Téon de Alexandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Téon de Alexandria
Nascimento 335
Morte 400 (64–65 anos)
Alexandria
Filho(s) Hipátia
Ocupação matemático, astrônomo

Téon[1] ou Teão de Alexandria (em grego clássico: Θέων ο Αλεξανδρεύς; 335395), nascido provavelmente na cidade egípcia de Alexandria, foi professor de matemática e astronomia e comentador de obras de autores clássicos. Notabilizou-se por ser pai da filosofa Hipátia [2] e por produzir, em 390, uma versão mais elaborada da obra Os Elementos, de Euclides, que sobreviveu até os dias atuais. Dentre as obras de sua autoria está uma na qual faz observações sobre um eclipse solar ocorrido em Alexandria.[3]

Referências

  1. Machado, José Pedro, Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, verbete "Téon".
  2. Escolástico, p. VII.15.
  3. «Teão de Alexandria» (em inglês). Consultado em 15 de fevereiro de 2013 



Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.