Saltar para o conteúdo

Kaio Jorge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kaio Jorge
Informações pessoais
Nome completo Kaio Jorge Pinto Ramos
Data de nascimento 24 de janeiro de 2002 (22 anos)
Local de nascimento Olinda, Pernambuco, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,82 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Cruzeiro
Posição centroavante
Clubes de juventude
2007–2011
2011–2012
2013–2019
Náutico
Sport
Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2018–2021
2021–2024
2023–2024
2024–
Santos
Juventus
Frosinone (emp.)
Cruzeiro
00084 000(17)
00011 0000(0)
00022 0000(3)
00000 0000(0)
Seleção nacional
2017
2019
2020
Brasil Sub-15
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
00003 0000(4)
00011 0000(7)
00002 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 5 de junho de 2024.

Kaio Jorge Pinto Ramos[1] (Olinda, 24 de janeiro de 2002) é um futebolista brasileiro que atua como centroavante. Atualmente defende o Cruzeiro.

Começou a se destacar na base do Santos, o que lhe rendeu uma convocação para a Copa do Mundo Sub-17 de 2019. Na ocasião, o Brasil foi campeão em cima do México e o jogador faturou a chuteira de bronze, com cinco gols.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Náutico[editar | editar código-fonte]

Nascido em Olinda, Kaio Jorge começou sua carreira no futsal do Náutico, com apenas 6 anos. O garoto ganhou inúmeros títulos em todas as categorias juvenis no futsal do clube, além de ter marcado mais de 100 gols e ter sido capitão do time.[3]

Sport[editar | editar código-fonte]

Após conquistar tudo no clube dos Aflitos, Kaio se sentiu estagnado e pediu aos pais para trocar de clube, foi quando ingressou na base do Sport, com 9 anos, também no futsal. Ficou dois anos na base do Sport, onde também teve muito êxito e conquistou títulos. O atacante também alternou entre futsal e o campo, para se adaptar quando começasse a jogar profissionalmente.[3]

Testes no São Paulo e no Santos[editar | editar código-fonte]

Chegando na cidade de São Paulo para buscar mais oportunidades, Kaio Jorge foi primeiramente fazer um teste no São Paulo, onde chegou a ser aprovado, mas na época o Tricolor tinha um acordo com o Vitória: de emprestar atletas de sua base para a base do clube baiano.[4] Como o jogador e seus pais não tinham interesse em voltar ao Nordeste, a proposta foi recusada.[5]

Santos[editar | editar código-fonte]

Kaio então foi fazer um teste no Santos em novembro de 2012, no qual passou e entrou nas categorias de base no ano seguinte, 2013. Logo em seu primeiro ano pelo Peixe, marcou 17 gols em 16 jogos na base.[6] Como no Náutico e no Sport foi considerado um prodígio desde muito novo, e até então já havia obtido destaque no clube paulista, Kaio Jorge foi promovido para o time Sub-20 do Santos no dia 23 de novembro de 2017, com apenas 15 anos.[7]

2018[editar | editar código-fonte]

O atacante realizou sua estreia como profissional no dia 21 de setembro de 2018, substituindo Bruno Henrique numa partida contra o Athletico Paranaense. Aos 16 anos, oito meses e seis dias, Kaio Jorge tornou-se o sexto jogador mais jovem a estrear pelo Santos.[8]

2019[editar | editar código-fonte]

Kaio teve poucas oportunidades com o técnico argentino Jorge Sampaoli em 2019, tendo atuado em somente sete jogos na temporada (quatro jogos pelo Brasileiro e três pelo Paulista).[9]

2020[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de março, marcou seu primeiro gol pelo Santos na vitória de virada por 2–1 sobre o Defensa y Justicia, válida pela fase de grupos da Libertadores.[10][11]

Em 16 de dezembro, Kaio marcou o 5.º gol mais rápido da história da Copa Libertadores da América em um jogo contra o Grêmio. O gol foi marcado aos 11,4 segundos do primeiro tempo.[12] Além de ser o 5.º gol mais rápido da história da Libertadores, Kaio tornou-se o jogador brasileiro que marcou o gol mais rápido em uma edição da competição.[13][14] O Santos, que venceu por 4–1 no jogo de ida,[15] empatou em 1–1 e se classificou para a semifinal.

2021[editar | editar código-fonte]

Marcou seus primeiros gols na temporada 2021 no dia 6 de maio, ao fazer os dois gols do Peixe na derrota por 3–2 para o Palmeiras, em jogo válido pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista.[16] Já no dia 26 de maio, fez o único gol do Santos na derrota por 3–1 para o Barcelona de Guayaquil, válido pela última rodada Libertadores, jogo que culminou na eliminação santista ainda na fase de grupos.[17]

Em 1 de junho, fez um dos gols da vitória por 2–0 sobre o Cianorte, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.[18] No jogo seguinte, em 5 de junho, fez um dos gols na vitória por 3–1 sobre o Ceará, na 2.ª rodada do Campeonato Brasileiro.[19] No dia 27 de junho, deu uma assistência para Jean Mota abrir o placar da vitória de 2–0 sobre o Atlético Mineiro, válida pela 7.ª rodada do Brasileirão.[20]

No dia 15 de julho, fez o único gol do Peixe na vitória de 1–0 sobre Independiente no jogo de ida das oitavas da Sul-Americana.[21] Kaio Jorge balançou as redes também no jogo de volta, sendo um empate de 1–1 que classificou o Santos no agregado devido a vitória no jogo de ida.[22] Com o gol, o atacante tornou-se o líder em participações para gol na temporada, participando de diretamente em 11 gols do Peixe, sendo oito gols feitos e três assistências distribuídas.[23] Ao todo, Kaio Jorge realizou 84 jogos pelo clube santista e marcou 17 gols.[24]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Em 2 de agosto de 2021, foi anunciado sua ida para a Juventus no valor de 3 milhões de euros, (18 milhões de reais), assinando contrato até 2026.[25] A equipe italiana parcelou o valor em duas vezes mais uma quantia a ser paga se Kaio cumprir as metas estabelecidas em contrato, além do Santos ter prioridade caso houver uma possibilidade de empréstimo a algum clube brasileiro.[26] Sua apresentação oficial ocorreu no dia 25 de agosto, com o atacante escolhendo usar a camisa 21.[27]

Realizou sua estreia pelo clube no dia Turim em 3 de outubro, na vitória de 1–0 sobre o Torino na 7ª rodada da Serie A, entrando nos minutos finais no lugar de Federico Chiesa.[28] Após ter atuado apenas um minuto em sua estreia e não estar empolgando o técnico Massimiliano Allegri, Kaio Jorge acabou cortado da lista de inscritos da Liga dos Campeões e foi integrado a Juventus Sub-23.[29] Logo em sua primeira partida pelo Sub-23, fez um dos gols do empate de 2–2 com o AlbinoLeffe, na 10.ª rodada da Serie C da Itália.[30]

Kaio sofreu grave lesão no joelho no dia 23 de fevereiro de 2022, quando atuava pela equipe Sub-23. Retornou aos gramados apenas em 9 de agosto de 2023, onde fez um hat-trick na goleada de 8–0 sobre a Juventus B em um amistoso.[31]

Frosinone[editar | editar código-fonte]

Após não ser utilizado nos dois primeiros jogos da Juventus na temporada 2023–24, em 29 de agosto de 2023 foi anunciado seu empréstimo ao Frosinone por uma temporada, no intuito de ganhar mais tempo de jogo.[32]

Em 16 de dezembro de 2023, Kaio Jorge voltou a marcar um gol após dois anos e meio, na derrota de seu time por 2 a 1 fora de casa para o Lecce.[33]

Foram ao todo 22 partidas, três gols e uma assistência pela equipe, não conseguindo ajudar a evitar o rebaixamento à Segunda Divisão.[34]

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Em 5 de maio de 2024, o Cruzeiro acertou junto à Juventus a contratação de Kaio Jorge por 7,2 milhões de euros (R$ 41,5 milhões) divididos em três parcelas, além de um contrato de cinco anos.[35]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-15[editar | editar código-fonte]

Em 27 de outubro de 2017, foi convocado pela Seleção Brasileira Sub-15 para o Campeonato Sul-Americano da categoria.[36] Kaio Jorge atuou em todas as partidas do vice-campeonato, marcando inclusive na final, mas sem conseguir impedir a derrota por 3 a 2 para a Argentina.[37]

Sub-17[editar | editar código-fonte]

Em 2019, pela Seleção Brasileira Sub-17, disputou o Sul-Americano e o Mundial da categoria. Na Copa do Mundo Sub-17, além do título, Kaio Jorge conquistou a chuteira de bronze, com cinco gols marcados.[2]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em 24 de novembro de 2020, foi convocado pelo técnico André Jardine para a disputa de um quadrangular amistoso com as seleções de Chile, Bolívia e Peru, nos dias 12, 15 e 18 de dezembro, respectivamente.[38] Sua apresentação seria no dia 7 de dezembro, mas como Yeferson Soteldo testou positivo para a COVID-19 e o Santos teria um importante duelo contra o Grêmio na Libertadores, o Peixe solicitou a liberação provisória do jogador, que foi concedida pela CBF.[39] Como a data de apresentação à seleção foi transferida para o dia 10, o Santos entrou com novo pedido para a liberação total do atleta e conseguiu,[40] com Kaio não se apresentando à Seleção e continuando no clube.[41]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 23 de fevereiro de 2022

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Santos 2018 1 0 0 1 0 0
2019 3 0 0 4 0 0 7 0 0
2020 28 4 1 1 0 0 12 5 0 7 0 0 48 9 1
2021 10 1 2 2 1 0 9 3 1 7 3 0 28 8 3
Total 42 5 3 3 1 0 21 8 1 18 3 0 84 17 4
Juventus Sub-23 2021–22 2 1 0 2 1 0
Total 2 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 1 0
Juventus 2021–22 9 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 0
Total 9 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 0 11 0 0
Total na carreira 53 6 3 5 1 0 21 8 1 18 3 0 97 18 4

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Kaio Jorge: Menino da Vila, trapstar e goleador da Seleção Sub-17». Confederação Brasileira de Futebol. 18 de outubro de 2019. Consultado em 8 de junho de 2024 
  2. a b «Chuteira de bronze do Mundial, Kaio Jorge terá mais chances em 2020». Diário do Peixe. 18 de novembro de 2019. Consultado em 13 de abril de 2020 
  3. a b Lucas Liausu (1 de novembro de 2018). «A trajetória de Kaio Jorge: do futsal de Sport e Náutico a contrato milionário no Santos». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  4. «Conheça Kaio Jorge, a promessa aprovada em 5 minutos». Diário do Peixe. 20 de setembro de 2018. Consultado em 8 de junho de 2024 
  5. Laura Fonseca e Renato Cury (10 de janeiro de 2021). «Entenda como Kaio Jorge chegou ao Santos após "arrebentar" no São Paulo e virou xodó de Cuca». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  6. «Foto de Kaio Jorge, ainda criança, com Diego Souza viraliza após goleada do Santos no Grêmio». ge. 17 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  7. Antonio Marcos (23 de novembro de 2017). «Destaque no Sul-Americano sub-15, Kaio Jorge é promovido ao sub-20 do Santos». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  8. Gabriel dos Santos (1 de outubro de 2018). «Kaio Jorge é o sexto mais jovem da história a estrear pelo Santos: "Futuro promissor", diz Cuca». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  9. Rafael Santos (10 de janeiro de 2020). «Com poucas oportunidades em 2019, Kaio Jorge quer entender Jesualdo para "dar certo" no Santos». Bolavip Brasil. Consultado em 8 de junho de 2024 
  10. Lucas Musetti Perazolli (3 de março de 2020). «Alterações funcionam e Santos vence o Defensa y Justicia». Terra. Consultado em 8 de junho de 2024 
  11. Bruno Giufrida e Laura Fonseca (4 de março de 2020). «Kaio Jorge revela choro da mãe após gol no Santos: "Venderam tudo para eu estar aqui"». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  12. «Kaio Jorge faz quinto gol mais rápido da história da Libertadores; veja ranking». Goal.com. 16 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  13. «Kaio Jorge, do Santos, faz o quinto gol mais rápido da história da Libertadores; veja lista». ge. 16 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  14. Rodolfo Rodrigues (16 de dezembro de 2020). «Kaio Jorge, do Santos, fez o 5° gol mais rápido da história da Libertadores». UOL. Consultado em 8 de junho de 2024 
  15. Cristiano Munari (16 de dezembro de 2020). «Grêmio desmorona na Vila Belmiro, leva 4 a 1 do Santos e está fora da Libertadores». GZH. Consultado em 8 de junho de 2024 
  16. Gabriel dos Santos (6 de maio de 2021). «Atuações do Santos: Kaio Jorge marca dois, mas defesa vive noite desastrosa em clássico». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  17. «Santos perde de novo para o Barcelona-EQU e se despede da Libertadores». Lance!. 26 de maio de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  18. «Santos vence Cianorte por 2 a 0 e fica perto de avançar na Copa do Brasil». UOL. 1 de junho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  19. «Santos supera o Ceará na Vila Belmiro e vence a primeira no Brasileirão». UOL. 5 de junho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  20. «Santos vence o Atlético-MG e mantém invencibilidade na Vila Belmiro». Gazeta Esportiva. 27 de junho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  21. «Santos 1 x 0 Independiente: Peixe vence jogo de ida e tem vantagem do empate na Sul-Americana». Goal.com. 15 de julho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  22. «João Paulo brilha, Kaio Jorge marca e Santos elimina o Independiente na Copa Sul-Americana». Lance!. 22 de julho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  23. «Kaio Jorge lidera as participações em gols na equipe do Santos». Gazeta Esportiva. 23 de julho de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  24. Vladimir Bianchini (2 de fevereiro de 2024). «Kaio Jorge revela que foi procurado por 8 times do Brasil e diz por que ficou na Itália». ESPN Brasil. Consultado em 8 de junho de 2024 
  25. «Kaio Jorge chega a Turim para assinar com a Juventus e é tietado por torcedores; veja». ge. 4 de agosto de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  26. Bruno Giufrida (31 de julho de 2021). «Juventus aceita pagar valor pedido pelo Santos para ter Kaio Jorge imediatamente». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  27. «Kaio Jorge exalta Cristiano Ronaldo em apresentação na Juve». Terra. 25 de agosto de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  28. «Kaio Jorge estreia, Locatelli marca no fim, Juventus vence o Torino em dérbi e encosta no G-4 do Italiano». ESPN Brasil. 2 de outubro de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  29. «Ex-Santos, Kaio Jorge é 'rebaixado' para Sub-23 da Juventus por falta de espaço». OneFootball. 19 de outubro de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  30. «Kaio Jorge marca em jogo pelo Sub-23 da Juventus». OneFootball. 20 de outubro de 2021. Consultado em 8 de junho de 2024 
  31. «Kaio Jorge volta na Juventus depois de 18 meses e brilha em amistoso». ge. 9 de agosto de 2023. Consultado em 8 de junho de 2024 
  32. «Atacante Kaio Jorge, ex-Santos, é emprestado pela Juventus ao Frosinone». ge. 29 de agosto de 2023. Consultado em 8 de junho de 2024 
  33. «Ex-Santos, Kaio Jorge, do Frosinone, volta a marcar após dois anos e meio». ge. 16 de dezembro de 2023. Consultado em 8 de junho de 2024 
  34. «Cruzeiro anuncia acordo com Juventus por Kaio Jorge». ge. 5 de junho de 2024 
  35. https://www.cnnbrasil.com.br/esportes/futebol/cruzeiro/juventus-revela-quanto-cruzeiro-pagou-por-kaio-jorge-veja-valores/
  36. «Seleção Sub-15 é convocada para Sul-Americano». Confederação Brasileira de Futebol. 27 de outubro de 2017. Consultado em 8 de junho de 2024 
  37. «Brasil abre 2 a 0, mas Argentina vira e é campeã do Sul-Americano Sub-15». ge. 19 de novembro de 2017. Consultado em 8 de junho de 2024 
  38. «Com Gabriel Veron e Kaio Jorge, André Jardine convoca Seleção Brasileira sub-20». Gazeta Esportiva. 24 de novembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  39. «Santos define situação de Kaio Jorge após convocação para Seleção Brasileira sub-20; entenda!». Sportbuzz. 7 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  40. Bruno Giufrida (10 de dezembro de 2020). «Sem Soteldo, Santos pede liberação de Kaio Jorge da seleção sub-20». ge. Consultado em 8 de junho de 2024 
  41. «Kaio Jorge não se apresenta à seleção e pode jogar contra o Flamengo». Esporte News Mundo. 11 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de junho de 2024 
  42. «NXGN 2021: como estão as promessas do futebol da edição?». Goal.com. 22 de março de 2022. Consultado em 8 de junho de 2024 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]