Lei e Justiça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lei e Justiça
Prawo i Sprawiedliwość
Presidente Jarosław Kaczyński
Fundação 2001
Sede Varsóvia,  Polónia
Ideologia Nacionalismo polaco
Conservadorismo
Conservadorismo social
Democracia cristã
Populismo de direita
Intervencionismo económico
Eurocepticismo
Espectro político Direita
Ala jovem Forum Młodych Prawo i Sprawiedliwość
Membros  (2012) 21.766
Afiliação europeia Aliança dos Reformistas e Conservadores Europeus
Grupo no Parlamento Europeu Reformistas e Conservadores Europeus
Cores Azul e Vermelho

Lei e Justiça (em polaco: Prawo i Sprawiedliwość, PiS) é um partido populista de direita[1][2][3], nacional-conservador[4] e democrata-cristão[5] da Polónia. Com 216 assentos no Sejm e 56 no Senado, o PiS actualmente é o maior partido no parlamento polaco.

O partido foi fundado em 2001 pelos gémeos Kaczyński, Lech e Jarosław. Foi formado como uma cisão da Acção Eleitoral de Solidariedade (AWS), com o Acordo do Centro Democrático Cristão formando o núcleo do novo partido. O partido ganhou as eleições de 2005, enquanto Lech Kaczyński ganhou a presidência. Jarosław serviu como primeiro-ministro, antes de convocar eleições em 2007, em que o partido perdeu o poder para a Plataforma Cívica[6]. Vários membros importantes, incluindo o presidente polaco, Lech Kaczyński, morreram num acidente de avião em 2010[7].

O programa do partido é dominado pela agenda conservadora e de lei e ordem dos Kaczyński. O partido segue uma linha de intervencionismo económico[8], mantendo uma postura socialmente conservadora[9] que em 2005 se moveu próxima da linha da Igreja Católica. O partido também segue uma linha nacionalista[10], sendo crítico do federalismo europeu[11] e defendo a aliança da Polónia com a NATO[12].

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Sejm[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2001 4.º 1 236 787
9,5 / 100,0
44 / 460
Oposição
2005 1.º 3 185 714
27,0 / 100,0
Aumento17,5
155 / 460
Aumento111 Governo
2007 2.º 5 183 477
32,1 / 100,0
Aumento5,1
166 / 460
Aumento11 Oposição
2011 2.º 4 295 016
29,9 / 100,0
Baixa2,2
157 / 460
Baixa9 Oposição
2015 1.º 5 711 687
37,6 / 100,0
Aumento7,7
235 / 460
Aumento78 Governo

Senado[editar | editar código-fonte]

Data Deputados +/- Status Notas
2001
15 / 100
Oposição Senado 2001
2005
49 / 100
Aumento34 Governo
2007
39 / 100
Baixa10 Oposição
2011
31 / 100
Baixa8 Oposição
2015
61 / 100
Aumento30 Governo

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

Apoiado

1ª Volta 2ª Volta
CI. Votos % CI. Votos %
2005 Lech Kaczyński 2.º 4 947 027
33,1 / 100,0
1.º 8 257 468
54,0 / 100,0
2010 Jarosław Kaczyński 2.º 6 128 255
36,5 / 100,0
2.º 7 919 134
47,0 / 100,0
2015 Andrzej Duda 1.º 5 179 092
34,8 / 100,0
1.º 8 630 627
51,6 / 100,0

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
2004 3.º 771 858
12,7 / 100,0
7 / 54
2009 2.º 2 017 607
27,4 / 100,0
Aumento14,7
15 / 50
Aumento8
2014 2.º 2 246 870
31,8 / 100,0
Aumento4,4
18 / 51
Aumento4

Referências

  1. Press, The Associated. «http://www.haaretz.com/misc/haaretzcomsmartphoneapp/1.721292». www.haaretz.com (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2017  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  2. Gwiazda, Anna (24 de julho de 2015). Democracy in Poland: Representation, Participation, Competition and Accountability Since 1989 (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 9781317396215 
  3. «A conservative enigma». The Economist (em inglês) 
  4. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». parties-and-elections.eu. Consultado em 18 de setembro de 2017 
  5. Hierlemann, Dominik (27 de fevereiro de 2015). Lobbying der katholischen Kirche: Das Einflussnetz des Klerus in Polen (em alemão). [S.l.]: Springer-Verlag. ISBN 9783322807557 
  6. Traynor, Ian; editor, Europe (22 de outubro de 2007). «Opposition triumph in Polish election». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  7. Kulish, Nicholas; Barry, Ellen; Piotrowski, Michal (10 de abril de 2010). «Polish President Dies in Jet Crash in Russia». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  8. Tiersky, Ronald; Jones, Erik (2007). Europe Today: A Twenty-first Century Introduction (em inglês). [S.l.]: Rowman & Littlefield. ISBN 9780742555013 
  9. «Why is Poland's government worrying the EU?». The Economist (em inglês) 
  10. Traub, James (2 de novembro de 2016). «The Party That Wants to Make Poland Great Again». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  11. Szczerbiak, Aleks; Taggart, Paul (24 de abril de 2008). Opposing Europe?: The Comparative Party Politics of Euroscepticism : Volume 1: Case Studies and Country Surveys: Volume 1: Case Studies and Country Surveys (em inglês). [S.l.]: OUP Oxford. ISBN 9780191531620 
  12. Crawford, Charles (26 de outubro de 2015). «Who are Poland's victorious Law and Justice party, and what do they want?» (em inglês). ISSN 0307-1235