Patrocínio Paulista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Patrocínio Paulista
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Patrocínio Paulista
Bandeira
Brasão de armas de Patrocínio Paulista
Brasão de armas
Hino
Lema Patria deligenter opero
"Vigilante pela Pátria"
Apelido(s) "Terra do diamante"
Gentílico patrocinense
Localização
Localização de Patrocínio Paulista em São Paulo
Localização de Patrocínio Paulista em São Paulo
Mapa de Patrocínio Paulista
Coordenadas 20° 38' 20" S 47° 16' 55" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região metropolitana Franca
Municípios limítrofes Franca, Itirapuã, Batatais, Altinópolis, Ibiraci, São Sebastião do Paraíso, São Tomás de Aquino e Capetinga.[1]
Distância até a capital 420 km
História
Fundação 1885 (134–135 anos)
Aniversário 10 de março
Administração
Prefeito(a) Dr. Mauro Barcelos (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 600,107 km²
População total (est. IBGE/2019[3]) 14 670 hab.
Densidade 24,4 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 743 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,730 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 243 327,979 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 18 993,68

Patrocínio Paulista é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 20º38'22" sul e a uma longitude 47º16'54" oeste, estando a uma altitude de 743 metros. Sua população estimada pelo IBGE em 2019 foi de 14.670 habitantes.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A origem de Patrocínio Paulista teve lugar nas descobertas de diamantes nos ribeirões da região e na chegada de pioneiros oriundos de Minas Gerais que se dedicavam à pecuária e ao plantio de café.

A Freguesia de Patrocínio do Sapucaí foi criada pela Lei nº 17 de 30 de março de 1874. O patrimônio da Matriz foi doado pela família Monteiro de Araújo.

O município foi criado pela Lei nº 23 de 10 de março de 1885 e instalado a 28 de janeiro de 1888, desmembrado do município de Franca.

A Lei nº 233 de 24 de dezembro de 1948, alterou o nome para Patrocínio Paulista.

A Lei nº 233 de 24 de dezembro de 1948 desmembrou parte do território de Patrocínio Paulista criando o município de Itirapuã.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População total: 11.416

  • Urbana: 8.606
  • Rural: 2.810
  • Homens: 5.846
  • Mulheres: 5.570

Densidade demográfica (hab./km²): 19,02

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 7,55

Expectativa de vida (anos): 76,45

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,35

Taxa de alfabetização: 90,33%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,809

  • IDH-M Renda: 0,704
  • IDH-M Longevidade: 0,857
  • IDH-M Educação: 0,867

(Fonte: IPEADATA)

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Patrocínio Paulista é o tropical de altitude, ou CWB (temperado com estação seca no inverno), com estações bem definidas. O verão é tipicamente quente e úmido, entretanto com a persistência da chuva por vários dias (o que é bastante comum), a temperatura tende a cair, e se estabilizar em níveis agradáveis. O inverno é mais seco e de temperaturas amenas. Normalmente as ondas de frio duram alguns dias apenas, intercalados por dias mais quentes e secos, isso ocorre porque as massas de ar seco e frio que vêm logo atrás da frente fria tendem a esquentar sobre a região, formando assim uma área de alta pressão, que impede a penetração de umidade; esse bloqueio atmosférico provoca quedas na umidade relativa do ar, às vezes críticas — há registros de quedas até 14%[carece de fontes?]. Geadas podem ocorrer de maio a setembro, sendo mais comuns em julho e mais fortes em agosto, quando a temperatura pode chegar a 6°C nas madrugadas.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais, portanto, já obsoleta. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[7], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[8] para suas operações de telefonia fixa. A Tecnologia GPON da VIVO que é internet ultra rápida por fibra óptica já chegou em Franca, área de concessão da Algar Telecom porem em Patrocínio Paulista ainda está longe de ser implantada pois a VIVO sempre prestou um péssimo serviço na Localidade.

Eventos[editar | editar código-fonte]

O município oferece poucas opções de lazer. Além de algumas quadras esportivas, anualmente realizam-se três "grandes" eventos: a Caça ao Tesouro, a Festa do Peão e o Campeonato Municipal de Futsal.

  • Caça ao Tesouro: é realizada anualmente sempre no sábado da semana do aniversário da cidade - 10 de março - e é organizado pela prefeitura. Consiste em várias equipes correndo por toda a cidade, desvendando pistas com assuntos acerca do município, até chegarem à última pista que leva ao tesouro. O tesouro, como se espera, é um prêmio em dinheiro, sendo premiadas as 5 primeiras equipes.
  • Festa do Peão: como o nome sugere, a Festa do Peão é um torneio de montaria em touros e cavalos, com shows no fim de cada sessão de montaria. É realizada sempre no mês de julho.
  • Torneio Municipal de Futsal: sendo o mais aguardado evento patrocinense, o torneio reúne equipes de todo o município, formadas por habitantes locais, disputando entre si nas formas estabelecidas pela competição até chegar ao título. O torneio é realizado no Ginásio de Esportes Diamantão sempre no início do ano, com duração de cerca de um mês, tendo como a maior campeã a equipe Erre de Rudson, totalizando 11 títulos do campeonato.

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Paróquia[editar | editar código-fonte]

Igreja Católica Flag of the Vatican City.svg

Diocese Paróquia
Diocese de Franca Nossa Senhora do Patrocínio

A Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio foi criada no ano de 1875.

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 16 de setembro de 2007. Arquivado do original em 1 de agosto de 2012 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa Populacional de 2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 29 de dezembro de 2019 
  4. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 10 de junho de 2015 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  8. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]