TV Mirante Santa Inês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TV Mirante Santa Inês
Rádio & TV União Ltda.
Santa Inês, Maranhão
Brasil
Canais 13 VHF analógico
Sede Bandeira santa inês.jpg Santa Inês, MA
Praça José Sarney, 15 - Canecão Rodoviário
Slogan Você é a nossa matéria
Rede Rede Globo (1992-1999; 2002-2018)
SBT (1999-2002)
Fundador(es) Fernando Sarney
Pertence a Grupo Mirante
Proprietário(s) Fernando Sarney
Fundação 1992
Extinção 10 de novembro de 2017
Nome(s) anterior(es) TV União dos Vales (1999-2002)
Cobertura Santa Inês e áreas próximas

TV Mirante Santa Inês foi uma emissora de televisão brasileira sediada em Santa Inês, cidade do estado do Maranhão. Operava no canal 13 VHF, e era afiliada à Rede Globo. Foi uma das emissoras próprias da Rede Mirante e gerava sua programação para a cidade de Santa Inês e áreas próximas. Encerrou suas transmissões em 2017, tornando-se uma sucursal da TV Mirante Cocais.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 1992 como TV União dos Vales, sendo afiliada à Rede Globo e retransmitindo parte da programação produzida pela TV Mirante de São Luís. Em 1999, o Sistema Mirante de Comunicação compra a TV Maranhão Central do empresário Nagib Haickel, e esta passa a ser a afiliada da Globo em Santa Inês. A TV União dos Vales passa então a ser afiliada ao SBT.

Em novembro de 2001, a emissora também é adquirida pelo Sistema Mirante de Comunicação, após a TV Maranhão Central ser vendida para o Grupo Estado. Em 4 de janeiro de 2002, mesmo dia em que a TV Maranhão Central torna-se TV Eldorado e se afilia à Rede Bandeirantes, a TV União dos Vales volta a ser afiliada à Rede Globo e passa a se chamar TV Mirante Santa Inês. O JMTV 2ª edição, apresentado por Erisvaldo Santos e veiculado pela concorrente passa a ser exibido no canal 13. A partir de 2008, a emissora também produziu o boletim informativo Mirante Notícia, que era exibido nos intervalos da programação.

Em 10 de novembro de 2017, em função de cortes de gastos nas emissoras do interior, a Rede Mirante encerrou a produção de programas locais em Caxias e Balsas, que passaram a repetir toda a programação vinda de São Luís, excetuando-se os intervalos comerciais.[1] No caso de Santa Inês, além da produção local, a emissora também foi extinta, tornando-se uma sucursal subordinada à TV Mirante Cocais, que assumiu as retransmissoras da sua área de cobertura.

Referências

  1. «JMTV Santa Inês Escalada, Abertura e Encerramento da última edição (10/11/2017)». YouTube. 11 de novembro de 2017. Consultado em 13 de novembro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.