Quartel dos Mouros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Quartel dos Mouros
港務局大樓
Nomes alternativos Edifício da Capitania dos Portos
Tipo Quartel
Estilo dominante Neomourisco, mogol
Arquiteto Cassuto
Fim da construção 1874
Património Mundial
Critérios ii, iii, iv, vi
Data 15 de julho de 2005
Referência 1110 en fr es
Geografia
País  China
Região administrativa especial Macau
Freguesia São Lourenço
Coordenadas 22° 11' 14.6" N 113° 31' 57.3" E
Geolocalização no mapa: Macau
Quartel dos Mouros está localizado em: Macau
Quartel dos Mouros

O Quartel dos Mouros (chinês: 摩爾兵營), também conhecido como Edifício da Capitania dos Portos (chinês: 港務局大樓), é um edifício histórico situado em São Lourenço, na Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China.[1][2] O edifício faz parte do Centro Histórico de Macau, que foi aprovado como Património Mundial da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura a 15 de julho de 2005.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O edifício foi construído em agosto de 1874 para alojar um regimento de Goa, Estado da Índia,[4][5] sendo projetado pelo arquiteto italiano Cassuto.[6][7] Em 1905, o edifício transformou-se na sede da Capitania dos Portos e da Polícia Marítima e Fiscal de Macau.[8] O edifício abriga atualmente a sede da Direção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água.[8][9]

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

A estrutura de estilo neoclássico foi construída com tijolos na encosta da Colina da Barra.[2] O edifício criado sob influência mogol, tem o diâmetro de 67,5 metros de comprimento e 37 metros de largura. Na parte posterior há dois andares e na outra parte há somente um andar. O edifício está pintado de amarelo e branco.[5]

Referências

  1. «Quartel dos Mouros». Rede do Património Cultural de Macau. Instituto Cultural. Consultado em 27 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2016 
  2. a b «Quartel dos Mouros». Rede do Património Mundial de Macau. Instituto Cultural. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  3. «Decisão tomada na África do Sul: UNESCO aprova monumentos de Macau para Património da Humanidade». Público. 15 de julho de 2005 
  4. Botas, João (13 de fevereiro de 2014). «Quartel dos Mouros: Desde 1874». Jornal Tribuna de Macau 
  5. a b «Quartel dos Mouros». Rede do Património Cultural de Macau. Instituto Cultural. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  6. «Quartel dos Mouros». Património de Influência Portuguesa. Fundação Calouste Gulbenkian. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  7. «Moorish Barracks» (em inglês). Lonely Planet. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  8. a b «Quartel dos Mouros». Guia da Cidade. Governo da Região Administrativa Especial de Macau. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  9. «Quartel dos Mouros». Direção dos Serviços de Turismo. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Quartel dos Mouros
Ícone de esboço Este artigo sobre Monumento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.