TV Mirante Imperatriz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TV Mirante Imperatriz
Rádio Mirante do Maranhão Ltda.
Imperatriz, Maranhão
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 29 UHF
Virtual: 10 PSIP
Outros canais ver mais
Analógico:
10 VHF (1991-2018)
Sede Bandeira imperatriz.jpg Imperatriz, MA
Slogan Você é a nossa matéria
Rede Rede Mirante (Globo)
Fundador Fernando Sarney
Pertence a Grupo Mirante
Proprietário Fernando Sarney
Presidente Fernando Sarney
Fundação 1 de fevereiro de 1991 (28 anos)
Prefixo ZYA 659
Nome(s) anteriore(s) TV Imperatriz (1975-1991)
Emissoras irmãs Rádio Mirante
Mirante FM
Cobertura Parte das regiões Oeste, Sul e Central do Maranhão
Coord. do transmissor 5° 31' 20.7" S 47° 28' 35.9" O
Potência 2,5 kW
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial redeglobo.globo.com/ma/tvmirante

TV Mirante Imperatriz é uma emissora de televisão brasileira sediada em Imperatriz, cidade do estado do Maranhão. Opera no canal 10 (29 UHF digital) e é afiliada à Rede Globo. É uma das emissoras próprias da Rede Mirante e gera sua programação para partes do oeste do Maranhão.

História[editar | editar código-fonte]

Sucessora da TV Imperatriz, a atual concessão da emissora pertencia a Prefeitura Municipal de Imperatriz. A emissora era sintonizada no Canal 4 de 1975 até 1978, quando mudou definitivamente para Canal 10. A emissora tinha dupla afiliação com as TVs Tupi e Globo até a extinção da Tupi em 1980, quando passa a ser afiliada da Rede Globo. Antes de virar TV Mirante em 1991, a emissora foi comprada pela Família Sarney nos anos 80, quando muda de nome passa a ser afiliada da Rede Globo, que continua até hoje.[1]

Em 30 de setembro de 2015, a TV Mirante Imperatriz ampliou sua área de cobertura para parte das regiões Oeste, Sul e Central do estado, passando a cobrir mais 45 municípios.[2] Um ano depois, a emissora passou a contar com uma sucursal em Açailândia, a partir a extinção da TV Mirante Açailândia.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Proporção de tela Programação
10.1 29 UHF 1080i Programação principal da TV Mirante Imperatriz / Globo

A TV Mirante Imperatriz iniciou suas transmissões digitais em 29 de dezembro de 2013, pelo canal 29 UHF, sendo a primeira emissora da cidade a inaugurar seu sinal digital, e a primeira fora da capital do Maranhão, São Luís.[3]

Transição pra o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Mirante Imperatriz, bem como as outras emissoras de Imperatriz, cessou suas transmissões pelo canal 10 VHF em 17 de dezembro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[4] A emissora encerrou as transmissões analógicas às 23h59, durante a exibição do filme Star Wars: Episódio VII - O Despertar da Força na Tela Quente, que foi substituído pelo aviso do MCTIC e da ANATEL sobre o switch-off.

Programas[editar | editar código-fonte]

  • JMTV 1ª edição: Telejornal, com Pollyanna Carneiro;
  • Globo Esporte MA: Jornalístico esportivo, com Jeremias Alves;
  • JMTV 2ª edição: Telejornal, com Marita Ventura;
  • Mirante Notícia: Boletim informativo, com Pollyanna Carneiro (manhã) e Marita Ventura (tarde)
Retransmitidos da TV Mirante São Luís

Equipe[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Jornalistas e apresentadores
  • Marita Ventura
  • Jeremias Alves
  • Pollyanna Carneiro
Repórteres
  • Antônio Filho
  • Diulia Sousa
  • Luan Lima
  • Rozany Dourado
  • Tátyna Viana

Membros antigos[editar | editar código-fonte]

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Lista de retransmissoras
Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital
Açailândia 03 30 Altamira do Maranhão 09 - Alto Alegre do Pindaré 07 - Alto Parnaíba 08 -
Barra do Corda 04 - Bom Jardim 08 - Bom Jesus das Selvas 10 - Buriticupu 07 -
Carolina 10 - Estreito 13 - Grajaú 06 - Porto Franco 03 -
Santa Luzia 13 - Tufilândia 05 -

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Eleições de 1994[editar | editar código-fonte]

Na noite de 10 de novembro de 1994, a emissora tirou do ar por alguns minutos o Jornal Nacional na qual para impedir que o telejornal da Rede Globo mostrasse a então candidata Roseana Sarney que aparece muito atrás do Epitácio Cafeteira na pesquisa (51% para Cafeteira, 39% para Roseana). A concorrente, a TV Capital (na época, afiliada à Rede Record) exibiu no mesmo dia, o trecho gravado na qual a concorrente não transmitiu, episódio que teve repercussão no Maranhão e nacional.[5]

Referências

  1. «História da TV em Imperatriz» (PDF). Intercom. 2009 
  2. Rodrigues, João (10 de outubro de 2015). «TV Mirante amplia cobertura regional». Blog do João Rodrigues - O Estado do Maranhão. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  3. João Rodrigues (30 de dezembro de 2013). «TV Mirante começa a operar com sinal digital em Imperatriz». imirante.com. Consultado em 31 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2014 
  4. «Nova etapa do encerramento das transmissões analógicas começa dia 5 de dezembro». ANATEL. 4 de dezembro de 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  5. José de Arimatéia (Jornal do Brasil) (11 de novembro de 1994). «SARNEY TIRA DO AR PESQUISA CONTRA ROSEANA». Pesquisa PUC RJ 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
TV Imperatriz
Canal 10 VHF de Imperatriz
Desde 1991
Sucedido por
-