Médio Império Assírio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Aššūrāyu
Médio Império Assírio
Blank.png
 
Blank.png
1 392 a.C. – 934 a.C. Blank.png
Localização de Assíria
Assíria no fim da Idade do Bronze
Continente Ásia
Região Oriente Médio
Capital Assur
Língua oficial Acádio
Governo Monarquia
Rei
 • 1365–1 330 a.C. Assurubalite I (primeiro)
 • 967–934 a.C. Tiglate-Pileser II (último)
Período histórico Idade do Bronze
 • 1 392 a.C. Independência de Mitani
 • 934 a.C. Ascensão de Assurdã II
Atualmente parte de  Síria
 Iraque

O Médio Império Assírio foi um período da história da Assíria entre a queda do Antigo Império Assírio e a formação do Império Neoassírio.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A área assíria era controlada pelo Reino de Mitani por volta do ano 1 400 a,c a.C., porém sua influência na região estava caindo devido aos conflitos com os hititas. O povo assírio aproveitou a oportunidade para conquistar sua autonomia, com o rei Assurubalite I finalmente conseguindo a independência por volta de 1 392 a.C. ao derrotar os mitanitas e os hititas, conquistando grandes porções de terras.[1]

A expansão territorial continuou no reinado de Adadenirari I, que levou o império para o norte e sul, expulsando os hititas das terras e conquistando Mitani completamente. Seu filho Salmanaser I completou a destruição dos mitanitas e absorveu sua cultura. O rei Tuculti-Ninurta I continuou o expansionismo, derrotando os babilônios e os hititas, além de continuar políticas de relocação de populações iniciada por Adadenirari I, porém a Assíria entrou em um período de estase depois de sua morte.[1]

Tiglate-Pileser I retomou a expansão territorial e também revitalizou a economia. Seu filho Assurbelcala foi desafiado no trono por um usurpador, levando o império para uma guerra civil que permitiu que certas regiões escapassem do domínio assírio. A Assíria começou a diminuir com ataques estrangeiros e rebeliões internas até a ascensão de Assurdã II, que conseguiu estabilizar o país e reiniciar as expansões.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Mark, Joshua J. (12 de junho de 2014). «Assyria». Ancient History Encyclopedia. Consultado em 8 de setembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um país extinto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.