Miron Cristea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Miron Cristea
Nascimento 20 de julho de 1868
Toplița
Morte 6 de março de 1939 (70 anos)
Cannes
Sepultamento Catedral Patriarcal de Bucareste
Cidadania Romênia, Áustria-Hungria
Etnia Romenos
Alma mater Universidade de Bucareste
Ocupação sacerdote, jornalista, político
Prêmios Ordem da Águia Branca
Religião Igreja Ortodoxa Romena
Ideologia política antissemitismo, ultranacionalismo, fascismo clerical, conservadorismo nacional, conservadorismo social
Causa da morte pneumonia

Miron Cristea, nome monástico de Elie Cristea, (Topliţa, 20 de julho de 1868Cannes, 6 de março de 1939) foi um clérigo e político romeno nascido na Áustria-Hungria. Foi o primeiro patriarca da Igreja Ortodoxa Romena e também primeiro-ministro da Romênia por cerca de um ano (entre 11 de fevereiro de 1938 até sua morte).[1]

Precedido por
Octavian Goga
Primeiro-ministro da Romênia
19381939
Sucedido por
Armand Călinescu
  1. «Miron Cristea». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 17 de março de 2021