Raça Rubro-Negra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raça Rubro Negra
Flatorcida.JPG
Raça Rubro Negra
Fundação 24 de abril de 1977
Símbolo Punho cerrado pra cima
Sede Centro
Presidente Anderson Macula
Página oficial

Raça Rubro-Negra é a maior torcida organizada do Flamengo e do Rio de Janeiro, ela também pode ser chamada de Raça Fla ou simplesmente Raça.

Em 2003, possuía mais de 50 mil associados.[1]

Ela está presente em todos os jogos do Flamengo no Maracanã,(Atualmente suspensa),assim como em outros estádios mundo afora, e até em jogos de outros esportes que não sejam futebol, como no basquete.

História[editar | editar código-fonte]

A história da torcida do Flamengo remete ao ano no 1942, Em 1976, foram cartazes foram espalhados pelas nas paredes do Estádio do Maracanã, com a frase "Vem aí o Maior Movimento de Torcidas do Brasil".[2] O objetivo, segundo seus idealizadores, era formar uma torcida que não fosse apenas o camisa 12, e sim o primeiro jogador do time, o mais importante.[2] Seu nome foi escolhido pelo primeiro presidente, Cláudio Cruz, em homenagem aquela que ele considerava a principal característica do clube, de transformar derrotas iminentes em vitórias.[2]

O uniforme da torcida teria o tom predominante vermelho, com a manga, gola e escudo negros; a mão — com o punho cerrado — seria o símbolo de luta, resistência e vontade e sobretudo raça.[2] O primeiro símbolo idealizado seria duas mãos arrebentando uma corrente, alusão ao símbolo do Movimento Negro, mas esta a ideia foi rejeitada, pois segundo os fundadores poderia ser vista como uma alusão ao preconceito.[2] Assim o símbolo escolhido foi um punho cerrado saindo do mapa do Brasil.

Finalmente, no dia 24 de abril de 1977, a Raça Rubro-Negra foi oficialmente fundada.[2]

A torcida tem criticado a diretoria e jogadores não formados nas categorias de base do clube, que segundo seus dirigentes, fazem "corpo mole".[3]

Em 2014, seu ex-presidente foi preso em Belford Roxo, acusado de um homicídio contra um torcedor do Botafogo, ocorrido em fevereiro de 2012.[4]

Regiões[editar | editar código-fonte]

A Raça é dividida em Regiões.

Regiões do Grande Rio[editar | editar código-fonte]

Regiões Bairro/Município da Sede Bairros/Municípios Agregados
2ª Região Rio de JaneiroCentro Centro, Lapa, Santa Teresa, Gamboa, Santo Cristo, Cidade Nova, Baronesa, Saúde, Cajú, Coroa e Providência.
3ª Região Rio de JaneiroZona Sul Todos os Bairros da Zona Sul, Recreio e Barra da Tijuca.
4ª Região Rio de JaneiroJacarepaguá Todos os bairros da baixada de Jacarepaguá, Praça seca, Vila Valqueire, Vargem Grande e Vargem Pequena.
5ª Região Rio de JaneiroTijuca Tijuca, Maracanã, Usina, Alto da Boa vista, Andaraí, Grajaú, Vila Isabel e Estácio.
6ª Região Rio de JaneiroMangueira Mangueira, São Cristóvão, Manguinhos, Mandela, Caju, Triagem e Benfica.
7ª Região Rio de JaneiroZona Oeste Campo Grande, Santa Cruz, Urucânia, Paciência, Cosmos, Sepetiba, Guaratiba, Santíssimo, Bangu, Padre Miguel, Realengo, Magalhães Bastos, Deodoro, Marechal Hermes, Vila Militar, Campo dos Afonsos e Ricardo de Albuquerque.
8ª Região Rio de JaneiroCaxias é o Terror. Todo município de Duque de Caxias.
9ª Região Rio de JaneiroNiterói Niterói, Piratininga, Itaipu, Itaipuaçu, Camboinhas, Itacoatiara, Inoã e Maricá.
10ª Região Rio de JaneiroIlha do Governador Todos os bairros da Ilha do Governador.
11ª Região Rio de JaneiroSão Gonçalo Todo Município de São Gonçalo.
12ª Região Rio de JaneiroSapê Madureira, Campinho, Cavalcante, Oswaldo Cruz, Bento Ribeiro, Turiaçu, Rocha Miranda, Vista Alegre, Vicente de Carvalho,Vila da Penha, Irajá, Colégio, Acari, Coelho Neto, Honório Gurgel, Costa Barros, Vaz Lobo, Pavuna.
14ª Região Rio de JaneiroEngenho da Rainha Engenho da Rainha, Inhaúma, Pilares, Maria da Graça, Higienópolis, Del Castilho e Thomaz Coelho.
15ª Região Rio de JaneiroLeopoldina Ramos, Olaria, Bonsucesso, Penha Circular, Brás de Pina, Cordovil, Jardim América, Parada de Lucas e Vigário Geral.
16ª Região Rio de JaneiroPiabetá/Magé Todo município de Magé.
17ª Região Rio de JaneiroRocinha Comunidade da Rocinha.
18ª Região Rio de JaneiroBaixada Fluminense Toda Baixada Fluminense exceto Duque de Caxias e Magé.
63ª Região Rio de Janeiro Complexo da Penha Todo o Complexo da Penha.

Regiões do estado do Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Regiões Município da Sede Municípios Agregados
19ª Região Rio de JaneiroSul do Estado Todos os municípios do sul do estado do Rio de Janeiro.
20ª Região Rio de JaneiroRegião dos Lagos Todos os municípios da Regão dos Lagos do Rio de Janeiro.
21ª Região Rio de JaneiroPetrópolis Todo município de Petrópolis.
22ª Região Rio de JaneiroTeresópolis Todo município de Teresópolis.
23ª Região Rio de JaneiroBarra Mansa Todo município de Barra Mansa.
24ª Região Rio de JaneiroBarra do Piraí Todo município de Barra do Piraí e Mendes.
25ª Região Rio de JaneiroResende Todo município de Resende e Penedo.
26ª Região Rio de JaneiroCampos Todo município de Campos dos Goytacazes.
27ª Região Rio de JaneiroVolta Redonda Todo município de Volta Redonda.
28ª Região Rio de JaneiroMiracema Todo município de Miracema.
29ª Região Rio de JaneiroValença Todo município de Valença.
30ª Região Rio de JaneiroMacaé Todo município de Macaé.
31ª Região Rio de JaneiroNova Friburgo Todo município de Nova Friburgo.
32ª Região Rio de JaneiroTrês Rios Todo município de Três Rios.
48ª Região Rio de JaneiroRio Bonito Todo município de Rio Bonito.
50ª Região Rio de JaneiroCasimiro de Abreu Todo município de Casimiro de Abreu.
57ª Região Rio de JaneiroMiguel Pereira Todo município de Miguel Pereira.

Regiões de outros Estados[editar | editar código-fonte]

Regiões Município da Sede Municípios/Estados Agregados
33ª Região São PauloSão Paulo Toda estado de São Paulo.
34ª Região Minas GeraisItajubá Todo município de Itajubá e áreas de Minas Gerais.
35ª Região Minas GeraisJuiz de Fora Todo município de Juiz de Fora e áreas de Minas Gerais.
36ª Região SergipeAracaju Todo estado de Sergipe.
37ª Região Espírito Santo (estado)Vitória Todo estado do Espirito Santo.
38ª Região ParanáCuritiba Todo estado do Paraná.
39ª Região Santa CatarinaFlorianópolis Todo estado de Santa Catarina.
40ª Região Mato Grosso do SulCampo Grande Todo estado do Mato Grosso do Sul.
41ª Região Distrito Federal (Brasil)Brasília Toda região do Distrito Federal.
42ª Região AlagoasMaceió Todo estado de Alagoas.
43ª Região CearáFortaleza Todo estado do Ceará.
44ª Região PiauíTeresina Todo estado do Piauí.
45ª Região ParáBelém Todo estado do Pará.
46ª Região AmazonasManaus Todo estado do Amazonas.
49ª Região Mato GrossoCuiabá Todo estado do Mato Grosso.
51ª Região Rio Grande do SulPorto Alegre Todo estado do Rio Grande do Sul.
52ª Região PernambucoRecife Todo estado de Pernambuco.
53ª Região BahiaPorto Seguro Todo estado da Bahia.
54ª Região ParaíbaJoão Pessoa Todo estado da Paraíba.
55ª Região MaranhãoSão Luís Todo estado do Maranhão.
56ª Região GoiásGoiânia Todo estado de Goiás.
59ª Região RondôniaPorto Velho Todo estado de Rondônia.
62ª Região Rio Grande do NorteNatal Todo estado do Rio Grande do Norte.

Regiões de outros Países[editar | editar código-fonte]

Regiões Cidade da Sede País agregados
47ª Região Buenos Aires  Argentina (América do Sul)
58ª Região Flórida  Estados Unidos (América do Norte)
60ª Região Tóquio  Japão (Ásia)
61ª Região Londres  Reino Unido (Europa)

Aliadas e amizades[editar | editar código-fonte]

Bahia Torcida Uniformizada Os Imbatíveis - Vitória

Paraná Torcida Organizada Os Fanáticos - Athletico Paranaense

Rio Grande do Sul Guarda Popular - Internacional

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Alba Maria Zaluar, Rodrigo De Araujo Monteiro (2013). «Torcer, lutar, ao inimigo massacrar: Raça Rubro-Negra!». Consultado em 30 de dezembro de 2014 
  2. a b c d e f organizadasbrasil.com. «História». site oficial. Consultado em 30 de dezembro de 2014 
  3. Revista Veja (18 de janeiro de 2012). «Raça Rubro Negra cobra 'medalhões' e diretoria em comunicado». Consultado em 30 de dezembro de 2014 
  4. extra.globo.com (30 de dezembro de 2014). «Polícia prende ex-presidente de torcida do Flamengo que estava foragido». Consultado em 30 de dezembro de 2014