Grammy Latino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Latin Grammy Awards)
Latin Grammy Awards
Grammy Latino
Grammy Latino de 2021
Descrição Excelência em realizações da indústria musical latina
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 2000
Última cerimónia 2021
Apresentação Academia Latina da Gravação
Cobertura televisiva
Estação CBS (2000–2004)
Univision (2005–presente)
Sítio oficial

O Prêmio Grammy Latino (em inglês: Latin Grammy Awards) é uma premiação internacional organizada pela Academia Latina da Gravação que celebra a excelência na música latina.[1] A primeira cerimônia foi realizada no Staples Center, em Los Angeles , em 13 de setembro de 2000 e foi exibida pela rede CBS. Foi a primeira vez que uma grande rede de televisão aberta dos Estados Unidos transmitiu um programa em língua espanhola no horário nobre.[2]

Qualquer álbum que tenha sido lançado no mercado durante o período de elegibilidade (entre um intervalo de 1 ano) e que tenha sido gravado em português ou espanhol pode concorrer ao Grammy Latino. Os comitês que são formados por voluntários da Academia podem, por maioria de votos, permitir que algum produto que tenha sido gravado em línguas e/ou dialetos regionais tais como catalão, basco, galego, valenciano, náuatle, guarani, quechua ou maia possam ser considerados ao prêmio.[3]

Desde 2005, o Grammy Latino é transmitidos nos Estados Unidos pela rede de televisão Univision, consolidando-se como programa de maior audiência do canal[4] e o programa latino mais assistido nos Estados Unidos.[5]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Academia Latina da Gravação foi formada pela Academia Nacional de Artes e Ciências da Gravação (atual Academia de Gravação) em 1997, tendo como fundadores Michael Greene, Rudy Pérez e Mauricio Abaroa. Pérez foi o primeiro presidente do conselho da filial do Grammy na Flórida. O conceito de um Grammy separado para música latina começou em 1989.[6] De acordo com os organizadores, o Grammy Latino foi criado porque o universo da música latina foi considerado grande demais para caber no Grammy Awards.[7] A Academia Latina da Gravação define música latina como uma canção gravada em espanhol ou português.[8] O Grammy Latino abrange principalmente músicas lançadas na América Latina, Espanha, Portugal e Estados Unidos.[9][10] Em 2000, foi anunciado que a 1ª edição dos prêmios aconteceria no Staples Center em 13 de setembro daquele ano. Em 7 de julho de 2000, as indicações foram anunciadas em Miami, Flórida. O Grammy Latino foi apresentado com mais de 39 categorias incluídas, limitadas a gravações em espanhol e português. A edição do ano seguinte foi cancelada devido aos ataques de 11 de setembro de 2001, que era o mesmo dia em que o show aconteceria.[11] Em 2002, a Academia elegeu seu primeiro Conselho de Curadores independente. Em 2005, a transmissão da cerimônia foi transferida da rede CBS para a Univision.

Os membros votantes da Academia moram em várias regiões dentro e fora dos EUA, incluindo América Latina e Península Ibérica.[12] Para que uma gravação seja elegível para uma indicação, ela deve ter pelo menos 51% de seu conteúdo gravado em espanhol ou português e ter sido lançado comercialmente na América do Norte, América Central, América do Sul, Caribe, Espanha ou Portugal.[13] As gravações em línguas e dialetos da Ibero-América como catalão, basco, galego, valenciano, náuatle, guarani, quíchua ou maia podem ser aceitas por maioria de votos dos comitês da Academia Latina da Gravação. O período de elegibilidade é de 1º de junho a 30 de maio para a respectiva cerimônia de premiação. As canções são primeiro inseridas e depois revisadas para determinar os prêmios para os quais são elegíveis. Depois disso, os membros enviam seus votos e as cinco gravações mais citadas em cada categoria tornam-se as indicadas. Após as indicações, os membros enviam seus votos para determinar os respectivos vencedores. Eles são anunciados mais tarde na cerimônia do Grammy Latino. O atual presidente e CEO da Academia é Manuel Abud, que sucedeu Gabriel Abaroa em 2021.[14]

Ao todo três eventos são organizados: o Life Achievement, quando artistas renomados são homenageados pelo conjunto da obra; Personalidade do Ano, quando um artista é homenageado em um jantar de gala, e o próprio Grammy Latino, que reúne artistas de toda a América Latina e Península Ibérica e que hoje é transmitido ao vivo para 80 países pelo canal Univision (e TNT no Brasil).[15]

Categorias[editar | editar código-fonte]

Assim como no Grammy Award, há um campo geral composto por quatro categorias de prêmios sem gênero:

Geral

Pop

  • Melhor Álbum Vocal Pop
  • Melhor Álbum Vocal Pop Tradicional
  • Melhor Canção Pop

Premiado anteriormente:

Urbana

  • Melhor Performance Urbana
  • Melhor Performance de Reggaeton
  • Melhor Álbum de Música Urbana
  • Melhor Canção de Rap/Hip Hop
  • Melhor Canção Urbana

Rock

  • Melhor Álbum de Rock
  • Melhor Álbum Pop/Rock
  • Melhor Canção de Rock
  • Melhor Canção Pop/Rock

Premiado anteriormente:

  • Melhor Álbum Vocal Solo de Rock
  • Melhor Álbum Vocal de Rock em Dupla ou Grupo

Alternativa

  • Melhor Álbum de Música Alternativa
  • Melhor Canção Alternativa

Tropical

  • Melhor Álbum de Salsa
  • Melhor Álbum de Cumbia/Vallenato
  • Melhor Álbum de Merengue/Bachata
  • Melhor Álbum Tropical Contemporâneo
  • Melhor Álbum Tropical Tradicional
  • Melhor Canção Tropical

Premiado anteriormente:

  • Melhor Álbum de Fusão Tropical

Cantor/Compositor

  • Melhor Álbum de Cantor Compositor

Mexicano

  • Melhor Álbum de Música Ranchera/Mariachi
  • Melhor Álbum de Música Banda
  • Melhor Álbum de Música Texana
  • Melhor Álbum de Música Nortenha
  • Melhor Canção Regional

Premiado anteriormente:

  • Melhor Álbum Grupero

Música Instrumental

  • Melhor Álbum Instrumental

Música Tradicional

  • Melhor Álbum de Música Folclórica
  • Melhor Álbum de Tango
  • Melhor Álbum de Música Flamenca

Jazz

Cristã

Língua Portuguesa

Premiado anteriormente:

  • Melhor Álbum de Música Romântica

Infantil

Música Clássica

  • Melhor Álbum de Música Clássica
  • Melhor Obra/Composição Clássica Contemporânea

Arranjo

  • Melhor Arranjo

Projeto Gráfico

  • Melhor Projeto Gráfico de um Álbum

Produção

  • Melhor Álbum de Engenharia de Gravação
  • Produtor do Ano

Vídeo Musical

  • Melhor Vídeo Musical Versão Curta
  • Melhor Vídeo Musical Versão Longa

Prêmios especiais não competitivos também são concedidos em reconhecimento as contribuições para a indústria da música latina.

Cerimônias[editar | editar código-fonte]

# Ano Álbum do Ano Gravação do Ano Canção do Ano Artista Revelação Múltiplas vitórias Múltiplas indicações Ref.
1 2000 Luis Miguel
Amarte Es Un Placer
Santana
Maná
"Corazón Espinado"
Marc Anthony
"Dímelo"
Ibrahim Ferrer Luis Miguel
Santana
Maná (3)
Marc Anthony
Shakira
Fito Páez (5)
[16]
2 2001 Alejandro Sanz
El Alma Al Aire
Alejandro Sanz
"El Alma Al Aire"
Alejandro Sanz
"El Alma Al Aire"
Juanes Alejandro Sanz (4) Juanes (7) [17]
3 2002 Alejandro Sanz
MTV Unplugged
Alejandro Sanz
"Y Solo Se Me Ocurre Amarte"
Alejandro Sanz
"Y Solo Se Me Ocurre Amarte"
Jorge Moreno Alejandro Sanz (3) Carlos Vives (6) [18]
4 2003 Juanes
Un Día Normal
Juanes
"Es Por Ti"
Juanes
"Es Por Ti"
David Bisbal Juanes (5) Juanes (5) [19]
5 2004 Alejandro Sanz
No Es Lo Mismo
Alejandro Sanz
"No Es Lo Mismo"
Alejandro Sanz
"No Es Lo Mismo"
Maria Rita Alejandro Sanz (4) Alejandro Sanz (4) [20]
6 2005 Ivan Lins
Cantando Histórias
Alejandro Sanz
"Tú No Tienes Alma"
Alejandro Sanz
"Tú No Tienes Alma"
Bebe Juanes (3) Bebe (5) [21]
7 2006 Shakira
Fijación oral, Vol. 1
Shakira
Alejandro Sanz
"La Tortura"
Shakira
Alejandro Sanz
"La Tortura"
Calle 13 Shakira (4) Shakira (5) [22]
8 2007 Juan Luis Guerra
La Llave De Mi Corazón
Juan Luis Guerra
"La Llave De Mi Corazón"
Juan Luis Guerra
"La Llave De Mi Corazón"
Jesse & Joy Juan Luis Guerra (5) Juan Luis Guerra (5) [23]
9 2008 Juanes
La Vida... Es Un Ratico
Juanes
"Me Enamora"
Juanes
"Me Enamora"
Kany García Juanes (5) Juanes
Café Tacuba
Julieta Venegas (5)
[24]
10 2009 Calle 13
Los de Atrás Vienen Conmigo
Calle 13
Café Tacuba
"No Hay Nadie Como Tú"
Luis Fonsi
Aleks Syntek
Noel Schajris
David Bisbal
"Aquí Estoy Yo"
Alexander Acha Calle 13 (5) Calle 13 (5) [25]
11 2010 Juan Luis Guerra
A Son de Guerra
Camila
"Mientes"
Camila
"Mientes"
Alex Cuba Camila
Juan Luis Guerra (3)
Juan Luis Guerra
Jorge Drexler
Alejandro Sanz (4)
[26]
12 2011 Calle 13
Entren Los Que Quieran
Calle 13
"Latinoamérica"
Calle 13
"Latinoamérica"
Sie7e Calle 13 (9) Calle 13 (9) [27]
13 2012 Juanes
MTV Unplugged
Jesse & Joy
"¡Corre!"
Jesse & Joy
"¡Corre!"
3BallMTY Jesse & Joy (4) Juan Luis Guerra (6) [28]
14 2013 Draco Rosa
Vida
Marc Anthony
"Vivir Mi Vida"
Carlos Vives
"Volví A Nacer"
Gaby Moreno Carlos Vives
Sergio George (3)
Carlos Vives
Illya Kuryaki and the Valderramas
Javier Garza (5)
[29]
15 2014 Paco de Lucía
Canción Andaluza
Jorge Drexler
Ana Tijoux
"Universos Paralelos"
Enrique Iglesias
Descemer Bueno
Gente de Zona
"Bailando"
Mariana Vega Enrique Iglesias
Descemer Bueno
Gente de Zona (3)
Eduardo Cabra (10) [30]
16 2015 Juan Luis Guerra
Todo Tiene Su Hora
Natalia Lafourcade
"Hasta La Raíz"
Natalia Lafourcade
"Hasta La Raíz"
Monsieur Periné Natalia Lafourcade (4) Leonel García (6) [31]
17 2016 Juan Gabriel
Los Dúo, Vol. 2
Carlos Vives
Shakira
"La Bicicleta"
Carlos Vives
Shakira
"La Bicicleta"
Manuel Medrano Juan Gabriel
Carlos Vives
Shakira
Manuel Medrano
Yandel
Los Fabulosos Cadillacs
Illya Kuryaki and the Valderramas
Fonseca (2)
Djavan
Fonseca
Jesse & Joy (4)
[32]
18 2017 Rubén Blades
Salsa Big Band
Luis Fonsi
Daddy Yankee
"Despacito"
Luis Fonsi
Daddy Yankee
"Despacito"
Vicente García Luis Fonsi
Daddy Yankee (4)
Residente (9) [33]
19 2018 Luis Miguel
¡México Por Siempre!
Jorge Drexler
"Telefonía"
Jorge Drexler
"Telefonía"
Karol G Jorge Drexler (3) J Balvin (8) [34]
20 2019 Rosalía
El Mal Querer
Alejandro Sanz
Camila Cabello
"Mi Persona Favorita"
Pedro Capó
"Calma"
Nella Rosalía
Alejandro Sanz (3)
Alejandro Sanz (8) [35]
21 2020 Natalia Lafourcade
Un Canto por México, Vol. 1
Alejandro Sanz
"Contigo"
Residente
"René"
Mike Bahía Rosalía
Natalia Lafourcade
Carlos Vives (3)
J Balvin (13) [36]
22 2021 Rubén Blades
Roberto Delgado & Orquesta
SALSWING!
Caetano Veloso
Tom Veloso
"Talvez"
Yotuel
Gente De Zona
Descemer Bueno
Maykel Osorbo
El Funky
"Patria y Vida"
Juliana Velásquez Camilo (4) Camilo (10) [37]

Transmissões e audiência[editar | editar código-fonte]

Ano Rede Audiência
(em milhões)
Share (%) Fonte
2000 CBS 7.5 milhões 5.2/9 [38]
2001
2002 CBS 3.9 milhões 2.9/3.1
2003 4.9 milhões 3.4/3.69 [39]
2004 3.3 milhões 2.4/4 [40][41]
2005 Univision 5.1 milhões [42]
2006 5.7 milhões [43]
2007 6.2 milhões [44]
2008 5.8 milhões [45]
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015 4.0 milhões [46]
2016 3.20 milhões [40]
2017
2018 2.68 milhões 1.4/3 [47]
2019 3.44 milhões 1.8/4 [48]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Diferente do sucesso nos Estados Unidos, o Grammy Latino nunca despertou atenção do público brasileiro, o canal SBT comprou os direitos de transmissão da premiação, porém nunca os transmitiu ao vivo, e sim em edições especiais. Antes do SBT, a Rede Bandeirantes exibiu por dois anos os prêmios, porém os responsáveis pelo evento não gostaram da experiência com a emissora do Morumbi.[49][50][51]

Desde 2011, a cerimônia deixou de ser exibida pela TV aberta do Brasil, e era acompanhada pelo canal a cabo TNT até 2021.[51][52] O evento agora, será transmitido pelo canal Bis[53]

Críticas[editar | editar código-fonte]

Tal como acontece com o Grammy Awards, o Latin Grammy Awards também recebeu críticas de vários artistas e jornalistas musicais.

Após o anúncio da criação do Grammy Latino em 1999, vários jornalistas levantaram preocupações sobre os prêmios serem usados ​​como ferramenta de marketing pela grande mídia. Manny S. Gonzalez, do Vista En LA, achou que o prêmio seria usado apenas para anunciar artistas promovidos por Emilio Estefan. A falta de categorias para música não espanhola e de língua portuguesa tem sido criticada, nomeadamente por artistas que consideram o seu trabalho "latino" mas não são elegíveis para um Grammy Latino incluindo os do Haiti (que compararam o gênero musical compas ao merengue da República Dominicana, mas cantado em crioulo francês) e músicos celtas das regiões de Galiza e Astúrias na Espanha.[54] A exigência linguística também foi criticada por Tony Succar, cujo álbum, Unity: The Latin Tribute to Michael Jackson, não foi elegível para o prêmio apesar de ter sido gravado em salsa. Em resposta às críticas, um porta-voz da Academia Latina da Gravação declarou: "A Academia considera a música com base no conteúdo da própria gravação, não como o álbum ou o artista é comercializado externamente".[55] Em 2001, exilados cubanos morando em Miami protestaram no Latin Grammy Awards por permitir que músicos que moram em Cuba se apresentem no palco. Isso resultou na transferência do Grammy Latino para Los Angeles no ano seguinte (que no final seria cancelada após os ataques de 11 de setembro).[56]

Em outubro de 2010, o cantor e compositor venezuelano Franco De Vita chamou o Grammy Latino de "falso e enganoso" e afirmou que se ele fosse ganhar um prêmio, ele não iria aceitá-lo.[57] No ano seguinte, ele ganhou dois prêmios. O Grammy Latino foi recebido com reação negativa na cerimônia de premiação de 2019, quando nenhum dos artistas de música urbana foi indicado nas categorias gerais, apesar de sua popularidade. Isso levou vários artistas de reggaeton, incluindo Daddy Yankee e J Balvin, a boicotar o evento.

Referências

  1. «Grammy Latino 2020: conheça a lista completa dos indicados para a premiação». Mundo da Música. 29 de setembro de 2020. Consultado em 26 de abril de 2022 
  2. «Grammy Latino Rock The House» (em inglês). CBS News. 12 de setembro de 2000. Consultado em 26 de abril de 2022 
  3. «Latin GRAMMY Awards Return To Las Vegas November 2021» (em inglês). North Las Vegas. 18 de novembro de 2021. Consultado em 26 de abril de 2022 
  4. «The Latin Grammy Awards Celebrates Obama's Immigration Plan». 21 de novembro de 2014. p. Time. Consultado em 4 de maio de 2022 
  5. «14ª Entrega anual del Latin Grammy en Las Vegas» (em espanhol). Prensario Música. 26 de abril de 2013. Consultado em 26 de abril de 2022 
  6. Pareles, Jon (16 de setembro de 2000). «Critic's Notebook; Latin Faces Light Up TV Courtesy of The Grammys». The New York Times. Consultado em 5 de maio de 2022 
  7. Valdes-Rodriguez, Alisa (12 de setembro de 2000). «One Little Word, Yet It Means So Much». Los Angeles Times. Consultado em 5 de maio de 2022 
  8. Cobo, Leila (4 de setembro de 2004). «'The Academy's Big Responsibility Is The Diffusion Of Latin Music'». Billboard. 116 (36). p. 62. ISSN 0006-2510. Consultado em 5 de maio de 2022. Q: What is LARAS's definition of Latin music? A: Music in Spanish or Portuguese. 
  9. «Billboard Spotlights Spain & Portugal». Billboard. 111 (47). 20 de novembro de 1999. p. 91. ISSN 0006-2510. Consultado em 5 de maio de 2022 
  10. Fernandez, Enrique (5 de março de 2000). «After Birthing Pains, Latin Grammys Should Grow Strong». Sun-Sentinel. Consultado em 5 de maio de 2022 
  11. O'Toole, Caitlin (11 de setembro de 2001). «Emmys, Latin Grammys Canceled». People. Consultado em 5 de maio de 2022 
  12. Garza, Augustin (18 de maio de 2002). «Latin Grammys Struggle With Loss of Momentum». Los Angeles Times. Consultado em 5 de maio de 2022 
  13. «Membership Application» (PDF). Latingrammy.com. Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  14. Cobo, Leila (12 de maio de 2021). «Latin Recording Academy CEO Gabriel Abaroa Departing». Billboard. Consultado em 5 de maio de 2022 
  15. «Grammy Latino 2013». 22 de novembro de 2013. Consultado em 5 de maio de 2022 
  16. «Past Winners Search: 2000 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  17. «Past Winners Search: 2001 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  18. «Past Winners Search: 2002 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  19. «Past Winners Search: 2003 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  20. «Past Winners Search: 2004 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  21. «Past Winners Search: 2005 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  22. «Past Winners Search: 2006 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  23. «Past Winners Search: 2007 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  24. «Past Winners Search: 2008 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  25. «Past Winners Search: 2009 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  26. «Past Winners Search: 2010 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  27. «Past Winners Search: 2011 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  28. «Past Winners Search: 2012 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  29. «Past Winners Search: 2013 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  30. «Past Winners Search: 2014 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  31. «Past Winners Search: 2015 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  32. «Past Winners Search: 2016 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  33. «Past Winners Search: 2017 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  34. «Past Winners Search: 2018 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  35. «Past Winners Search: 2019 – General Field». The Latin Recording Academy. Consultado em 5 de maio de 2022 
  36. «Latin Grammy 2020: Los ganadores de la edición 21 de los premios». 20 de novembro de 2020. Consultado em 5 de maio de 2022 
  37. «THE LATIN ACADEMY OF RECORDING ARTS & SCIENCES, INC. 22nd Annual Latin GRAMMY Awards®» (PDF). Latin Recording Academy. 28 de setembro de 2021. Consultado em 5 de maio de 2022 
  38. Billboard (em inglês). [S.l.: s.n.] 13 de setembro de 2003 
  39. «Billboard». 20 de setembro de 2003 
  40. a b «Thursday Final Nationals: Latin Grammys on Univision Draw Record-Low in Average Viewership». Programming Insider (em inglês). 18 de novembro de 2016. Consultado em 5 de maio de 2022 
  41. Billboard (em inglês). [S.l.: s.n.] 11 de setembro de 2004 
  42. «More viewers see Latin Grammys». Los Angeles Times (em inglês). 4 de novembro de 2006. Consultado em 5 de maio de 2022 
  43. Billboard (em inglês). [S.l.: s.n.] 18 de novembro de 2006 
  44. Billboard (em inglês). [S.l.: s.n.] 3 de outubro de 2009 
  45. Billboard (em inglês). [S.l.: s.n.] 29 de novembro de 2008 
  46. «Thursday Final Nationals: ABC's TGIT Dramas Grow in Fall Finales, Latin Grammys Solid for Univision». Programming Insider (em inglês). 20 de novembro de 2015. Consultado em 5 de maio de 2022 
  47. «Thursday Final Ratings: Latin Grammys on Univision Rises Slightly in Total Viewers from Last Year». Programming Insider (em inglês). 16 de novembro de 2018. Consultado em 18 de março de 2022 
  48. «Thursday Final Ratings: Latin Grammys on Univision Reaches Four-Year High». Programming Insider (em inglês). 15 de novembro de 2019. Consultado em 5 de maio de 2022 
  49. «SBT exibe Grammy Latino só no sábado». Folha de S.Paulo. Consultado em 29 de outubro de 2013 
  50. «SBT tira "Grammy Latino" da Band». RD1. Consultado em 29 de outubro de 2013 
  51. a b «Band exibe Grammy Latino e faz premiação em São Paulo». Tele História. Consultado em 29 de outubro de 2013 
  52. «Grammy Latino 2013 You must go!». Consultado em 24 de janeiro de 2014 
  53. https://portalpopline.com.br/grammy-latino-multishow-bis-transmitir-premiacao/
  54. Valdes-Rodriguez, Alisa (25 de junho de 1999). «New Latin Grammys Introduced». Los Angeles Times. Consultado em 5 de maio de 2022 
  55. Cantor-Navas, Judy (22 de setembro de 2015). «Michael Jackson Salsa Tribute Album Producer Protests Not Being Eligible for Latin Grammys». Billboard. Consultado em 5 de maio de 2022 
  56. Vanhorn, Teri (20 de agosto de 2001). «Latin Grammys Relocated To Avoid Miami Protests». MTV. Consultado em 5 de maio de 2022 
  57. «Franco De Vita Dice Que Los Premios Latin Grammy Son Falsos». La Grande 107.5 (em espanhol). 7 de outubro de 2010. Consultado em 5 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]