Portal:Primatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas por tema · Glossários · Índice A-Z

(Atualizar Conteúdos)
Bem-vindo
ao Portal dos
Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Este portal pretende reunir informações relacionados os Primatas
Primatas | Imagens
Comentarios na página de discussão
 ver·editar Primatas
Man of the woods.JPG

A ordem dos Primatas é um grupo de mamíferos que compreende os popularmente chamados de macacos, símios, lêmures e os seres humanos. É dividida informalmente em símios e prossímios. Os primatas surgiram de ancestrais arborícolas nas florestas tropicais; muitas das características dessa ordem são adaptações a esse modo de vida. Entretanto, alguns primatas são parcialmente arborícolas. Com exceção dos humanos, que habitam todos os continentes, a maior dos primatas vivem em florestas tropicais e subtropicais das América, África e Ásia. Variam de forma extrema em tamanho, indo desde Microcebus berthae, que pesa 30 g, até Gorilla beringei graueri, que pode pesar mais de 200 kg. De acordo com o registro fóssil, os ancestrais mais primitivos dos primatas viveram no Cretáceo Superior, há cerca de 65 milhões de anos; o mais antigo primata conhecido é Plesiadapis, do Paleoceno Tardio, entre 55 e 58 milhões de anos atrás. Estudos de relógio molecular sugerem que a origem dessa ordem é mais antiga, com estimativas ao redor de 85 milhões de anos atrás, no Cretáceo Médio.

A ordem dos Primatas tem sido tradicionalmente dividida em dois grupos: prossímios e antropóides. Prossímios possuem características dos primeiros primatas, e são os lêmures de Madagáscar, lorisídeos, e társios. Os antropoides incluem macacos e o homem. Mais recentemente, taxonomistas dividiram a ordem em Strepsirrhini, consistindo nos prossímios excluindo os társios, e em Haplorrhini, que são os társios e antropoides. Antropoides são divididos em dois grupos: Platyrrhini, ou "macacos do Novo Mundo", da América do Sul e Central, e Catarrhini, que incluem o Cercopithecoidea e o Hominoidea, da África e Ásia. Os "macacos do Novo Mundo" são, por exemplo, os bugios, os macacos-prego e os saguis; os catarrinos são, por exemplo, os babuínos, os gibões, e os hominídeos. Humanos são os únicos catarrinos a serem bem sucedidos fora da África e Ásia, embora o registro fóssil mostre que já houve primatas não-humanos na Europa. Muitos primatas foram descobertos na década de 2000.

Mais informações sobre primatas...


Commons-logo.svg
Categoria | Media
 ver·editar Artigo selecionado
Australopithecusafarensis reconstruction.jpg
Os australopitecos (Australopithecus) (Latim australis "do sul", Grego pithekos "macaco") constituem um género de diversos hominídeos extintos, bastante próximos aos do género Homo e, dentre eles, o A. afarensis e o A. africanus são os mais famosos. O A. africanus, primeiro descrito por Raymond Dart, com base no "crânio Infantil de Taung", datado em 2,5 a 2,9 milhões de anos, foi considerado durante muito tempo o ancestral direto do género Homo (em especial da espécie Homo erectus).

As descobertas recentes de outros fósseis de hominídeos, mais antigos que o A. africanus e que, contudo, parecem pertencer ao género Homo, colocaram em dúvida aquela teoria: ou o género Homo se separou do Australopithecus anteriormente do que se pensava (o ancestral comum mais antigo que se conhece pode ser o A. afarensis ou outro ainda mais antigo), ou então ambos se desenvolveram independentemente a partir dum outro ancestral comum, ainda desconhecido.

Os australopitecíneos parecem ter aparecido há cerca de 3,9 milhões de anos. Os cérebros da maior parte das espécies de Australopithecus conhecidas eram sensivelmente 35 % menores que o do Homo sapiens e os próprios animais tinham pequeno tamanho, geralmente não mais de 1,2 m de altura. O nome significa “macaco austral”.

 ver·editar Imagem selecionada
{{{caption}}}
Cscr-featured.svg Crédito: Muhammad Mahdi Karim

Babuíno-anúbis é uma das espécies de babuínos com a distribuição geográfica mais ampla. Ocorre em 25 países da África, desde Mali, até a Etiópia e Tanzânia.

 ver·editar Você sabia?
Gombe Stream NP Alphatier.jpg
 ver·editar Categorias
 ver·editar Espécie selecionada
{{{caption}}}
Leontopithecus caissara (Mico-leão-de-cara-preta)
Status iucn3.1 CR pt.svg
Em perigo crítico

(IUCN 3.1)

O Mico-leão-de-cara-preta (nome científico: Leontopithecus caissara) é um primata brasileiro da família Cebidae e subfamília Callitrichinae e é endêmico da Mata Atlântica brasileira. Foi descoberto em 1990 na ilha de Superagüi no estado do Paraná, mas também ocorre no litoral sul de São Paulo. Acredita-se que hoje existam apenas 300 exemplares.

Há a discussão se é uma espécie propriamente dita ou se é subespécie do mico-leão-preto, mas as evidências apontam para ser uma espécie separada desta última. Habita a floresta ombrófila densa de terras baixas e é um animal insetívoro e frugívoro.

A biologia da espécie não é muito conhecida ainda e corre grave risco de extinção, devido à distribuição geográfica restrita e ao baixo número de indivíduos existentes. Não existe população do mico-leão-de-cara-preta em cativeiro.

 ver·editar Listas sobre primatas
 ver·editar WikiProjetos
 ver·editar Coisas a fazer

A maior parte dos artigos relacionados a Primatas não estão com qualidade considerada satisfatória. Muitos artigos são esboços, enquanto outros sofrem de muitos problemas como falta de referências e má formatação, além de que muitos são inexistentes na Wikipédia Lusófona. Por isso sua ajuda é muito importante. Se você se interessa por temas relacionados aos Primatas, ajude a melhorar a qualidade dos artigos e criar novos, de forma a construir uma enciclopédia livre onde o conteúdo de qualidade é acessível a todos. A seguir estão algumas dicas de como você pode contribuir.

Crystal Clear action configure.png
  • Se você ainda não está familiarizado com as ferramentas de edição da Wikipédia, dê uma olhada nesse simples tutorial com dicas simples, mas valiosas;
  • Melhore a qualidade dos artigos sobre os Primatas. Muitos deles carecem de fontes, o que compromete sua credibilidade;
  • Alguns artigos são destacados. Use-os como modelo para tornar outros artigos também destacados;
  • Ajude a manter este portal atualizado. Dê sugestões de novos artigos, imagens e notícias que podem ser incluídas nas seções acima. Se quiser fazer uma crítica, sugestão ou elogio sobre o portal em geral, utilize a página de discussão.
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Primatas.
  • Coloque a predefinição {{Portal-Primatas}} nos artigos sobre Primatas(o resultado está ao lado). Dessa forma você ajuda a divulgar este portal.
 ver·editar Wikimedia associada
Primatas no Wikispecies     Primatas no Wikiquote     Primatas no Wikibooks     Primatas no Wikisource     Primatas no Wiktionary     Primatas no Wikimedia Commons
Diretório de espécies Citações Manuais & Textos Textos Definições Imagens & Mídias
Wikispecies-logo.svg
Wikiquote-logo.svg
Wikibooks-logo.svg
Wikisource-logo.svg
Wiktionary-logo-en-35px.png
Commons-logo.svg

Portais de seres vivos

Portal:Biologia Portal:Ecologia Portal:Zoologia Portal:Anfíbios e répteis Portal:Aves Portal:Crustáceos Portal:Micologia Portal:Mamíferos Portal:Peixes Portal:Botânica Portal:Primatas
Biologia Ecologia Zoologia Anfíbios e Répteis Aves Crustáceos Fungos Mamíferos Peixes Plantas Primatas