Boruto: Naruto Next Generations

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Boruto: Naruto Next Generations
BORUTOボルト -NARUTO NEXT GENERATIONS-
Capa do primeiro volume do mangá mostrando os personagens Boruto Uzumaki, Sarada Uchiha e Mitsuki.
Informações gerais
Gêneros Ação, Aventura, Fantasia[1]
Mangá
Escrito por
Ilustrado por Mikio Ikemoto
Editoração Shueisha
Editoração lusófona
Impressão Jump Comics
Revistas
  • Weekly Shōnen Jump
  • (9 de maio de 2016 – 10 de junho 2019)
  • V Jump
  • (20 de julho 2019 – presente)
Demografia Shonen
Período de publicação 9 de maio de 2016 – presente
Volumes 13 (Lista de volumes)
Anime
Produção Makoto Hijikata
Kōichi Machiyama
Direção Noriyuki Abe[b] (#1–104)
Hiroyuki Yamashita (#1–66)
Toshirō Fujii (#67–104)
Masayuki Kōda (#105–presente)
Roteiro Ukyō Kodachi[c]
Makoto Uezu (#1–66)
Masaya Honda (#67–presente)
Música Yasuharu Takanashi
-Yaiba-
Estúdio de animação Pierrot
Emissoras de televisão TXN (TV Tokyo)
Emissoras de televisão lusófonas
Período de exibição 5 de abril de 2017 - presente
Episódios 193
Filme

Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Boruto: Naruto Next Generations[d] é uma série de mangá escrita por Ukyō Kodachi e Masashi Kishimoto, e ilustrada por Mikio Ikemoto. O mangá começou a ser serializado mensalmente com Kodachi como escritor e Kishimoto como supervisor editorial na revista Weekly Shōnen Jump da Shueisha, mas em maio de 2016 foi transferido para a revista mensal da Shueisha, V Jump, em julho de 2019. Em novembro de 2020 Kodachi deixou o cargo de escritor, com Kishimoto assumindo em seu lugar. Boruto é um spin-off e uma sequência de Naruto de Kishimoto, que segue as aventuras do filho de Naruto Uzumaki, Boruto Uzumaki, e sua equipe ninja.

Boruto se originou da proposta da Shueisha para Kishimoto em fazer uma sequência para Naruto. No entanto, Kishimoto rejeitou esta oferta e propôs para que seu ex-assistente Mikio Ikemoto desenhasse; o escritor do filme Boruto: Naruto the Movie, Ukyō Kodachi, criou o enredo. Kodachi e Ikemoto ficaram no comando do mangá. Uma adaptação em série de anime dirigida por Noriyuki Abe começou a ser exibida na TV Tokyo em 5 de abril de 2017. Ao contrário do mangá, que começou como uma releitura do filme de Boruto, o anime começa como uma prequela definida antes de Boruto e seus amigos se tornarem ninjas em um arco de história posterior. Uma série de light-novels também foi escrita.

A prequela do anime da Pierrot também ganhou elogios pelo uso de personagens novos e antigos, mas a narrativa do mangá foi considerada mais séria, pois se concentrava mais no protagonista. A editora Shueisha distribuiu um milhão de cópias da série de mangá em janeiro de 2017.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Mais de 12 anos após a Quarta Grande Guerra Ninja, o mundo finalmente se encontra em paz, Naruto Uzumaki realizou seu sonho de se tornar Hokage, alguns anos após seu casamento com Hinata Hyuga, com quem teve dois filhosː Boruto e Himawari. Seu filho mais velho se tornou parte da equipe comanda por Konohamaru Sarutobi, junto com a filha de Sasuke Uchiha com Sakura, Sarada, além de Mitsuki, criação de Orochimaru. Boruto se sente distante de seu pai devido aos seus deveres como Hokage, quando Sasuke vem à vila para alertar um perigo a Naruto, ele é abordado por Boruto, que o convence a ser seu mestre, mas o Uchiha diz que só aceita se ele souber fazer o Rasengan, para obter atenção de seu pai, o jovem acaba trapaceando e adquirindo uma ferramenta ninja capaz de realizar qualquer jutsu de forma simples, mas durante o Exame Chunin, durante uma batalha contra Shinke, filho adotivo de Gaara, seu truque acaba sendo descoberto e ele é desclassificado do torneio, tendo sua bandana retirada pelo seu próprio pai. Momoshiki e Kinshiki, do clã do Otsutsuki, invadem a arena para capturar a Kurama de Naruto e assim revitalizar a Árvore Divina na dimensão de onde vieram. Após ver seu pai arriscar a vida pela vila, Boruto pede a ajuda de Sasuke e dos Cinco Kages para trazê-lo de volta. Eles chegam na outra dimensão através de um portal, e encontram o Sétimo Hokage, dando início a uma grande batalha. Kinshiki tem seu poder absorvido por Momoshiki. Após Sasuke o ter distraído, Naruto passa uma grande quantidade de chakra para seu filho, possibilitando a criação de um Rasengan gigante, para dar um fim a Momoshiki. Embora morrendo, notando o potencial inexplorado do seu assassino, Momoshiki vive o suficiente para ter uma discussão privada com Boruto e avisa que ele logo enfrentará muita adversidade e sofrimento em sua vida. Boruto adquiriu poderes divinos por derrotar Momoshiki. Sem saber o que o futuro lhe reserva, ele aceita seu destino.

Produção[editar | editar código-fonte]

Quando o mangá de Naruto terminou em 2014, a editora Shueisha pediu a Masashi Kishimoto para iniciar uma sequência. Kishimoto rejeitou a ideia e propôs para que fosse desenhado pelo artista Mikio Ikemoto, que trabalhava como assistente de Kishimoto desde os primeiros capítulos de Naruto.[2][3][4] Um site de contagem regressiva intitulado "Next Generation" foi usado para promover o novo mangá. Em dezembro de 2015, a serialização de Boruto: Naruto Next Generations foi anunciada.[5][6] Masashi Kishimoto disse que queria que Boruto superasse seu próprio trabalho.[7] O escritor de Boruto, Ukyō Kodachi, escreveu uma light novel chamada Gaara Hiden (2015) e ajudou Kishimoto a escrever o roteiro do filme Boruto: Naruto the Movie.[8] Além de escrever para a série, Kodachi supervisiona o roteiro do anime. Kishimoto também atuou como supervisor do anime nos episódios 8 e 9.[9] Kodachi explicou que o universo da série, que é notável por lidar com mais com a ciência do que Naruto, foi influenciado por seu pai, um médico. A fim de combinar ainda mais o uso de ninjutsu e tecnologia no universo, Kodachi foi inspirado por RPGs de ficção científica.[10]

Apesar de Kishimoto revisar o mangá, ele aconselhou Ikemoto a fazer seu próprio estilo de arte ao invés de imitar o dele. Ikemoto concordou e se sentiu otimista com seu próprio estilo de arte. Embora os fãs de longa data possam ficar desapontados por Kishimoto não estar desenhando Boruto, Ikemoto disse que faria o melhor para desenhar o mangá.[11] Embora se sinta honrado em criar a arte de Boruto, Ikemoto declarou que é grato pela série ser lançada mensalmente, em vez de semanalmente, porque produzir a quantidade necessária de quase 20 páginas por capítulo seria estressante; no entanto, ele ainda acha a serialização mensal um desafio. Os capítulos regulares de Boruto tendem a exceder 40 páginas; a criação dos esboços leva uma semana, as páginas levam 20 dias para serem produzidas, enquanto o restante do tempo é usado para colorir imagens e retocar os capítulos.[12] Ao desenhar os personagens, Ikemoto sentiu que as expressões faciais de Boruto mudaram conforme a história avançava; Inicialmente dando ao protagonista grandes olhos para as interações do personagem com Tento, a aparência de Boruto se tornou mais rebelde quando ele conversou com Kawaki.[13]

Apesar de ter um tom mais leve que Naruto, a série começa sugerindo um futuro sombrio. Esta introdução foi proposta por Kishimoto para dar ao mangá um impacto maior e ter uma abordagem diferente da do filme de Boruto.[11] Nessa parte, Ikemoto desenhou um Boruto mais velho, mas ele acredita que esse design pode mudar assim que a história do mangá chegar a esse ponto.[11] No início de 2019, Ikemoto afirmou que a relação entre Boruto e Kawaki seria o maior foco na trama, pois iria progredir até a luta deles como foi sugerido que iria acontecer no começo da história.[13] Ikemoto pretende finalizar o mangá em até 30 volumes.[13] Kodachi traçou paralelos entre Boruto e a era pós-Guerra Fria, afirmando que enquanto os novos personagens estão vivendo em uma época de paz, algo complicado pode trazer o mundo de volta ao caos.[12]

Embora Kishimoto inicialmente não estivesse escrevendo a série, ele criou vários personagens para serem usados em Boruto.[14] Kishimoto não especificou se Naruto ou outro personagem importante morreria, mas disse que acharia uma situação como esta interessante e acrescentou que os autores têm liberdade para escrever a história como quiserem.[15] Em novembro de 2020, foi anunciado que após 51 capítulos e 13 volumes Kodachi deixaria o cargo de escritor, com Kishimoto assumindo todas as funções de roteirista e Ikemoto continuando como ilustrador a partir do capítulo 52 que foi publicado numa edição da revista V Jump publicada em 21 de novembro 2020.[16]

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Boruto: Naruto Next Generations é escrito por Ukyō Kodachi (Vol.1–13) e Masashi Kishimoto (Vol.14–) e ilustrado por Mikio Ikemoto.[17][18] O mangá foi lançado na 23ª edição da revista de mangá Weekly Shōnen Jump da Shueisha em 9 de maio de 2016. Foi publicado na revista até 10 de junho de 2019 na 28ª edição, e então foi transferido para a V-Jump na edição de setembro lançada em 20 de julho.[19][20] O criador original da série Masashi Kishimoto estava supervisionando o mangá que é ilustrado por seu ex-assistente e escrito pelo co-roterista de Boruto: Naruto the Movie.[21] A fim de manter toda a saga Naruto dentro de cem volumes, Ikemoto espera completar o mangá de Boruto em menos de 30 volumes.[22] Um mangá spin-off intitulado Boruto: Saikyo Dash Generations (BORUTO-ボルト- SAIKYO DASH GENERATIONS?) escrito por Kenji Taira e serializado na revista Saikyō Jump desde março de 2017.[23] No Brasil, o mangá Boruto: Naruto Next Generations é publicado pela editora Panini Comics sob o selo Planet Manga desde agosto de 2018.[24]

Anime[editar | editar código-fonte]

No evento dedicado a Naruto e Boruto na Jump Festa de 17 de dezembro de 2016, foi anunciado que o mangá de Boruto estaria recebendo um projeto de anime,[25] que foi confirmado mais tarde que seria uma adaptação em uma série de anime que contará com uma história original.[26][27] Adicionalmente, um OVA foi lançado antes do anime ser lançado como parte da coleção de videogames da CyberConnect2, Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Trilogy (2017), que retrata uma nova missão em que a equipe de Boruto deve parar um ladrão.[28]

A série de anime, é supervisionada pelo criador da série original Ukyō Kodachi, co-dirigida por Noriyuki Abe e Hiroyuki Yamashita, e escrita por Makoto Uezu, com a animação produzida pelo estúdio Pierrot, e com os desenhos dos personagens de Tetsuya Nishio e Hirofumi Suzuki, e a trilha sonora co-composta por Yasuharu Takanashi e YAIBA.[29] A série estreou na TV Tokyo em 5 de abril de 2017.[30] A ideia de escolher o estúdio Pierrot e a TV Tokyo novamente veio de um editor da revista Weekly Shonen Jump que achou adequado, já que havia um horário disponível no canal para exibir para o público jovem.[31] No Brasil e em Portugal, a série é transmitida simultaneamente pela Crunchyroll.[32] Os episódios estão sendo coletados em coletâneas de DVD no Japão, começando com os primeiros quinze episódios sendo distribuídos no dia 1º de novembro de 2017.[33] O primeiro disco oficial da trilha sonora da série intitulada Boruto Naruto Next Generations Original Soundtrack 1 foi lançada em 28 de junho de 2017.[34] O segundo disco oficial da trilha sonora foi lançada em 7 de novembro de 2018.[35]

No dia 21 de abril de 2020, foi anunciado que o episódio 155 em diante seria adiado para 6 de julho de 2020 devido à pandemia de COVID-19 em curso.[36]

Light novels[editar | editar código-fonte]

Uma série de light novels escritas por Kō Shigenobu (romances 1-3 e 5) e Miwa Kiyomune (romance 4) com ilustrações de Mikio Ikemoto, baseadas no anime também foram produzidas. A primeira, intitulada Seiten o Kakeru Aratana Konoha-tachi! (青天を翔る新たな木の葉たち!?) foi publicada em 2 de maio de 2017.[37] A segunda foi lançada em 4 de julho de 2017, com o título Kage Kara no Yobigoe! (影からの呼び声!?).[38] A terceira light novel, Shinobi no Yoru O Terasu Mono! (忍の夜を照らす者!?) foi lançada em 4 de setembro de 2017.[39] A quarta light novel, Shūgakuryokō ketsu pū roku! (修学旅行血風録!?), foi lançada em 2 de novembro de 2017.[40] A quinta light novel, Ninja akademī saigo no hi! (忍者学校最後の日!?), foi lançada em 4 de janeiro de 2018.[41]

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

O jogo eletrônico Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 recebeu uma DLC em 3 de fevereiro de 2017 chamada Road to Boruto, no qual adapta a narrativa do filme Boruto: Naruto the Movie que conta as aventuras de Boruto, Sarada, Mitsuki, Naruto e Sasuke, a DLC também possui dublagem em português brasileiro.[42] O jogo Naruto to Boruto: Shinobi Striker foi lançado em agosto de 2018, e contém personagens das séries Boruto e Naruto.[43][44] Em agosto de 2018, outro jogo de Boruto foi anunciado para PC. Titulado Naruto x Boruto Borutical Generations, o jogo será gratuito para jogar, com opções de compra de itens no jogo. O jogo estará disponível através do Yahoo! Game Service.[45] Boruto Uzumaki também aparece como um personagem jogável no jogo crossover de luta Jump Force.[46]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

O mangá foi geralmente bem recebido no Japão; os volumes apareceram como os mais vendidos várias vezes. Em sua semana de lançamento, o primeiro volume do mangá vendeu 183.413 cópias.[47][48][49] A série possuia um milhão de cópias impressas em janeiro de 2017.[50] Entre 2017 e 2018, tornou-se o 8º mangá mais vendido da Shueisha.[51]

Rebecca Silverman do Anime News Network (ANN) disse que Boruto fez ela se surpreender positivamente. Ela elogiou como os escritores lidaram com a angústia de Boruto sem que parecesse uma "choradeira adolescente" e a forma como Sasuke decidiu treiná-lo.[52] Amy McNulty também do ANN considerou o mangá como atraente para os fãs da série original de Naruto, acrescentando que enquanto Mitsuki tem um pequeno papel na história, sua história paralela ajuda a expandir suas origens.[52] Nik Freeman do mesmo site criticou a falta de desenvolvimento de Boruto em comparação com sua introdução no final de Naruto; Freeman também disse que há diferenças entre as razões pelas quais o jovem Naruto e Boruto vandalizaram sua aldeia. No entanto, Freeman gostou da história de fundo de Mitsuki, pois ele não sentiu que contasse histórias mais antigas.[52] Revendo o primeiro capítulo online, Chris Beveridge do The Fandom Post foi mais negativo, reclamando do foco nítido no relacionamento pobre de Naruto e Boruto e a recontagem de elementos de Boruto: Naruto the Movie; Beveridge também criticou a adaptação da arte de Kishimoto, mas elogiou a relação entre Naruto e Sasuke, bem como o prenúncio de uma luta envolvendo um Boruto mais velho.[53]

Melina Dargis, do mesmo site, revisou o primeiro volume; ela ansiava pelo desenvolvimento dos personagens apesar de já ter assistido ao filme de Boruto; ela também ficou satisfeita com o papel de Mitsuki em sua própria história paralela.[54] Leroy Douresseaux, do Comic Book Bin, recomendou a série aos fãs de Naruto, explicando como os novos autores conseguiram usar o primeiro volume para estabelecer as personalidades dos protagonistas.[55] Dargis ficou impressionada com a aparente mensagem da série, que ela descobriu estar tentando se conectar ao público moderno com temas como questões parentais e o uso de tecnologia, em contraste com Naruto.[56] Douresseaux gostou que o desenvolvimento do personagem de Boruto já tivesse começado no segundo volume da série porque ajudou os leitores a apreciá-lo mais.[57] The Fandom Post e Comic Book Bin notaram que o mangá fez grandes desenvolvimentos na história de Boruto devido a como o progresso do enredo na narrativa torna o flashforward mais possível e como os novos personagens conseguem sua primeira luta mortal no mangá sem depender da geração anterior.[58][59] Em uma análise mais negativa, Manga News criticou o mangá por contar com o retorno dos personagens Naruto e Sasuke para lutar contra certos vilões da Kara da mesma forma que Akira Toriyama reciclou os heróis Goku e Vegeta durante o anime Dragon Ball Super ao invés de confiar em um protagonista e, portanto, esperava que Boruto e seus amigos fossem mais ativos após os eventos.[60]

A introdução de Kawaki na série foi elogiada pelo impacto no enredo e pelos paralelos rivais que ele tem com Boruto da mesma forma que o mangá original teve entre Naruto e Sasuke.[61][62] O designer de jogos Hiroshi Matsuyama elogiou a estreia de Kawaki no mangá devido ao seu envolvimento na narrativa e também nas sequências de luta das quais participa.[63]

Anime[editar | editar código-fonte]

O anime era popular entre os leitores japoneses do Charapedia, que o votaram no nono melhor programa de anime da temporada de primavera de 2017.[64] O escritor da IGN Sam Stewart elogiou o foco na nova geração de ninjas, bem como as diferenças entre eles e a geração anterior. Ele elogiou o retorno de outros personagens como Toneri Otsutsuki.[65] Stewart elogiu a caracterização de Shikadai e Metal Lee, chamando seu relacionamento, bem como a luta acidental, de interessantes para assistir e dizendo Boruto: Naruto Next Generations melhora a cada episódio.[66] De acordo com a TV Tokyo, as vendas e o lucro bruto de Boruto foram altamente positivos durante 2018, ficando entre os 5 primeiros colocados dos mais lucrativos do canal.[67] Em um relatório da Crunchryroll, Boruto foi visto como uma das séries de anime mais transmitidas de 2018 em vários países, principalmente os da Ásia.[68] A UK Anime Network listou-o como um dos melhores animes de 2019 por mostrar arcos de história originais atraentes não presentes na serialização original, que contrastavam com o anime de Naruto, cujas histórias originais não atraíram o público.[69]

Em um artigo mais cômico, o escritor do Geek.com, Tim Tomas, comparou Boruto com a série A Lenda de Korra, já que ambos eram diferentes de seus antecessores apesar de compartilharem temas semelhantes com eles.[70] Sarah Nelkin considerou Boruto como uma versão mais alegre da série Naruto, mas Amy McNulty elogiou seu 13º episódio pelo foco em uma subtrama que estava se desenvolvendo desde o primeiro episódio porque suas revelações tornaram a série mais sombria.[71][72] Stewart concordou com McNulty, comentando que os desenvolvedores alcançaram o clímax do primeiro arco de história do anime. A caracterização do vilão também impressionou o crítico.[73] Allega Frank do Polygon mencionou que durante o início do mangá e do anime, vários fãs estavam preocupados devido a um flashforward em que um Boruto mais velho está enfrentando um inimigo chamado Kawaki que sugere que Naruto pode estar morto; seu destino os deixou preocupados.[74] A série ficou em 80º lugar no Tokyo Anime Award Festival na categoria "Best 100 TV Anime 2017".[75]

A crítica também comentou sobre a caracterização de Boruto no anime. Beveridge elogiou o primeiro episódio da série, dizendo que sentiu que o retrato de Boruto era superior ao do mangá, enquanto outros escritores gostavam de seus traços heróicos que enviam mensagens mais positivas aos telespectadores.[76][77][78] Os críticos elogiaram o retorno do personagem Sasuke Uchiha ter se tornado mais atencioso com sua filha, Sarada, a protagonista feminina da série, e sentiram que os dois personagens se desenvolveram bastante.[79] Os críticos sentiram que isso ajudou a expandir ainda mais a conexão entre os membros da família Uchiha - Sasuke, Sakura e Sarada - devido a como sua ligação é retratada durante o segundo arco da história do anime.[80][81][82]

Notas

  1. Supervisor Editorial (Vol. 1 – 13)
  2. Diretor Chefe (総監督){{{2}}}
  3. Supervisor de Roteiro (ストーリー監修){{{2}}}
  4. conhecido no Japão como BORUTOボルト -NARUTO NEXT GENERATIONS-

Referências

  1. «BORUTO: NARUTO NEXT GENERATIONS - Assista na Crunchyroll». Crunchyroll 
  2. Kishimoto, Masashi (2005). Naruto. 6. [S.l.]: Viz Media. p. 106. ISBN 978-1-59116-739-6 
  3. «Weekly Shonen Jump». Weekly Shonen Jump 231 ed. Viz Media. Julho de 2016 
  4. «Weekly Shōnen Jump». Weekly Shōnen Jump 2370 ed. Shueisha. Julho de 2016 
  5. «Viz's English Shonen Jump to Publish New Boruto Manga, 1-Shot» (em inglês). Anime News Network. 19 de dezembro de 2015. Consultado em 22 de junho de 2017. Cópia arquivada em 28 de abril de 2017 
  6. «Naruto Launches Countdown to 'Next Generation'» (em inglês). Anime News Network. 30 de novembro de 2015. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  7. «Boruto Manga Gets Anime Project in April 2017» (em inglês). Anime News Network. 17 de dezembro de 2016. Consultado em 21 de maio de 2017 
  8. «Boruto -Naruto the Movie- Reveals Naruto, Sasuke Designs» (em inglês). Anime News Network. 5 de junho de 2015. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2017 
  9. «Ukyou Kodachi Talks about Kishimoto's Extremely Carefull [sic] Supervision of Boruto» (em inglês). Spiralling Sphere. 1 de junho de 2017. Consultado em 28 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2017 
  10. Ukyo Kodachi [u_kodachi] (18 de janeiro de 2018). «My science background born from my father.He is physician. And I got any ideas from sci-fi role playing game,shadow run,Tokyo NOVA, MAGE,and so on. I want fusions with traditional ninja saga and edge-cutting technology.» (Tweet) (em inglês) – via Twitter 
  11. a b c «Le manga de la semaine: Mikio Ikemoto commente Boruto, le spin-off de Naruto» (em francês). BFMTV. Consultado em 28 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2018 
  12. a b Kishimoto, Masashi; Kodachi, Ukyō; Ikemoto, Mikio (2020). BORUTO-ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- 巻ノ二 クソオヤジ…!! (em japonês). Japão: Shueisha. p. 1. ISBN 978-4-08-880827-7 
  13. a b c «Special interview with artist Mikio Ikemoto» (em inglês). Shonen Jump. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  14. «Jump Festa 2017 Interview – Masashi Kishimoto And The Future Of Boruto: Naruto Next Generations!» (em inglês). OtakuKart. 31 de janeiro de 2017. Consultado em 28 de fevereiro de 2021. Arquivado do original em 20 de junho de 2017 
  15. Ashcraft, Bryan (8 de maio de 2017). «Sounds Like Naruto's Creator Just Talked About Killing Off A Character» (em inglês). Kotaku. Consultado em 30 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 11 de julho de 2017 
  16. «Masashi Kishimoto Takes Over as Writer for Boruto Manga». Anime News Network (em inglês). 16 de novembro de 2020. Consultado em 30 de janeiro de 2021 
  17. «Ukyo Kodachi [@u_kodachi] "And that's how it is, at last we've decided to return BORUTO's baton to Kishimoto + Ikemoto-sensei's team! Please continue to support the journey of Boruto and his friends. I will also look forward to it as a reader!" (Tweet).» (em inglês). Twitter. 16 de novembro de 2020. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  18. «Masashi Kishimoto Takes Over as Writer for Boruto Manga». Anime News Network (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2020 
  19. «Boruto Manga Transfers to V Jump Magazine». Anime News Network (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2020 
  20. Valentine, Evan (7 de junho de 2019). «What Is Naruto's Big Announcement About Boruto?». ComicBook (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2020 
  21. «Naruto Spinoff Manga Boruto Launches on May 9» (em inglês). Anime News Network. 14 de março de 2016. Consultado em 21 de maio de 2017. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2016 
  22. «MANGA Plus|SpecialInterview MikioIkemoto». MANGA Plus (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  23. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Reveals More Cast, Staff». Anime News Network (em inglês). 23 de fevereiro de 2017. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  24. «Boruto - 01 | Naruto Next Generations». Loja Panini. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  25. «Boruto Manga Gets Anime Project in April 2017» (em inglês). Anime News Network. 17 de dezembro de 2016. Consultado em 21 de maio de 2017. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2016 
  26. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Reveals Promo Video, Key Visual, Returning Cast (Updated)» (em inglês). Anime News Network. 17 de dezembro de 2016. Consultado em 21 de maio de 2017. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2017 
  27. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Features Original Story» (em inglês). Anime News Network. 26 de janeiro de 2017. Consultado em 21 de maio de 2017. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2017 
  28. «New Boruto: Naruto Next Generations Anime Special Announced». ComicBook (em inglês). 13 de junho de 2017. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 18 de setembro de 2017 
  29. «Scenario Art Performs New Ending Theme For Boruto: Naruto Next Generations Anime» (em inglês). Anime News Network. 1 de junho de 2017. Consultado em 22 de junho de 2017 
  30. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Reveals More Cast, Staff» (em inglês). Anime News Network. 23 de fevereiro de 2017. Consultado em 21 de maio de 2017 
  31. «Weekly Shonen Jump Editor-in-Chief Hiroyuki Nakano». Anime News Network (em inglês). Consultado em 1 de março de 2021 
  32. Luz, Fabio (29 de março de 2017). «Novos Títulos de Primavera 2017: Renai Boukun e Boruto». Crunchyroll. Consultado em 22 de maio de 2017 
  33. «Boruto-ボルト- Naruto Next Generations DVD-Box 2 [完全生産限定版]». Neowing (em japonês). 8 de novembro de 2017. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  34. «Boruto Naruto Next Generations Original Soundtrack 1» (em japonês). CDJapan. Consultado em 4 de Junho de 2016. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2018 
  35. «Weekly Shōnen Jump». Weekly Shōnen Jump 2470 ed. Agosto de 2018 
  36. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Delays New Episodes Due to COVID-19». Anime News Network (em inglês). 20 de abril de 2020. Consultado em 1 de março de 2021 
  37. «BORUTO -ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- NOVEL 1» (em japonês). Shueisha. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 18 de agosto de 2018 
  38. «BORUTO -ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- NOVEL 2» (em japonês). Shueisha. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 18 de agosto de 2018 
  39. «BORUTO -ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- NOVEL 3» (em japonês). Shueisha. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 18 de agosto de 2018 
  40. «BORUTO -ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- NOVEL 4» (em japonês). Shueisha. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2018 
  41. «BORUTO -ボルト- -NARUTO NEXT GENERATIONS- NOVEL 5» (em japonês). Shueisha. Consultado em 1 de março de 2021. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2018 
  42. «Expansão Road to Boruto, de Naruto Shippuden: UNS 4, recebe trailer». IGN Brasil. 15 de setembro de 2016. Consultado em 9 de abril de 2021 
  43. «Bandai Namco Develops New Naruto to Boruto: Shinobi Striker PS4 Game». Anime News Network (em inglês). 6 de abril de 2017. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  44. «Entrevista a Noriaki Niiko, Productor de Naruto to Boruto: Shinobi Striker». GuiltyBit (em espanhol). 25 de agosto de 2017. Consultado em 28 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 17 de abril de 2018 
  45. «Naruto x Boruto Borutical Generations PC Browser Game Revealed». Anime News Network (em inglês). 8 de agosto de 2018. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  46. Sherman, Jennifer; Mateo, Alex (18 de janeiro de 2019). «Jump Force Game Adds Boruto to Lineup». Anime News Network (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  47. «Japanese Comic Ranking, May 22–28». Anime News Network (em inglês). 2 de junho de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 7 de julho de 2017 
  48. «Japanese Comic Ranking, December 12–18». Anime News Network (em inglês). 21 de dezembro de 2016. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 21 de junho de 2017 
  49. «Japanese Comic Ranking, August 1–7». Anime News Network (em inglês). 10 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 2 de julho de 2017 
  50. «Boruto: Naruto Next Generations Anime Features Original Story». Anime News Network (em inglês). 26 de janeiro de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 8 de junho de 2017 
  51. «Manga With Biggest 1st Printings from Kodansha, Shogakukan, Shueisha: 2017-2018». Anime News Network (em inglês). 6 de abril de 2018. Consultado em 9 de abril de 2021 
  52. a b c «The Spring 2017 Manga Guide Boruto Vol. 1». Anime News Network (em inglês). 30 de maio de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 1 de julho de 2017 
  53. «Boruto Chapter #1 Manga Review». The Fandom Post (em inglês). 10 de maio de 2016. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 1 de julho de 2017 
  54. «Boruto Vol. #01 Manga Review» (em inglês). 19 de maio de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2017 
  55. «Boruto: Naruto Next Generations Volume 1 manga review». Comic Book Bin (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 20 de abril de 2017 
  56. «Boruto Vol. #02 Manga Review». The Fandom Post (em inglês). 16 de outubro de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 17 de abril de 2018 
  57. «Boruto: Naruto Next Generations Volume 2 manga review». Comic Book Bin (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  58. «Boruto Vol. #06 Manga Review». Fandom Post (em inglês). 29 de setembro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2021 
  59. «Boruto: Naruto Next Generations: Volume 6 manga review». The Fandom Post (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  60. «Boruto: Naruto Next Generations: Volume 10». Manga News (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  61. «Boruto Vol. #07 Manga Review». Fandom Post (em inglês). 11 de dezembro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2021 
  62. «Boruto: Naruto Next Generations: Volume 7 manga review». Comic Book Bin (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  63. Hiroshi Matsuyama [PIROSHI_CC2] (8 de fevereiro de 2019). «『BORUTO ーボルトー』最新7巻。帯にも書かれてる通り『カワキ編』が本格スタートでアクション多目で見所の多い巻。 それにしても表紙がカッコいい。 カワキの耳の正確な描き込みに池本さんの性格が伺える。» (Tweet) (em japonês) – via Twitter 
  64. «Japanese Fans Choose the Spring 2017 Anime Worth Watching». Otaku USA (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 12 de junho de 2017 
  65. «Boruto: Naruto Next Generations Episode 8: "The Dream's Revelation" Review». IGN (em inglês). 25 de maio de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 1 de julho de 2017 
  66. «Boruto: Naruto Next Generations Episode 3: "Metal Lee Goes Wild!"». IGN (em inglês). 20 de abril de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 30 de maio de 2017 
  67. «TV Tokyo HD» (PDF) (em japonês). TV Tokyo 
  68. «Crunchyroll Reveals Most Watched Anime Worldwide for 2018». Anime News Network (em inglês). 27 de dezembro de 2018. Consultado em 9 de abril de 2021 
  69. «UKA Staff Best Anime of 2019». UK Anime Network (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021 
  70. «What To Expect From Viz Media For the Next 3000 Years». Geek.com (em inglês). 10 de outubro de 2016. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2016 
  71. Nelkin, Sarah (16 de maio de 2017). «Boruto Is Basically What Naruto Would've Looked Like if the World Had Been at Peace». Anime Now (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 12 de junho de 2017 
  72. McNulty, Amy (28 de junho de 2017). «Boruto: Naruto Next Generations Episode 13». Anime News Network (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 30 de junho de 2017 
  73. «Boruto: Naruto Next Generations Episode 13: "The Demon Beast Appears!" Review». IGN (em inglês). 29 de junho de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 2 de julho de 2017 
  74. Frank, Allega (6 de abril de 2017). «Boruto premiere leaves fans nervous about Naruto's fate». Polygon (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 8 de abril de 2017 
  75. «みんなが選ぶベスト100Animes [sic] of 2017». Tokyo Anime Award (em japonês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 26 de dezembro de 2017 
  76. «Boruto: Naruto Next Generations Episode #02 Anime Review». The Fandom Post (em inglês). 5 de abril de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 1 de julho de 2017 
  77. «Boruto: Naruto Next Generations Episodes 31-32». Anime News Network (em inglês). 8 de novembro de 2017. Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2018 
  78. Kouchi, Kanako. «An Interview With Chihiro Ikki, The Voice of Denki Kaminarimon from Boruto: Naruto Next Generations». Manga Tokyo (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 16 de março de 2018 
  79. Stewart, Sam (24 de agosto de 2017). «Boruto: Naruto Next Generations Episode 21: "Sasuke and Sarada" Review». IGN (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2017 
  80. Iikura, Ken (6 de setembro de 2017). «In Boruto, Sasuke Is a Jerk Who Loves His Daughter». Anime Now (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2017 
  81. Nelkin, Sarah (15 de setembro de 2017). «Sasuke & Sakura's Marriage Has a Balance That's Hard to See». Anime Now (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2017 
  82. Stewart, Sam (8 de setembro de 2017). «Boruto: Naruto Next Generations Episode 23: "Bonds Come In All Shapes" Review». IGN (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2021. Cópia arquivada em 8 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]