para a temporada 2012. Acertou com a Portuguesa, então campeã brasileira da Série B, por um ano[1].

Avaí[editar | editar código-fonte]

No início de 2013, com o término de seu empréstimo ao Portuguesa, acertou o empréstimo com o Avaí por um ano.[2]. Mas como não teve muitas oportunidades ao longo do Campeonato Catarinense, acabou dispensado ao fim da competição.[3]

Jeju United[editar | editar código-fonte]

Após terminar seu contrato com o Fluminense em 23.05.2013, o atleta assinou contrato de um ano com o Jeju United da Coréia do Sul.

Linense[editar | editar código-fonte]

Sem ser aproveitado no Jeju United, acertou com o Linense, para a temporada de 2014.

Santo André[editar | editar código-fonte]

Acertou, em julho de 2014, com o Santo André, para disputar o Campeonato Paulista.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasil Sport
Brasil Fluminense

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Portuguesa

Vice-Artilharias[editar | editar código-fonte]

Santo André

Referências

  1. «Portuguesa anuncia contratação do atacante Rodriguinho». Consultado em 9 de janeiro de 2012 
  2. «Avaí encaminha acerto com Rodriguinho, emprestado pelo Flu». Consultado em 4 de janeiro de 2013 
  3. «Avaí apresenta cinco reforços e dispensa seis». Futebol SC. 7 de maio de 2013. Consultado em 10 de maio de 2013 
  4. Meu Timão. «Amistosos 2012 - Corinthians 0 x 1 Portuguesa». Meutimao.com.br. Consultado em 23 de janeiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]