Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Naruto Uzumaki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.
Naruto Uzumaki
うずまきナルト
Naruto Uzumaki, como visto no mangá Naruto.
Primeira aparição Capítulo 1 do mangá Naruto
Criado por Masashi Kishimoto
Vozes Japão Junko Takeuchi[1]
Brasil Úrsula Bezerra[2]
Portugal Alexandra Sedas[3]
Vida no animangá
Ocupação Genin na parte Parte I e na Parte II
Sétimo Hokage no epílogo
Família Minato Namikaze (pai, falecido)
Kushina Uzumaki (mãe, falecida)
Jiraya (padrinho, falecido)
Hinata Hyuuga (esposa)
Boruto Uzumaki (filho)
Himawari Uzumaki (filha)
Membro de Time 7/Time Kakashi
Personagem de Naruto
Portal Animangá

Naruto Uzumaki (うずまきナルト, Uzumaki Naruto?) é um personagem fictício e protagonista da série de mangá e anime Naruto, criado por Masashi Kishimoto. Ele é um ninja adolescente da Vila Oculta da Folha do País do Fogo. Os aldeões ridicularizam Naruto por causa da Raposa de Nove Caudas, uma criatura maléfica que atacou sua vila e que está selada em seu corpo. Para ser reconhecido, ele sonha em ser tornar o líder da aldeia, o Hokage. Sua personalidade alegre e brincalhona lhe permite fazer amizade com outros ninjas de sua aldeia, bem como outros ninjas de outras aldeias. Naruto aparece nos filmes da série e em mídias relacionadas com a franquia, incluindo jogos eletrônicos e OVAs.

Ao criar Naruto na parte inicial da série, Kishimoto manteve o personagem "simples e estúpido",[4] dando-lhe atributos de um herói ideal. Kishimoto adicionou um duro passado para lhe dar um lado mais obscuro. Ele revisou o design inicial do personagem várias vezes, dando a ele roupas diferentes para cativar o público ocidental e para que ele ficasse mais fácil de ser desenhado. Kishimoto mudou sua aparência para a Parte II do enredo, que começa dois anos e meio após a Parte I. Naruto é dublado por Junko Takeuchi na série animada original e Úrsula Bezerra na adaptação brasileira e Alexandra Sedas na adaptação portuguesa.

Revistas especializadas de anime e mangá elogiaram o personagem. Embora alguns o vissem como um protagonista estereotipado de anime e mangá comparável ​​a os outros personagens shōnen, eles elogiaram a sua personalidade e o seu desenvolvimento na história, em que ele evita estereótipos. Naruto tornou-se popular com os fãs da série, ficando entre os personagens mais populares nas pesquisas de opinião. Devido a isso, diversas mídias são baseadas no personagem são lançadas, como figuras de ação e chaveiros.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Naruto Uzumaki é apresentado como um jovem rapaz louro, cabelos arrepiados e olhos azuis. Ele frequentemente veste uma jaqueta laranja. Após a sua graduação ninja ele começa a usar um protetor de testa que denota a sua posição como um ninja da Vila Oculta da Folha.[5] Na Parte II do mangá, que possui um Naruto mais velho, ele usa uma roupa nova, como resultado de seu crescimento físico. A Raposa de Nove Caudas selada em Naruto influencia o seu corpo, levando-o a se parecer com um raposa ao longo de suas batalhas. Embora inicialmente Naruto mostre apenas pequenas alterações, tais como dentes e garras afiadas, mais tarde ele desenvolve um rabo vermelho feito do chakra da Raposa.[6] Esse chakra vermelho começa se a envolver em seu corpo; uma vez quatro caudas se manifestam, o sangue de Naruto começa a fundir-se com o chakra, colorindo todo o seu corpo de vermelho.[7] Quando a sexta cauda aparece, Naruto parece usar o esqueleto da Raposa.[8] Uma vez que Naruto assume o controle do chakra da raposa, ele é capaz de manter a sua forma normal, ao usá-lo.[9] Como um ninja, Naruto carrega muitas armas,[10] mas usa na maior parte suas técnicas ninja, enquanto luta, especializado em fazer clones de si mesmo.[11]

Introduzido como um brincalhão infantil, Naruto sempre tenta chamar atenção pois ele foi ridicularizado durante sua infância. Para ser aceito e respeitado, ele resolve se tornar Hokage da Vila Oculta da Folha e superar todos os líderes anteriores, não importa as dificuldades.[12] Enquanto se torna um ninja, Naruto faz amizades que ele não tinha inicialmente, ligando algumas delas como relações familiares.[13] Embora Naruto às vezes se vê incapaz de realizar as tarefas que se propõe a fazer, alguns personagens acreditam que Naruto será uma excelente Hokage por causa do impacto positivo que ele causou em suas vidas.[14][15]

Aparições[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em Naruto[editar | editar código-fonte]

Parte I[editar | editar código-fonte]

Naruto é um órfão que, quando era um recém-nascido, teve um mostro conhecido como a Raposa de Nove Caudas selada dentro de seu corpo pelo seu pai, o Quarto HokageMinato Namikaze, o líder da força ninja do País do Fogo, ao custo de sua própria vida.[12] Por causa dele ser o hospedeiro do Nove Caudas, Naruto foi isolado pela maioria dos moradores de sua vila durante sua infância por estar associado com ele e por isso foi considerado tabu.[12] Desde então, Naruto tem comumente fazido piadas e brincadeiras para atrair atenção.[12] Desejando o que lhe faltava no início da vida, Naruto sonha em se tornar um Hokage com a esperança de ser reconhecido e respeitado pelos moradores da vila.[16][17] Na tentativa de se tornar um ninja, Naruto é horrorizado ao saber de sua natureza Jinchuriki, mas encontra reconhecimento de seu professor Iruka Umino, a quem ele vê como um pai. Depois de aprender o poderoso Multi-Jutsu Clone das Sombras, uma capacidade de cria cópias físicas do utilizador, Naruto se torna um ninja.[12][18] Ele se junta a um grupo de ninjas sob a liderança de Kakashi Hatake, onde Naruto ganha amigos que ele nunca teve durante a sua infância em seus colegas que também são atribuídos ao Time 7: Sasuke Uchiha, com quem tem uma rivalidade desde que eles se conheceram na academia ninja, e Sakura Haruno.[13][19]

Embora passando por um exame para aumentar a sua posição ninja, Naruto encontra o ninja lendário Jiraiya e aprende a invocar sapos para ajudá-lo em batalhas e controlar parte da energia do chakra do Nove Caudas.[20] O exame foi interrompido como resultado da invasão no País do Fogo por um ninja criminoso do País do Som chamado Orochimaru, com Naruto derrotando o Jinchuriki do Uma Cauda da Aldeia da Areia Gaara e convencê-lo de uma maneira melhor para se viver. Pouco depois, Naruto descobre a Akatsuki, uma organização criminosa que visa extrair o Nove Caudas de seu corpo. Embora Jiraiya o leva fora da vila para que ele não encontre a organização, ele conhece um membro dela chamado Itachi que é irmão de Sasuke e o homem que matou sua família, com a Akatsuki ainda planejando sequestrar Naruto.[21] Enquanto acompanha Jiraiya para encontrar um novo líder para a aldeia, Naruto também aprende o Rasengan, uma esfera de chakra para fins agressivos.[17][22] Quando Sasuke deixa a vila para unir forças com Orochimaru para obter o poder de matar Itachi, Naruto torna-se parte de uma equipe de resgate para recuperá-lo.[19] Com Naruto e Sasuke, finalmente, tendo uma batalha um contra um, embora ambos se recusam a matar um ao outro. Posteriormente, os dois seguem caminhos separados, mas Naruto não desiste de Sasuke, deixando a sua vila com Jiraiya para se preparar para seu próximo encontro com Sasuke e a Akatsuki.[23]

Parte II[editar | editar código-fonte]

Após seus dois anos e meio de treinamento, Naruto retorna para a sua vila e começa a lidar de forma mais ativa a ameaça Akatsuki salvando Gaara de suas garras.[24] Para combatê-los, Naruto treina com Kakashi para infundir o Rasengan com o seu próprio elemento Vento de chakra, criando o ataque Rasen-Shuriken que foi fundamental para a queda do membro da Akatsuki Kakuzu.[25][26] Apesar de ser alvo da Akatsuki, Naruto se dedica a encontrar e recuperar Sasuke quando ele finalmente segue Orochimaru e começa a agir sobre os seus caprichos orientado por vingança. Ao longo do tempo, embora resistindo à vontade de usar o poder da criatura, a influência do Nove Caudas sobre ele expande-se ao ponto onde ele começa a perder sua racionalidade quando o seu chakra manifesta a forma de caudas chegando ao ponto do Naruto ficar furioso e o Bijuu assumir o controle de seu corpo ocasionando à destruição de tudo no seu caminho.[27]

Depois de saber que Jiraiya foi morto pelo líder da Akatsuki, Pain, Naruto se prepara para o seu encontro, aprendendo o Senjutsu tipo sapo, uma habilidade de reforçar o poder que envolve a coleta de energia natural.[28] Quando eles finalmente se enfrentam, Naruto derrota Pain e o convence a parar a Akatsuki.[29] Naquela hora, Naruto descobre que o quarto Hokage foi seu pai, e que selou a Raposa para que Naruto podesse usá-lo para derrotar o fundador da Akatsuki Tobi que estava por trás do ataque da Raposa no País do Fogo.[30]

Quando Naruto descobre a história do passado de Sasuke dentro da Akatsuki, seu amigo descobre que Itachi agiu no interesse da vila, e decide confrontar Sasuke na batalha que poderia terminar em ambas as suas mortes mas Naruto não pode ser capaz de salvá-lo.[31] Como resultado, ele se prepara para as próximas lutas, tornando-se um aprendi do Jinchiriki do Oito Caudas, Killer Bee, para assumir o controle total dos poderes de Kurama. Ele sucede com a ajuda de sua falecida mãe, Kushina Uzumaki, que colocou uma marca de chakra de si mesma dentro do selo.[32][33] Quando Naruto descobre que todos os seus companheiros estão lutando contra o exército de Tobi para protegê-lo, ele leva Killer Bee para se juntar à batalha,[34] eventualmente, cooperando com Kurama.[35] Do outro lado da batalha, Naruto conhece Hagoromo Ōtsutsuki, o Sábio dos Seis Caminhos, que lhe concede um Senjutsu reforçado que lhe permite curar lesões mais fatais para enfrentar Madara, juntamente com os poderes de todos as nove Bijūs à sua disposição.[36][37] Mais tarde, ele enfrenta a força e o verdadeiro mandante por trás das ações de Madara: a princesa alienígena Kaguya Ōtsutsuki, o núcleo dos Dez Caudas.[38] Embora Naruto consegue selar Kaguya com a ajuda de Sasuke, ele acaba forçado a lutar contra o seu amigo quando ele revela sua verdadeira razão para ajudá-lo. Naruto convence Sasuke de conciliar, após perder o braço direito em sua batalha final, depois ele ganha um novo membro criado a partir de células de Hashirama. Anos depois, Naruto se casa com Hinata Hyuga com quem tem dois filhos, Boruto e Himawari, e torna-se o Sétimo Hogake (七代目火影, Nanadaime Hokage?) após a aposentadoria de Kakashi, visto pela última vez participando de uma reunião de Kages realizada em sua vila.[39]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Esboços de Naruto no filme The Last por Masashi Kishimoto.

Como o personagem do título da série, Naruto aparece em todos os filmes da série. Ele geralmente aparece como o personagem principal em uma missão com os seus colegas no País do Fogo. Naruto Shippuden: The Movie, marca a primeira aparição de Naruto em sua aparência na Parte II.[40][41] No Road to Ninja: Naruto the Movie, uma versão alternativa do personagem chamado Menma aparece como o principal antagonista do filme.

Em The Last: Naruto the Movie, que se passa após os acontecimentos da série, Naruto enfrenta Toneri Otsutsuki enquanto, eventualmente, desenvolve sua relação com Hinata que conduz seu casamento.[42] Kishimoto estava muito envergonhado ao fazer um romance na série até a cena do beijo do Naruto e Hinata no filme, que o mesmo não teve coragem de assistir.[43] Em Boruto: Naruto the Movie, que ocorre após o epílogo da série, tem Naruto com o cargo de Hogake que causou um relação tensa com seu filho Boruto e problemas com os deveres com a sua família. Quando ele vê o seu filho ser desqualificado no final do Exame Chunin por trapacear, ele é raptado por Momoshiki e Kinshiki. Uma vez salvo por Boruto e Sasuke, o Kage antes de ajudar seu filho criar um Ransegan gigante para derrotar Momoshiki, Naruto se reconcilia com Boruto. Há também um spin-off, onde Naruto e seus aliados derrotam uma nova organização Akatsuki.[44]

Ele também aparece em todos os quatro episódios OVAs produzidos para a série: ajudando seu amigo Konohamaru Sarutobi a encontrar um trevo de quatro folhas no primeiro;[45] escoltar um ninja até a sua aldeia e lutar contra o criminoso que roubou a aldeia "Água Herói" no segundo;[46] e participar de um torneio no terceiro e trabalhar com o Time 7 no quarto.[47][48] Ele aparece como um personagem coadjuvante no mangá spin-off intitulado Rock Lee no Seishun Full-Power Ninden, onde seu companheiro ninja do País do Fogo é Rock Lee que é o personagem principal.[49]

Naruto é um personagem jogável em todos os jogos eletrônicos da série. Em vários títulos, é possível acessar uma versão especial dele reforçado com o poder da Raposa de Nove Caudas. Em vários jogos da série Ultimate Ninja ele é jogável com suas próprias versões de taijutsu, enquanto veste seu traje.[50] Naruto Shippuden: Gekitou Ninja Taisen EX marca a primeira aparição de Naruto com sua aparência Shippuden, em um jogo.[51] Para o 10º aniversário da série, Masashi Kishimoto fez uma ilustração de Naruto como Hokage.[52] Este retrato de Naruto mais tarde aparece como um personagem secreto no jogo Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 2.[53] Ele aparece em vários crossovers de jogos eletrônicos que apresentam combates contra personagens de Naruto contra outros personagens de outros mangás; estes jogos incluem Battle Stadium D.O.N, Jump Super Stars e Jump Ultimate Stars.[54][55][56] Um avatar de Naruto fez uma aparição no MMORPG Second Life para uma Jump Fest promocional intitulada Jumpland@Second Life.[57] Em Dragon Ball Z: Battle of Z, a roupa de Naruto aparece como um traje alternativo de Goku.[58]

Criação e concepção[editar | editar código-fonte]

Aparência de Naruto na Parte II.

Na criação de Naruto, Kishimoto incorporou uma série de características nele que ele se sentiu ter criado um herói ideal: com um jeito simples de pensar, um lado travesso, e um espírito alegre possuído por Goku da franquia Dragon Ball. Ao mesmo tempo, ele se assegurou em manter Naruto "simples e estúpido",[4] mas então ele decidiu acrescentar um passado em torno de um "contexto escuro" para o personagem. Apesar disso, ele é sempre otimista e infantil, traços que Kishimoto diz que o torna único.[4] Além disso, desde o esboço inicial até a aparência final do personagem houve várias modificações, por isso, Naruto usava roupas diferentes constantemente, pois o principal objetivo era torná-lo mais atraente para o público ocidental, além de que houve dificuldades em desenhe-lo.[59] O autor também comentou que ele queria que Naruto nunca se sentisse derrotado, e esse era o seu maior objetivo ao escreveu a série.[60]

Durante a publicação da série, Kishimoto se casou e teve filhos que influenciaram o personagem de Naruto. Isto resultou em Naruto logo conhecer os seus pais e os seus sacrifícios em ajuda-lo a controlar a Raposa de Nove Caudas dentro dele para que ele pudesse proteger o mundo em seu lugar. Como resultado, Naruto apreciou mais a sua vida e aprendeu como seus pais o amava, algo que o autor queria que o personagem se sentisse baseado em sua própria experiência como um pai.[61] O crescimento de Naruto em toda a série surpreendeu o autor devido à forma como o reconhecimento que ele recebeu dos outros personagens permite que o personagem cresça ainda mais.[62] Até o momento Sasuke sofreu uma mudança drástica na trama que o fez se tornar um dos antagonistas da série, Kishimoto comparou Sasuke e Naruto ao yin e yang como resultado de suas diferenças notáveis. Como resultado, ele menciona que, sempre que um dos dois progride, ele garante que o outro também.[63] Desde que a série começou a ser serializada, Kishimoto tinha decidido que o fim da história seria em uma luta entre esses dois personagens.[64] Ainda assim, ele queria que a luta terminasse com Naruto perdoando Sasuke semelhante a vez que Naruto perdoou Nagato. A parceira romântica de Naruto também foi decidida no meio da série. Visto que "Hinata Hyuga sempre respeitou Naruto, mesmo antes de começar a série", ele sentia que eles foram feitos um para o outro. Isto irritou a esposa de Kishimoto, que queria que Naruto se casasse com Sakura Haruno.[65]

Enquanto um ninja realista se veste de preto, a fim de ser furtivo, Kishimoto deu a Naruto um macacão laranja para combinar com a demografia shonen.[66] As roupas de Naruto eram baseadas em roupas que Kishimoto usava quando era mais jovem. De acordo com Kishimoto, um design pré-existente não teria feito Naruto único, considerando cria-lo original ele o fez muito distintivo.[67] Por causa de Naruto está associado com espirais em termos de objetos que ele usa, o designer incorporou a estes padrões do redemoinho no traje.[68] Ilustrações iniciais mostram Naruto de botas, mas Kishimoto substituiu estes com sandálias, porque ele gosta de desenhar dedos.[69] Os óculos que Naruto usavam foram substituídos por um protetor de testa, porque era muito demorado para o autor desenha-los.[70] Uma das opções de design mais difíceis foi a paleta de cores da roupa de Naruto.[71] A laranja em seu traje faz Naruto "pop" e as peças azuis são muitas vezes utilizados como complementos.[5] Kishimoto pediu desculpas para a equipe de animação do anime de Naruto, considerando que é muito difícil de traduzir para animação.[72]

Kishimoto estava satisfeito que deu ao personagem cabelo louro e olhos azuis, algo raramente visto nos japoneses. Portanto, o personagem Naruto, juntamente com a imensa popularidade que a série ganhou, vieram naturalmente para os leitores e audiências internacionais os cabelos louros e olhos azuis. Além disso, o editor da versão americana da Shonen Jump deduziu que essas características podem ter feito o personagem mais atraente para o público ocidental.[73] Kishimoto se identifica mais com Naruto do que com os outros personagens da série.[73] Quando perguntado por que o alimento favorito de Naruto é lámen em vez de udon, Kishimoto disse que ele, pessoalmente, gostava de comer lámen.[73][74] Na série de jogos eletrônicos Naruto: Clash of Ninja, Naruto é jogável em vários estágios de manifestação da Raposa de Nove Caudas, caracterizada por um chakra de cor vermelha. Kishimoto inspirou-se na apresentação destas formas nos jogos, imitando um deles para a capa do volume 26 do mangá.[75] Ao criar a aparência de Naruto na Parte II, Kishimoto desenhou o protetor de testa de Naruto mais amplo para ser mais fácil de desenhar as sobrancelhas, algo que o havia incomodado em seu design anterior. Ele também observou que as calças de Naruto fez o personagem parecer muito infantil. Para remediar esta situação, Kishimoto desenhou as calças de Naruto regaçadas para cima, dando-lhe uma aparência mais madura.[76]

Nas versões originais japonesas de Naruto, Naruto frequentemente termina suas frases com a adenda "dattebayo" (que atinge um efeito semelhante ao terminar uma frase com "tô certo!", em português). Kishimoto queria dar a Naruto um bordão infantil, e "dattebayo" foi a primeira coisa que veio à sua mente; o criador acredita que a frase complementa o personagem de Naruto, e serve como um tique verbal que ele retrata de uma forma infantil.[68]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Hiroshi Matsuyama fazendo cosplay de Naruto.

Em várias enquetes realizadas pela Weekly Shōnen Jump sobre a popularidade da série, Naruto ficou cinco vezes em primeiro entre os principais personagens e a partir do início de 2012 ele já ficou em primeiro lugar duas vezes.[77][78] Em 2006, Naruto perdeu seu status de top dois para os personagens Deidara, Kakashi e Sasuke na sexta enquete da revista.[79] Na pesquisa de 2011, Naruto ficou uma vez em primeiro lugar.[80] Mídias foram feitas após o sucesso de Naruto, incluindo chaveiros,[81] figuras de ação e etc.[82] Em 2009, no Society for the Promotion of Japanese Animation Awards, Junko Takeuchi ganhou o prêmio de "Melhor Atriz de Voz (Japonês)" por dublar Naruto.[83] Naruto ficou sexto lugar em um ranking da IGN dos 25 Melhores Personagens de Todos os Tempos, com o escritor Chris Mackenzie afirmando que, embora "Naruto na verdade não seja o personagem mais popular em sua própria série na maioria das vezes", ele é "o motor que alimenta a franquia".[84] Em 2011 na edição do Guinness World Records Gamer, ele foi votado como o vigésimo nono melhor personagem que aparece em jogos eletrônicos.[85] Enquanto trabalhava para CyberConnect2 na produção dos jogos eletrônicos da série .hack, o designer de personagens Yoshiyuki Sadamoto usou Naruto como um modelo para o protagonista de .hack, Kite. Coincidentemente, pouco depois a CyberConnect2 começou a desenvolver os jogos da série Naruto: Ultimate Ninja, embora Sadamoto recorda que não tinha conhecimento de tal fato.[86] O CEO da CyberConnect2 Hiroshi Matsuyama participou da Maratona de Paris 2012 enquanto fazia cosplay de Naruto comemorando o lançamento de um novo jogo.[87]

O personagem Naruto recebeu respostas positivas na maior parte da crítica em publicações impressas e online. O elogio foi dado por Joseph Szadkowski do The Washington Times que observou que Naruto "tornou-se uma sensação da cultura pop".[88] Naruto foi analisado pelo Dodson Joe do GameSpot que observou que Naruto, apesar de ter uma vida "ideal", ainda sofre com o severo isolamento.[89] No entanto, ele foi elogiado por sua personalidade otimista por Carl Kimlinger do Anime News Network (A.N.N).[90] Escritores da Mania Entertainment o rotularam como um "bom personagem principal" com o seu desenvolvimento geral bom, apesar de alguns problemas iniciais.[91][92][93] Escrevendo para o Popular Culture in Counseling, Psychotherapy, e Play-Based Interventions, Lawrence Rubin afirmou que enquanto Naruto tem uma personalidade otimista e hiperativa, a Raposa de Nove Caudas dentro de seu corpo simboliza as emoções negativas. Rubin concluiu que as lutas de Naruto para proteger a vila ajudá-lo a tornar-se uma "pessoa completa e madura".[94] Por outro lado, Christina Carpenter, da revista T.H.E.M. Anime Reviews discordou com outros escritores, observando que enquanto Naruto é um "malandro simpático o suficiente", seu tipo de personagem já foi feito antes em muitos animes e mangás.[95]

Seu relacionamento com os outros personagens foi considerado muito bom por Charles White e Van Jason Horn do IGN,[96][97] mas notavelmente a rivalidade dele com Sasuke, que se mostra "sinais de maturidade" em Naruto.[98] No entanto, seu desejo de recuperar Sasuke após o fim da Parte I recebeu críticas como resultado de seu sofrimento subsequente.[99] Jacob Hope Chapman do ANN listou Naruto e Sasuke como um dos "Mais Ferozes Frenemies do Anime" considerando suas semelhanças e como eles se transformam em amigos depois de uma batalha mortal.[100] Seu envolvimento romantical com outros personagens levou a disputas entre os fãs que uns apoiavam Sakura Haruno e outros Hinata Hyuga.[101]

Carl Kimlinger do Anime News Network, disse que enquanto suas cenas iniciais de luta são fracas quando comparado as outras, sua luta contra Gaara é um de seus melhores momentos, pois supera a maioria de estereótipos shōnen, devido às táticas de Naruto.[102] Theron Martin do A.N.N. e Justin Rich do Mania Entertainment fizeram comentários semelhantes.[103][104] A luta final do personagem contra Sasuke no final da Parte I recebeu respostas positivas dos críticos, devido aos estilos de luta empregados, e o desenvolvimento do personagem resultante de sua rivalidade.[105][106] As enormes mudanças físicas causadas pela Raposa de Nove Caudas também têm sido o foco dos críticos, como a perda de controle de Naruto fez com que ele se tornasse uma ameaça maior para os seus entes queridos que os antagonistas da série.[107][108] Carlos Santos do Anime News Network comentou sobre o crescimento do personagem na Parte II, especificamente a sua luta contra o Pain em que os comentários de Naruto sobre a paz e os meios pelos quais ela é alcançada toca em temas filosóficos nunca visto em uma série shōnen.[109][110] Chris Beveridge de Mania Entertainment notou uma mudança de atitude de Naruto como ele age mais calmo e sério do que em arcos de história anteriores. O Senjutsu de Naruto foi elogiado como foi a sua preparação cuidadosa para a luta contra o Pain, o que resultou em uma grande exibição de habilidades de Naruto.[111][112]

Referências

  1. «Junko TAKEUCHI (seiyuu)» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 12 de outubro de 2016. 
  2. «Ursula BEZERRA» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 12 de outubro de 2016. 
  3. «Alexandra SEDAS» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 12 de outubro de 2016. 
  4. a b c Kishimoto, Masashi (2007). Uzumaki: the Art of Naruto Viz Media [S.l.] pp. 138–139. ISBN 1-4215-1407-9. 
  5. a b Kishimoto, Masashi (2007). Uzumaki: the Art of Naruto Viz Media [S.l.] p. 116. ISBN 1-4215-1407-9. 
  6. Kishimoto, Masashi (2004). «Capítulo 28». Naruto, Volume 4 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-59116-358-9. 
  7. Kishimoto, Masashi (2008). «Capítulo 291». Naruto, Volume 33 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-2001-8. 
  8. Kishimoto, Masashi (2010). «Capítulo 437». Naruto, Volume 47 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3305-6. 
  9. Kishimoto, Masashi (2008). «Capítulo 505». Naruto, Volume 54 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-870143-1. 
  10. Kishimoto, Masashi (2003). «Capítulo 4». Naruto, Volume 1 Viz Media [S.l.] ISBN 1-56931-900-6. 
  11. Kishimoto, Masashi (2006). «Capítulo 104». Naruto, Volume 12 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-0242-7. 
  12. a b c d e Kishimoto, Masashi (2003). «Capítulo 1». Naruto, Volume 1 Viz Media [S.l.] ISBN 1-56931-900-6. 
  13. a b Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 234». Naruto, Volume 26 Viz Media [S.l.] pp. 58–60. ISBN 1-4215-1862-7. 
  14. Kishimoto, Masashi (2006). «Capítulo 98». Naruto, Volume 12 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-0241-0. 
  15. Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 169». Naruto, Volume 19 Viz Media [S.l.] p. 131. 
  16. Kishimoto, Masashi (2003). «Capítulo 2». Naruto, Volume 1 Viz Media [S.l.] ISBN 1-56931-900-6. 
  17. a b Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 151». Naruto, Volume 17 Viz Media [S.l.] p. 139. ISBN 1-4215-1652-7. 
  18. Kishimoto, Masashi (2009). «Capítulo 315». Naruto, Volume 35 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-2003-2. 
  19. a b Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 183». Naruto, Volume 21 Viz Media [S.l.] pp. 58–60. ISBN 1-4215-1855-4. 
  20. Kishimoto, Masashi (2006). «Capítulo 95». Naruto, Volume 11 Viz Media [S.l.] pp. 99–105. 
  21. Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 150». Naruto, Volume 17 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-1652-7. 
  22. Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 167». Naruto, Volume 19 Viz Media [S.l.] pp. 102–103. ISBN 1-4215-1654-3. 
  23. Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 238». Naruto, Volume 27 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-1863-5. 
  24. Kishimoto, Masashi (2008). «Capítulo 279». Naruto, Volume 31 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-1943-2. 
  25. Kishimoto, Masashi (2009). «Capítulo 341». Naruto, Volume 38 Viz Media [S.l.] ISBN 978-4-08-874364-6. 
  26. Kishimoto, Masashi (2009). «Capítulo 432». Naruto, Volume 46 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3304-9. 
  27. Kishimoto, Masashi (2008). «Capítulo 291». Naruto, Volume 33 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-2001-8. 
  28. Kishimoto, Masashi (2009). «Capítulo 417». Naruto, Volume 45 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3135-9. 
  29. Kishimoto, Masashi (2010). «Capítulo 449». Naruto, Volume 48 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3474-9. 
  30. Kishimoto, Masashi (2010). «Capítulo 440». Naruto, Volume 47 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3305-6. 
  31. Kishimoto, Masashi (2011). «Capítulo 486». Naruto, Volume 52 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3957-7. 
  32. Kishimoto, Masashi (2011). «Capítulo 490». Naruto, Volume 52 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-3957-7. 
  33. Kishimoto, Masashi (2011). «Capítulo 499». Naruto, Volume 53 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-4049-8. 
  34. Kishimoto, Masashi (2011). «Capítulo 536». Naruto, Volume 57 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-870271-1. 
  35. Kishimoto, Masashi (2013). «Capítulo 570». Naruto, Volume 60 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-4943-9. 
  36. Kishimoto, Masashi (2014). «Capítulo 673». Naruto, Volume 70 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-880151-3. 
  37. Kishimoto, Masashi (2014). «Capítulo 675». Naruto, Volume 70 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-880151-3. 
  38. Kishimoto, Masashi (2014). «Capítulo 679». Naruto, Volume 70 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-880151-3. 
  39. Kishimoto, Masashi (2015). «Capítulo 700». Naruto, Volume 72 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-880220-6. 
  40. Naruto the Movie: Ninja Clash in the Land of Snow (DVD). Viz Video. 2007. 
  41. Naruto Shippuden: the Movie (DVD). Viz Video. 2009. 
  42. The Last: Naruto the Movie (DVD). TV Tokyo. 2015. 
  43. «6 Things You Might Not Know About Masashi Kishimoto» (em inglês). Anime News Network. 20 de agosto de 2016. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  44. Kishimoto, Masashi (8 de agosto de 2015). NARUTO―ナルト― 外伝 ~七代目火影と緋色の花つ月~ (em japonês) Shueisha [S.l.] ISBN 978-1-4215-1407-9. 
  45. 紅き四つ葉のクローバーを探せ (DVD). TV Tokyo. 2003. 
  46. Naruto OVA – The Lost Story (DVD). Viz Video. 2007. 
  47. ついに激突!上忍VS下忍!!無差別大乱戦大会開催!! (DVD). TV Tokyo. 2005. 
  48. «Naruto, Toriko, One Piece Event Anime Shorts Streamed» (em inglês). Anime News Network. 30 de novembro de 2009. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  49. Taira, Kenji (2012). ロック・リーの青春フルパワー忍伝 1 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-870442-5. 
  50. Naruto: Ultimate Ninja English instruction manual Namco Bandai [S.l.] 2006. 
  51. «NARUTO-ナルト- 疾風伝:TV東京 – Goods» (em japonês). TV Tokyo. Arquivado desde o original em 5 de fevereiro de 2008. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  52. Kishimoto, Masashi (4 de dezembro de 2009). NARUTO―ナルト―[秘伝·皆の書]オフィシャルプレミアムファンBOOK. Naruto (em japonês) (Japão: Shueisha). p. 5. ISBN 978-4-08-874834-4. 
  53. «Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 2» (em inglês). Cheat Code Central. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  54. «バトルスタジアム D.O.N» (em japonês). Namco Bandai. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  55. «ガンバリオン公式ホームページ 開発タイトル一覧 JUMP SUPER STARS(ジャンプスーパースターズ)» (em japonês). Ganbarion. Arquivado desde o original em 3 de julho de 2008. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  56. «ガンバリオン公式ホームページ 開発タイトル一覧 JUMP ULTIMATE STARS(ジャンプアルティメットスターズ)» (em japonês). Ganbarion. Arquivado desde o original em 22 de maio de 2008. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  57. «Dragon Ball, Naruto, One Piece to Enter Second Life» (em inglês). Anime News Network. 21 de dezembro de 2007. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  58. «Goku Gets Naruto Costume in Dragon Ball Z: Battle of Z Game» (em inglês). Anime News Network. 10 de setembro de 2013. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  59. Kishimoto, Masashi. NARUTO―ナルト―[秘伝·皆の書]オフィシャルプレミアムファンBOOK. Naruto (em japonês) (Japão: Shueisha). pp. 74–81. ISBN 978-4-08-874834-4. 
  60. Solomon, Charles (17 de dezembro de 2008). «Interview: The man behind 'Naruto'» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 15 de outubro de 2016. 
  61. Kido, Misaki C.. . "Interview with Masashi Kishimoto (Creator of Naruto)". Weekly Shonen Jump Alpha: "p.118", "p.121". Viz Media.
  62. (2 de março de 2014) "Interview with Masashi Kishimoto (Creator of Naruto)". Weekly Shonen Jump. Viz Media (Masashi Kishimoto: Naruto tem vindo a crescer desde o início, mas agora todo mundo está reconhecendo-o. E esse reconhecimento levou a um crescimento ainda maior.).
  63. Kido, Misaki C.. (2 de junho de 2012). "Interview with Masashi Kishimoto (Creator of Naruto)". Weekly Shonen Jump Alpha: "p.120", "p.123". Viz Media.
  64. «Masashi Kishimoto: Fan letters from overseas made me realize the popularity of ‘Naruto’» (em inglês). Asashi. 10 de novembro de 2014. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  65. Aoki, Deb (14 de outubro de 2015). «Masashi Kishimoto at New York Comic-con The Anime News Network Interview» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  66. Aoki, Deb (15 de outubro de 2015). «Masashi Kishimoto at New York Comic-con The Anime News Network Interview» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  67. Kishimoto, Masashi (2007). Uzumaki: the Art of Naruto Viz Media [S.l.] p. 139. ISBN 1-4215-1407-9. 
  68. a b Kishimoto, Masashi (2007). Uzumaki: the Art of Naruto Viz Media [S.l.] p. 139. ISBN 1-4215-1407-9. 
  69. Kishimoto, Masashi (2007). Uzumaki: the Art of Naruto Viz Media [S.l.] p. 117. ISBN 1-4215-1407-9. 
  70. Kishimoto, Masashi (2006). Naruto, Volume 1 Viz Media [S.l.] p. 60. ISBN 1-56931-900-6. 
  71. Kishimoto, Masashi (2006). Naruto Anime Profiles, Volume 1: Episodes 1–37 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-0657-2. 
  72. Kishimoto, Masashi (2006). Naruto Anime Profiles, Volume 1: Episodes 1–37 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-0657-2. 
  73. a b c Shonen Jump. #33 3 9 ed. Viz Media [S.l.] setembro de 2005. p. 8. ISSN 1545-7818. 
  74. Shonen Jump Special Collector Edition (Free Collector's Edition). No. 00 Viz Media [S.l.] 2005. p. 13. ISSN 1545-7818. 
  75. Kishimoto, Masashi (2007). Naruto, Volume 26 Viz Media [S.l.] p. 1. ISBN 1-4215-1862-7. 
  76. Kishimoto, Masashi (2008). Naruto Character Official Data Book Hiden Sha no Sho Shueisha [S.l.] p. 342. ISBN 978-4-08-874247-2. 
  77. Kishimoto, Masashi (2007). «Capítulo 199». Naruto, Volume 22 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-1858-9. 
  78. Kishimoto, Masashi (2006). «Capítulo 107». Naruto, Volume 12 Viz Media [S.l.] ISBN 1-4215-0242-9. 
  79. Kishimoto, Masashi (2008). «Capítulo 292». Naruto, Volume 33 Viz Media [S.l.] ISBN 978-1-4215-2001-8. 
  80. Kishimoto, Masashi (2011). «Capítulo 519». Naruto, Volume 56 Shueisha [S.l.] ISBN 978-4-08-870218-6. 
  81. «根付紐仕様のキーホルダー第2弾が早くも登場!! NARUTO-ナルト- 忍者根付2» (em japonês). TV Tokyo. Consultado em 24 de janeiro de 2012. 
  82. «Naruto 12 Inch Action Figure» (em inglês). Viz Media. Arquivado desde o original em 9 de agosto de 2008. Consultado em 24 de janeiro de 2012. 
  83. «SPJA Industry Award Winners Announced at Anime Expo» (em inglês). Anime news Network. 3 de julho de 2009. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  84. Mackenzie, Chris (20 de outubro de 2009). «Top 25 Anime Characters of All Time» (em inglês). IGN. Consultado em 21 de outubro de 2009. 
  85. «Top 50 video game characters of all time announced in Guinness World Records 2011 Gamer's Edition». Gamasutra. 16 de fevereiro de 2011. Consultado em 9 de julho de 2011. 
  86. «Tell me Mr. Sadamoto!» (em japonês). CyberConnect2. Arquivado desde o original em 16 de dezembro de 2008. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  87. «Video of CyberConnect2 CEO Running Paris Marathon in Naruto Cosplay» (em inglês). Anime News Network. 11 de maio de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  88. Szadkowski, Joseph (13 de dezembro de 2007). «Ninjas, rabbids heat up games.». Goliath. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  89. Dodson, Joe (13 de outubro de 2007). «Franchise Player: Naruto» (em inglês). GameSpot. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  90. Kimlinger, Carl (4 de agosto de 2008). «Naruto DVD Box Set 9 – Review» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  91. Moure, Dani (1 de setembro de 2006). «Naruto Unleashed Set 1.1» (em inglês). Mania Entertainment. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  92. Rich, Justin (4 de janeiro de 2007). «Naruto Box Set 02 (also w/Special Edition)» (em inglês). Mania Entertainment. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  93. Moure, Dani (5 de janeiro de 2007). «Naruto Unleashed Set 1.2» (em inglês). Mania Entertainment. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  94. Rubin, Lawrence C. (2008). Popular Culture in Counseling, Psychotherapy, and Play-Based Interventions Springer Pub [S.l.] pp. 233, 234. ISBN 0-8261-0118-6. 
  95. Carpenter, Christina. «THEM Anime Reviews 4.0 – Naruto» (em inglês). T.H.E.M. Anime Reviews. Consultado em 27 de janeiro de 2008. 
  96. White, Charles (23 de julho de 2007). «Naruto: "Kidnapped! Naruto's Hot Springs Adventure!" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  97. Van Horn, Jason (16 de abril de 2007). «Naruto: "Jiraiya: Naruto's Potential Disaster!" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  98. White, Charles (22 de janeiro de 2008). «Naruto: "For a Friend" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  99. Lawerence, Briana (6 de outubro de 2009). «10 Male Headaches of Anime» (em inglês). Mania Entertainment. Consultado em 26 de janeiro de 2010. 
  100. Chapman, Jacob Hope (8 de junho de 2008). «Anime's Fiercest Frenemies» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  101. Nelkin, Sarah (23 de outubro de 2014). «The Last -Naruto the Movie-'s Theme Song CD Focuses on Hinata, Naruto» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  102. Kimlinger, Carl (2 de novembro de 2006). «Naruto GN 8–10 – Review» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 4 de março de 2008. 
  103. Martin, Theron (29 de fevereiro de 2008). «Naruto Uncut DVD Box Set 6 – Review» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 4 de março de 2008. 
  104. Rich, Justin (18 de junho de 2008). «Naruto Box Set 06 (also w/special edition)» (em inglês). Mania Entertainment. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  105. White, Charles (22 de janeiro de 2008). «Naruto: "For a Friend" Review». IGN. Consultado em 7 de novembro de 2008. 
  106. Ellingwood, Holly (7 de outubro de 2008). «Naruto Uncut Box Set 10 Limited Edition (Advance Review)». Active Anime. Consultado em 19 de novembro de 2011. 
  107. Beveridge, Chris (17 de novembro de 2010). «Naruto: Shippuden Box Set 04 (also w/LE)». Mania Entertainment. Consultado em 8 de outubro de 2011. 
  108. Jones, Davey C. (18 de janeiro de 2008). «Naruto Vol. 33» (em inglês). Active Anime. Consultado em 18 de novembro de 2011. 
  109. Santos, Carlo (2 de fevereiro de 2010). «RIGHT TURN ONLY!! Naruto in Wonderland» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 25 de outubro de 2011. 
  110. Santos, Carlo (6 de julho de 2010). «RIGHT TURN ONLY!! Alice in the Country of Ninjas» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 25 de outubro de 2011. 
  111. Santos, Carlo (2 de fevereiro de 2010). «RIGHT TURN ONLY!! Naruto in Wonderland» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 25 de outubro de 2011. 
  112. Beveridge, Chris (6 de julho de 2010). «Naruto: Shippuden Episode #164» (em inglês). Mania Entertainment. Arquivado desde o original em 30 de novembro de 2012. Consultado em 25 de outubro de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]