Seiwakai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Seiwakai é um estilo de caratê criado em 1996 pelo Kancho Ademir da Costa, derivado do Kyokushin (caratê-dô de combate). Trata-se de uma arte marcial brasileira moderna. O seiwakai é um estilo parecido, por ser 100% contato próximo do muay-thai embora tenha "kata", "dogueiko", "kihongueiko" entre outras técnicas que são próprias do caratê. O seiwakai é um estilo agressivo que tem como objetivo o nocaute[1].

O brasileiro Ademir da Costa foi um reconhecido lutador no estilo Kyokushin, mas desentendimentos iniciados após a morte do fundador Masutatsu Oyama em 1994 o levaram a romper com a organização e fundar seu próprio estilo [2]. O primeiro torneio de seiwakai ocorreu em 1998.

Atualmente, a Organização Internacional de Karatê de Combate Seiwakai está presente em vários países.

Graduação[editar | editar código-fonte]

A exemplo dos demais estilos de caratê, a graduação é feita conforme a corda da faixa, ou obi.

Branca - 10º Kyu Ceinture blanche.png
Laranja - 9º Kyu Ceinture orange.png
Azul - 8º e 7º Kyu Ceinture bleue.png
Amarela - 6º e 5º Kyu Ceinture jaune.png
Verde - 4º e 3º Kyu Ceinture verte.png
Marrom - 2º e 1º Kyu Ceinture marron.png
Preta (1º ao 6º "Dan") Ceinture noire.png

"A faixa não deve ser lavada, é a alma do atleta, carrega seu suor, seus treinos, seu aprendizado, sua experiência de vida e por isso mesmo deve ser respeitada e tratada como merece, porém, nunca deve ser lavada. De nada adianta você esfregar sua faixa nas pedras para parecer mais experiente, o valor transmitido pelo verdadeiro Mestre das artes marciais é a honestidade nas ações, o caráter formado através do trabalho diário, dos treinos, das lutas, do suor e do sangue do atleta e não de artifícios que somente induzem à falsidade." Kancho Ademir da Costa

Referências

  1. «Ademir da Costa realiza Seiwakai Fight Night :: TATAME» (em português). Consultado em 22.nov.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Journal of Combative Sport - História do karatê no Brasil». Consultado em 9 de abril de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]