Cônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Konya)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde junho de 2010).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Turquia Cônia

Cónia, Icônio, Icónio

 
—  Área metropolitana (büyükşehir)  —
City of Konya.jpg
Localização da cidade e província de Cônia na Turquia
Localização da cidade e província de Cônia na Turquia
Coordenadas 37° 52' N 32° 29' E
Região Anatólia Central
Província Cônia
Administração
 - Governador (vali) Osman Aydın
 - Prefeito (belediye başkanı) Tahir Akyürek
Altitude 1 030 m
Altitude máxima 1 200 m
População (2009) [1]
 - Total 1 003 373
Código postal 42000
Prefixo telefónico 332
Sítio Governo distrital: www.konya.gov.tr
Prefeitura: www.konya.bel.tr

Cônia (português brasileiro) ou Cónia (português europeu)[2][3] (em turco: Konya, Koniah, Konieh, Qunia; em turco otomano: قونیه), chamada historicamente de Icônio (português brasileiro) ou Icónio (português europeu), em latim: Iconium; em grego: Ικόνιον; transl.: Ikónion , lit. imagem) é uma cidade da Turquia situada na região de Anatólia Central, capital da área metropolitana (em turco: büyükşehir) e da província de Cônia, a maior da Turquia em superfície. Em 2009, a população do conjunto dos distritos urbanos era de 1 003 373.[1] A altitude média da cidade é 1 030 m.

História[editar | editar código-fonte]

Depois da queda do império hitita no século XIII a.C., a cidade esteve sob o domínio de frígios, licónios, capadócios e galatas. Com o domínio romano, ficou localizada no sul da província romana da Galácia. O nome Iconium foi provavelmente estabelecido pelos frígios que após a queda do império hitita, invadiram a Anatólia. Xenofonte descreve a cidade Iconium como a última cidade frígia.

O cristianismo na cidade[editar | editar código-fonte]

Segundo os Atos dos Apóstolos, Icônio foi visitada por São Paulo. Cônia é também considerada a terra natal de Santa Tecla.

De acordo com o capítulo 14 dos Atos, ao chegarem na cidade, Paulo e Barnabé teriam feito um discurso em uma sinagoga onde uma grande multidão de judeus e gregos converteram-se ao cristianismo. Os judeus não convertidos organizaram um motim juntamente com os gentios, com o objetivo de os apedrejarem, o que obrigou Paulo e Barnabé a fugirem para as cidades de Listra e Derbe, situadas na Licônia.

No entanto, apesar da perseguição sofrida pelo apóstolo, a Igreja foi estabelecida na cidade e viria a ser visitada por Paulo em ocasiões posteriores, tanto no retorno de sua primeira viagem missionária como em outras. Paulo escreveu uma epístola às comunidades cristãs da Galácia, a Epístola aos Gálatas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Address based population registration system (ABPRS) database». report.tuik.gov.tr (em inglês). TURKSTAT. Consultado em 6 de junho de 2010 
  2. Enciclopédia brasileira mérito. 1. São Paulo: Editôra Mérito S.A. 1967. p. 177 
  3. «Historia 16, Edições 123-128». Generalísimo: 16168. 1986 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cônia
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.