St. Patrick's Day

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela festa celebrada a 17 de Março, veja Dia de São Patrício.
"St. Patrick's Day"
12.º episódio da 6.ª temporada de 30 Rock
Tracy (Tracy Morgan; esquerda) e Jenna (Jane Krakowski) a darem cobertura à celebração do Dia de São Patrício. O desempenho e química de ambos actores foram aclamados por críticos de televisão.
Informação geral
Direção John Riggi
Escritor(es) Colleen McGuinness
História
Produção
Canção(ões) "Danny Boy",
por Jane Krakowski
Direção de
fotografia
Michael Slovis
Edição Ken Eluto, A.C.E.
Código(s) de produção 612
Transmissão original 15 de Março de 2012
Convidados
Episódios da 6.ª temporada
30 Rock (6.ª temporada)
Lista de episódios

"St. Patrick's Day" é o 12.º episódio da sexta temporada da série de televisão norte-americana de comédia de situação 30 Rock, e o 115.º da série em geral. Teve o seu argumento escrito por Colleen McGuinness e foi realizado pelo produtor executivo John Riggi. A sua transmissão nos Estados Unidos ocorreu na noite de 15 de Março de 2012 através da rede de televisão National Broadcasting Company (NBC). Dentre os artistas convidados, estão inclusos James Marsden, Dean Winters, Kristen Schaal, Bernie McInerney, Sue Galloway e Melissa McMeekin. O apresentador de meteorologia Al Roker e o locutor Ira Glass também participaram interpretando versões ficcionais de si próprios.

No episódio, Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) sente-se não digno do seu prémio recente, e tenta se redimir através de uma partida de um jogo de tabuleiro estratégico com os argumentistas do TGS. Entretanto, Liz Lemon (Tina Fey) acredita estar amaldiçoada no Dia de São Patrício quando Dennis Duffy (Winters), o ex-namorado com quem teve o relacionamento mais longo, aparece para descarrilar com sucessos o seu namoro com Chriss Chros (Marsden). Ao mesmo tempo, Hazel Wassername (Schaal), substituta do estagiário Kenneth Parcell (Jack McBrayer), batalha para conseguir manter a paz entre as estrelas do TGS, Tracy Jordan (Tracy Morgan) e Jenna Maroney (Jane Krakowski).

Em geral, "St. Patrick's Day" foi recebido com opiniões positivas pelos críticos especialistas em televisão do horário nobre, que vangloriaram o desempenho de Morgan e Krakowski por conseguirem demonstrar um amadurecimento na relação entre as suas respectivas personagens. Contudo, houve opiniões divididas sobre a necessidade da participação de Winters. De acordo com as estatísticas publicadas pelo serviço de mediação de audiências Nielsen Ratings, o episódio foi assistido em uma média de 4,00 milhões de domicílios durante a sua transmissão original norte-americana, e foi-lhe atribuída a classificação de 2,0 e seis de share no perfil demográfico dos telespectadores entre os dezoito aos 49 anos de idade.

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

"St. Patrick's Day" é o 12.º episódio da sexta temporada de 30 Rock.[1] O seu argumento foi escrito por Colleen McGuinness, marcando a sua estreia como guionista, enquanto a realização ficou sob responsabilidade de John Riggi, que também assume as funções de produtor executivo e guionista no seriado. Este foi o 11.° crédito de realização de Riggi, assim como o terceiro da temporada.[2][3]

Segundo Tina Fey, assim como vários críticos de televisão, a sua personagem Liz Lemon demonstrou um enorme amadurecimento emocional e amoroso em "St. Patrick's Day."

Após o fim da sexta temporada, Tina Fey, criadora e produtora executiva de 30 Rock, declarou à revista electrónica Entertainment Weekly que a cena na qual a sua personagem declara o seu amor a Chriss foi a que mais demonstrou mudanças em Liz de todas as outras da temporada, afirmando: "Você faz essas séries, e você espera que elas durem por vários anos. Você deseja que as personagens amadureçam, mas elas não podem amadurecer muito rapidamente então, seis anos depois, Liz finalmente fez algum amadurecimento emocional e, para mim, eu pensei que fosse uma boa história e um momento agradável para a personagem. Então, eu também, como actriz, fiquei muito feliz por poder usar as grandes mãos do Hulk nesta grande cena romântica."[4]

Uma participação especial de seis episódios na sexta temporada de 30 Rock do actor James Marsden foi primeiramente anunciada pela imprensa em Outubro de 2011. A sua estreia como Criss Chros, o novo namorado de Liz Lemon, foi em "Dance Like Nobody's Watching," e em "St. Patrick's Day" ele fez a sua quinta participação.[5] O actor expressou ao jornal Los Angeles Times que "gostaria de interpretar uma personagem divertida."[6] Kristen Schaal também repetiu o seu desempenho como a estagiária substituta Hazel Wassername pela terceira vez,[7] enquanto Dean Winters, intérprete de Dennis Duffy, regressou ao seriado para fazer a sua performance como participação como Dennis Duffy pela 11.ª vez, marcando assim a sua primeira participação deste o centésimo episódio na quinta temporada.[1] Em uma das cenas de "St. Patrick's Day" foram transmitidas analepses de "The Break-Up", "Subway Hero", "Emanuelle Goes to Dinosaur Land" e "100," todas elas apresentando o momento em que Dennis anuncia a Liz que "eu estarei de volta."[8] O meteorologista de televisão Al Roker e o locutor Ira Glass fizeram breves aparições em "St. Patrick's Day" desempenhando versões fictícias de si mesmos. Roker, na sua primeira participação desde "Fireworks" na primeira temporada, substituiu Jenna e Tracy na cobertura televisiva do desfile do Dia de São Patrício, enquanto Glass vocalizou um locutor que é brutalmente espancado por foliões bêbados.[9][10]

A trama de Tracy Jordan e Jenna Maroney em "St. Patrick's Day" é uma continuação a um acontecimento referido em "The Funcooker," no qual os dois são escolhidos para apresentarem a cobertura televisiva do desfile do Dia de São Patrício.[11] No entanto, Jenna desmaia ao vivo devido à exaustão e Tracy, repreendendo-a, pragueja na televisão ao vivo para fazê-la acordar. Isto foi mencionado na sequência de cold open por Jack, que declara tê-los escolhido novamente para melhorar a imagem deles e dar-lhes uma nova chance.[8]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Liz Lemon (Tina Fey), expressando um desdém geral para com a comunidade irlandesa, planeia passar o Dia de São Patrício no seu apartamento com o seu namorado Criss (James Marsden). Criss decide finalmente expressar o seu amor por ela, que imediatamente muda de assunto. Então, Dennis Duffy (Dean Winters), ex-namorado de Liz, aparece repentinamente com um ferimento na cabeça para alojar-se no apartamento, fazendo-a pressupor esta ser mais uma das suas manobras para reconquistá-la. Criss é hospitaleiro para com Dennis, que afirma namorar com Megan (Melissa McMeekin), cujo avô inventou o sinal de trânsito STOP. Depois de Liz declarar o seu amor por Dennis em um esforço para revelar o seu bluff, Criss, irritado pela facilidade pela qual demonstrou isso ao seu ex-namorado, sai de rompante. Mais tarde, Dennis revela a Liz que Megan, que mais tarde também aparece no apartamento, é na verdade sua esposa. Após uma conversa com o casal, Liz vai à carrinha de cachorros-quentes de Criss e finalmente declara o seu amor por ele.[8]

Enquanto isso, Jenna Maroney (Jane Krakowski) e Tracy Jordan (Tracy Morgan) irão mais uma vez apresentar a cobertura televisiva do desfile do Dia de São Patrício. Quando assistem ao comercial do desfile com a estagiária Hazel Wassername (Kristen Schaal), a dupla nota que o nome de Jenna aparece em primeiro no teleponto, inferindo que ela é uma estrela maior que Tracy. Ao saber disto, o produtor Pete Hornberger (Scott Adsit) repreende Hazel e manda-a corrigir a situação. Hazel substitui os nomes da dupla para "Apresentador #1" e "Apresentador #2," levando ambos a lerem as frases do Apresentador #1. Kenneth, que está em casa, resiste à tentação de intervir quando assiste ao desastre ao vivo na televisão, e os executivos da NBC acabam substituindo Tracy e Jenna por Al Roker. Mais logo, um carro à espera de Tracy e Jenna rotulado com "Apresentador #2" deixa-os confusos sobre quem deve entrar, forçando-os a finalmente confessarem as emoções por detrás da briga. Após se entenderem, retornam para apresentar o resto da transmissão. O motorista do carro revela-se ser Kenneth.[8]

Entretanto, Jack Donaghy (Alec Baldwin) descobre que os guionistas do TGS, que receiam ir às ruas por terem "faces esmurráveis," estão no meio de uma partida do jogo de tabuleiro de fantasia Colonizadores de Malaar (dos criadores de Procura de Cálice e Conservação da Virgindade). Jack se deleita com as dinâmicas económicas do jogo, mas acaba perdendo a maioria das suas "posses" para Frank Rossitano (Judah Friedlander) e descobre que o jogo (especificamente o Deserto de Croff) é uma metáfora para sua carreira estagnada na empresa KableTown. Depois de uma procura espiritual na Catedral de São Patrício com um Padre (Bernie McInerney), ele retorna ao escritório do TGS com uma táctica para vencer o jogo e volta a ser adulado pelos argumentistas.[8]

A cobertura do Dia de São Patrício por Tracy e Jenna é transmitida durante a sequência dos créditos finais. Imagens em directo da praça mostram Liz a declarar o seu amor a Chriss, entre vários outros cenários. No fim, Jenna canta "Danny Boy" (1913).[8]

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Liz diz que irá celebrar o Dia de São Patrício em casa a rir de excertos do filme As Cinzas de Ângela (1999) e irá vestir laranja da cabeça aos pés "graças a William de Orange que, de acordo com o Yahoo! Answers, é o inventor do laranja."[12][13] Ela diz ainda que a franquia Indiana Jones não iria existir se não fosse pelos alemães.[13] Enquanto conversava com Liz e Chriss, Dennis grita "Força Celtics! Os Celtics não prestam. Força Knicks!" Tracy menciona que implorou para substituir Andy Rooney no programa de televisão 60 Minutes e,[12] mais tarde, revela a Liz que pregou uma partida a George Clooney nos estúdios de gravação de Ocean's Twelve (2004). Segundo Liz, Dennis é semelhante ao Exterminador, "mas com óculos de sol baratos."[12] O Exterminador, interpretado por Arnold Schwarzenegger, é a personagem principal da franquia Exterminador Implacável.[14] Dennis convida Chriss a assistir a um "filme de lésbicas em exibição no Showtime" estrelado por Mark Ruffalo, possivelmente referindo-se a The Kids Are All Right (2010).[15][16] Jack diz que "se a série Harry's Law não tiver o seu início nesta semana, Jenna e Tracy são as maiores estrelas da NBC."

A franquia Star Wars, uma space opera norte-americana, é frequentemente referenciada em 30 Rock. Tracy já parou o trânsito em uma auto-estrada nova-iorquina a declarar em voz alta ser um cavaleiro espacial Jedi e já assumiu também a identidade da personagem Chewbacca.[17] Liz admite ser obcecada pela Princesa Leia, tendo se fantasiado dela por inúmeras vezes, inclusive por quatro Dia das bruxas e em tentativas de se livrar do serviço do júri tanto em Chicago quanto em Nova Iorque, e ainda no seu próprio casamento.[18] A actriz Carrie Fisher, intérprete da Princesa Leia na trilogia original da franquia, já participou de um episódio de 30 Rock.[17] Liz tem muitas vezes usado metáforas de Star Wars para descrever a sua vida, admitindo necessitar mais DVDs da saga, e apontando o filme Ataque dos Clones (2002) como o seu menos favorito.[19] Neste episódio, Liz diz "Tu Soloaste-me" a Chriss quando este responde "Eu sei" após Liz expressar o seu amor por ele. Esta é uma referência a uma cena do filme O Império Contra-Ataca (1980) e a Han Solo, personagem de Star Wars interpretada por Harrison Ford.[13] Fey, uma fã ávida de Star Wars, disse que a piada ou referência à saga "começou a acontecer organicamente" quando a equipa apercebeu-se que tinha uma referência de Star Wars "em quase todos episódios." A argumentista disse que a partir de então "tornou-se uma coisa que [eles] tentaram manter no programa," e que mesmo que não pudessem incluir uma em cada episódio, ainda tinham uma "média muito alta de piadas," atribuindo a maioria das referências ao produtor executivo e argumentista Robert Carlock, a quem descreveu como "o especialista residente."[20]

Transmissão e repercussão[editar | editar código-fonte]

"St. Patrick's Day" foi transmitido nos Estados Unidos pela NBC na noite de 15 de Março de 2012 como o 115.º episódio de 30 Rock no novo horário das 20h30min (UTC-4; horário de verão).[21] Esta mudança de horário deveu-se ao retorno de Community, seriado que antigamente ocupava o horário das 20 horas e cuja produção havia permanecido em hiato por dois meses, e também por causa da audiência insatisfatória alcançada desde o início da sexta temporada de 30 Rock.[22] Em Portugal, o episódio foi transmitido a de 12 de Julho de 2012 pelo canal de televisão FX.[23]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Gráfico ilustrativo da audiência da sexta temporada de 30 Rock. "St. Patrick's Day" está representado pelo número quinze na coluna das abcissas.

De acordo com os dados estatísticos publicados pelo serviço de registo de audiências Nielsen Ratings, "St. Patrick's Day" atraiu uma média de 4,00 milhões de agregados familiares durante a sua transmissão original norte-americana, uma melhoria de 12,75 por cento em relação ao episódio da semana anterior, e de 33,00 por cento em relação à média de aderência da temporada. Além disso, recebeu a classificação de 2,0 e seis de share no perfil demográfico dos telespectadores entre os dezoito aos 49 anos de idade. O 2,0 refere-se a 2,0 por cento de todos os cidadãos dos dezoito aos 49 anos de idade nos Estados Unidos, e o seis refere-se a seis por cento de todos os telespectadores dos dezoito aos 49 anos de idade que estavam a assistir televisão no país no momento da transmissão. Esta foi a maior classificação da temporada entre nesse perfil demográfico e a maior da NBC para aquele horário de transmissão desde Novembro de 2011.[24]

Naquela noite, 30 Rock foi o sexto (de sete) programa mais assistido de todos os outros transmitidos em simultâneo por outras emissoras, assim como o quarto (de cinco) mais visto pelos adultos entre os dezoito aos 49 anos de idade dos outros cinco programas transmitidos no horário nobre da NBC. No perfil demográfico dos telespectadores masculinos entre os dezoito aos 34 anos de idade, a série foi a 16.ª mais vista da semana nas três grandes emissoras dos Estados Unidos, e a primeira mais vista entre as outras trasmitidas em simultâneo por outras emissoras. No perfil demográfico dos telespectadores entre os dezoito aos 34 anos de idade, 30 Rock foi o segundo programa mais assistido de todos os outros transmitidos em simultâneo por outras emissoras.[25]

Análises da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
A.V. Club B-[15]
AfterEllen.com (positiva)[13]
Alan Sepinwall (positiva)[16]
CNN (positiva)[26]
Entertainment Weekly (positiva)[14]
Examiner.com (positiva)[27]
The Filtered Lens 6,5/10[28]
Hollywood.com (positiva)[29]
TV Guide (positiva)[30]
Vulture 3 de 5 estrelas.[12]
A participação de Dean Winters foi recebida com opiniões mistas pelos críticos de televisão, que elogiaram o seu desempenho mas questionaram a necessidade da sua personagem no episódio.

Escrevendo para o jornal de entretenimento The A.V. Club, Nathan Rabin achou que como um episódio festivo, este "não esteve perto da farsa imperdoável que foi o episódio do Dia dos Namorados, mas não esteve na mesma liga que o episódio delicioso 'Leap Day' também. Pelo contrário, ocupa uma posição intermediária entre os dois extremos." Mesmo assim, Rabin considerou a trama de Tracy e Jenna "um grande salto para a série," mas criticou o desempenho de Kristen Schaal que "não impressiona com o seu papel de estagiária zangada com o mundo" e Dean Winters, cujo retorno "costumava ser um motivo de jubilação, [...] mas quando ele aparece na porta de Liz no Dia de São Patrício, ... parece ser apenas uma ré-exibição." O analista criticou ainda o "mau uso" de Ira Glass, a quem espera ser um futuro convidado.[15] Breia Brissey partilhou desta opinião acerca de Schaal na sua análise para a revista electrónica Entertainment Weekly, opinando que a sua personagem está a tornar-se "assustadora," o que faz-lhe sentir falta de Kenneth, o único estagiário capaz de manter a paz entre Tracy e Jenna.[14]

Por outro lado, Alan Sepinwall, colunista de televisão do portal Upprox, achou que o momento no qual Liz declara o seu amor Chriss foi "engraçado e doce" e elogiou bastante Winters, cuja personagem "suficientemente ridícula para ser engraçado, e ainda suficientemente real para você acreditar que Liz realmente namorou com ele" empurrou o relacionamento de Liz e Chriss para um novo caminho.[16] Para Izzy Grinspan, do portal nova-iorquino Vulture, este episódio foi um pouco "repetitivo, especialmente depois do 29 de Fevereiro," comentando que "St. Patrick's Day" foi "melhor porque os argumentistas de 30 Rock fizeram as suas personagens enfrentarem fantasmas do passado." Ela também atribuiu elogios ao desempenho de Winters.[12] Michael Arbeiter, para a página Hollywood.com, afirmou que "St. Patrick's Day" é a prova da qualidade que 30 Rock tem à sua disposição, declarando que nesta temporada, "30 Rock mostrou um abandono de personagens que alguma vez chamamos de 'humanas'. Esta semana, porém, parece que os nossos velhos amigos Liz e Jack voltaram à sintonia das suas encarnações verossímeis confiáveis." Arbeiter elogiou a trama de Liz por ter-lhe permitido "demonstrar um amadurecimento emocional real," assim como a de Jack que "deu um passo legitimamente profissional interessante."[29]

Para Matt Carter, da página digital de entretenimento Examiner.com, o episódio provou que os seis anos de vida do seriado não são justificativas para que ele deixe de ser engraçado, declarando que uma combinação de coisas simples foi o que fez este "funcionar sem dificuldades."[27] Para Mary Cella, da coluna The Marquee Blog do canal de televisão CNN, a evolução das personagens foi o ponto mais alto de "St. Patrick's Day," comentando: "... o que torna um seriado verdadeiramente grande é a humanidade das personagens. Então, quando Tracy disse: 'Certamente é gratificante quando um personagem no qual você investe em um seriado amadurece,' foi um resumo agradável de um episódio em que até mesmo o perpétuo burrinho Dennis Duffy evoluiu."[26] Para Matt Roush, da revista televisiva TV Guide, o melhor aspecto do episódio foi a trama de Tracy e Jenna e, "apesar da maior parte do episódio do Dia de São Patrício ter me deixado a ver verde, eu uivei quando Tracy disse ao seu iPhone: 'Siri, mata a Jenna.'"[30] Dorothy Snarker, para o portal LGBT AfterEllen.com, partilhou desta opinião e ainda parabenizou a criatividade das referências culturais, congratulando também Tina Fey pelo seu desempenho.[13]

Segundo Matt Dougherty, do blogue The Filtered Lens, este "não foi um episódio horrível da série, mas esteve longe de ser grandioso," criticando o retorno de Dennis pela sua aleatoriedade e desempenho abaixo da qualidade do passado. "Foi definitivamente um dos mais sem graça da temporada, o que é decepcionante, considerando as principais evoluções feitas no relacionamento de Liz e Criss," escreveu ele.[28] Joshua Kurp, para o Splitsider, também teve uma opinião pouco favorável, considerando os sub-enredos deste episódio "sólido" como "pouco interessantes" e "repetitivos."[10]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas de rodapé

  1. a b «30 Rock Episode Guide 2012 Season 6 - St. Patrick's Day, Episode 14». TV Guide (em inglês). Fort Mill: Red Ventures, LLC. Consultado em 9 de Março de 2012. Arquivado do original em 28 de Abril de 2013 
  2. «Colleen McGuiness» (em inglês). Yahoo! TV (Yahoo!, Inc.). Consultado em 11 de Agosto de 2012. Arquivado do original em 28 de Abril de 2013 
  3. «John Riggi» (em inglês). Boca Raton: Hollywood.com, LLC. Consultado em 10 de Novembro de 2011 
  4. LEE, Stephan (22 de Junho de 2012). «Emmy Watch: Tina Fey on Liz Lemon as a mom, and her season 7 'bucket list'». Entertainment Weekly (em inglês). Des Moines: Meredith Corporation. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  5. RICE, Lynette (5 de Outubro de 2012). «James Marsden to guest star on '30 Rock'». Entertainment Weekly (em inglês). Des Moines: Meredith Corporation. Consultado em 29 de Fevereiro de 2012 
  6. VILLAREAL, Yvonne (6 de Janeiro de 2012). «Q+A: James Marsden 'hopes to be funny' on '30 Rock'». Los Angeles Times (em inglês). Los Angeles: Los Angeles Times Communications, LLC. Consultado em 29 de Fevereiro de 2012 
  7. GOLDBERG, Lesley; ROSE, Lacey (17 de Novembro de 2011). «'Daily Show' Comedienne to Recur on '30 Rock'». The Hollywood Reporter (em inglês). Los Angeles: Penske Business Media, LLC. Consultado em 29 de Fevereiro de 2012 
  8. a b c d e f McGUINESS, Colleen (argumentista); RIGGI, John (realizador) (15 de Março de 2012). «St. Patrick's Day». 30 Rock. Temporada 6. Episódio 12. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  9. «Al makes a '30 Rock' cameo for St. Patrick's Day». Today (em inglês). Nova Iorque: NBC Universal Media, LLC. 15 de Março de 2012. Consultado em 12 de Julho de 2012 
  10. a b KURP, Joshua (16 de Março de 2012). «30 Rock Recap: "St. Patrick's Day"». Splitsider (em inglês). The Awl. Consultado em 13 de Julho de 2012. Arquivado do original em 28 de Abril de 2013 
  11. CERAULO, Tom (argumentista); GLOVER, Donald (argumentista); WHITTINGHAM, Ken (realizador) (12 de Março de 2009). «The Funcooker». 30 Rock. Temporada 3. Episódio 14. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  12. a b c d e GRINSPAN, Izzy (16 de Março de 2012). «30 Rock Recap: Hulk Hands and Irish Nonsense». Vulture (em inglês). Nova Iorque: Vox Media Networks, LLC. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  13. a b c d e SNARKER, Dorothy (19 de Março de 2012). «Gay Girl's Goggles: "30 Rock" SnapCap (6.12) – Will you be my Han Solo?» (em inglês). AfterEllen.com. Lesbian Nation, LLC. Consultado em 13 de Julho de 2012. Arquivado do original em 24 de Abril de 2013 
  14. a b c BRISSEY, Breia (16 de Março de 2012). «'30 Rock': Hurricane Shamrock». Entertainment Weekly (em inglês). Des Moines: Meredith Corporation. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  15. a b c RABIN, Nathan (15 de Março de 2012). «"St. Patrick's Day" | 30 Rock». A.V. Club (em inglês). Nova Iorque: G/O Media, Inc. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  16. a b c SEPINWALL, Alan (16 de Março de 2012). «Review: '30 Rock' - 'St. Patrick's Day': Duffy man» (em inglês). UPPROX Media. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  17. a b LOUGH, Chris; McGOVERN, Bridget (30 de Janeiro de 2013). «Ewoks and Nerdery Sluts: 30 Rock's Geekiest Moments» (em inglês). Nova Iorque: Tor.com. Macmillan Publishers. Consultado em 30 de Janeiro de 2013 
  18. MASSOTO, Erick (21 de Agosto de 2011). «'30 Rock': The 7 Best Liz Lemon Episodes». Collider (em inglês). Saint Laurent: Valnet inc. Consultado em 20 de Abril de 2022 
  19. RIGGI, John (argumentista); SCARDINO, Don (realizador) (12 de Abril de 2007). «Corporate Crush». 30 Rock. Temporada 1. Episódio 19. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  20. TOPEL, Fred (16 de Setembro de 2009). «Tina Fey Gets the Gold». CraveOnline (em inglês). AtomicMedia. Consultado em 20 de Junho de 2012. Cópia arquivada em 6 de Abril de 2010 
  21. «Episode Title: (#614) KIDNAPPED BY DANGER» (em inglês). The Futon Critic. 14 de Março de 2012. Consultado em 14 de Março de 2012 
  22. SEIDMAN, Robert (21 de Fevereiro de 2012). «'Community' Returns March 15 at 8pm + Premieres for 'Bent,' 'Best Friends Forever' and 'Betty White's Off Their Rockers'». TV by the Numbers. Zap2it (em inglês). Consultado em 30 de Março de 2012. Arquivado do original em 24 de Fevereiro de 2012 
  23. «Rockfeller 30 - As Regras são Para Ser Quebradas». FX Portugal. The Walt Disney Company Portugal TF, Unipessoal, Lda. Consultado em 13 de Julho de 2012. Arquivado do original em 4 de Maio de 2013 
  24. KONDOLOJY, Amanda (16 de Março de 2012). «Thursday Final Ratings: 'American Idol', 'The Office', 'Missing' Adjusted Up, 'Private Practice' Adjusted Down + NCAA Game Ratings». TV by the Numbers. Zap2it (em inglês). Tribune Media Services, Inc. Consultado em 16 de Março de 2012. Arquivado do original em 20 de Julho de 2012 
  25. «NBC Weekly Ratings - "The Voice" Paces Network's Primetime Week of March 12-18» (em inglês). The Futon Critic. 20 de Março de 2012. Consultado em 20 de Março de 2012 
  26. a b CELLA, Mary (16 de Março de 2012). «'30 Rock' season 6: A worthy St. Patrick's Day». The Marquee Blog (em inglês). Cable News Network. Turner Broadcasting System, Inc. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  27. a b CARTER, Matt (15 de Março de 2012). «'30 Rock' season 6: A worthy St. Patrick's Day» (em inglês). Examiner.com. Consultado em 13 de Julho de 2012. Arquivado do original em 25 de Abril de 2013 
  28. a b DOUGHERTY, Matt (21 de Março de 2012). «'30 Rock: St. Patrick's Day' Review». The Filtered Lens (em inglês). Consultado em 13 de Julho de 2012. Arquivado do original em 28 de Abril de 2013 
  29. a b ARBEITER, Michael (16 de Março de 2012). «'30 Rock' Recap: Dungeons, Dragons, Drunkards and Dennis» (em inglês). Boca Raton: Hollywood.com, LLC. Consultado em 13 de Julho de 2012 
  30. a b ROUSH, Matt (16 de Março de 2012). «Matt's TV Week in Review». TV Guide (em inglês). NTVB Media. CBS Interactive, Inc. (CBS Corporation). Consultado em 13 de Julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]